Existe amor em SP: primeiras impressões de São Paulo por uma potiguar

Artigo
Compartilhe:

Cecília Barbosa é designer, nerd, gamer, manjadora das artes e há menos de um mês está em São Paulo. Neste texto, ela conta um pouco de como está sendo sua adaptação e suas primeiras impressões. Neste texto, ela mostra que existe amor na cidade, apesar da famosa letra da música do Criolo.

São Paulo é uma cidade que assusta antes mesmo que você conheça ela. Como saí de Natal, que atualmente está quase no topo do ranking no quesito violência, sabia que não precisaria me preocupar tanto com essa questão. Ainda assim bateu um frio na barriga, uma cidade tão grande e que ainda não conhecia, mas minha primeira impressão foi até um pouco reconfortante, pois a cidade tem muito a te oferecer. O meu noivo que dizia que nunca iria morar numa cidade como São Paulo está encantada por São Paulo.

Minha segunda impressão foi que só é preciso de um pouco de tempo pra assimilar tudo, com tempo você aprende a seguir o fluxo da cidade. Se você for sortudo como eu, também vai ajudar muito ter amigos que possam te apoiar ou te guiar (procure amigos que moram em SP, fica a dica).

Minha terceira impressão já era esperada, pois todo mundo sabe que São Paulo é uma cidade cara, mas achei que mesmo assim ainda valeu a pena pelo tanto que ela tem pra oferecer.

Bairro da Liberdade

Tive muitas impressões boas e meu primeiro mês aqui foi maravilhoso, maaaaas eu sei que eu me senti assim porque também dei muita sorte. Tem gente que não gosta de cidade grande, eu adoro.

Tem gente que sofre com a questão do custo de vida ser alto, nós conseguimos driblar um pouco esse problema. Algumas pessoas também tem problemas pra achar um apartamento pra alugar ou dividir, conseguimos ficar numa localização ótima e dividindo apartamento com uma amiga que eu adoro – o que ajuda com a divisão de contas e, consequentemente, na questão dos gastos.

Nós não nos sentimos bem com lugares muito cheios, mas passear na Paulista lotada no domingo tem sido bem divertido. OBS: Desde a gestão de Fernando Haddad, a avenida Paulista é fechada aos domingos para fazer passeios e rola diversas atividades culturais.

AV. Paulista <3

Ou seja, existe amor em SP!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.