Castramóveis sairão para as ruas em junho, afirma Secretaria de Saúde de Natal

Os castramóveis finalmente sairão das garagens da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), onde estão presos há nove meses. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) definiu para o mês de junho o início das atividades de castração animal no município, com a utilização dos castramóveis. O calendário foi elaborado durante reunião com a Universidade Potiguar (UnP) e o vereador Sandro Pimentel, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Animais da Câmara Municipal de Natal e autor do projeto para implantação dos carros, realizada nesta quarta-feira (24), na sede da SMS em Areia Preta.

A Secretaria Municipal diz que junho os carros funcionarão como piloto do projeto, que será posteriormente avaliada, para permitir à Prefeitura Municipal embasamento suficiente para a criação de uma legislação voltada para o cuidado com os animais. Entre os dias 7 e 9 de junho, será realizado o treinamento e capacitação do pessoal que lidará com os animais, seguido dos estudantes e cirurgiões. Nos dias 16 e 17, será feita a triagem dos animais para o procedimento e no dia 24, as cirurgias.

Agora, o próximo passo é definir as áreas e bairros da cidade que serão beneficiados e que inicialmente serão atendidos os felinos machos, pela simplicidade do procedimento, que se encontram abrigados ou que sejam domiciliados. E que ainda não há nada definido em relação aos animais em situação de rua, pelas dificuldades de trato e cuidados pós-cirurgia.

Os dois carros começariam a circular em agosto, mas precisaria finalizar o convênio da Semurb com a coordenação de Medicina Veterinária da Universidade Potiguar (UnP). São dois veículos montados em Recife (PE) que irão oferecer serviço móvel de castração para animais adotados por famílias de baixa renda e posteriormente, para animais em situação de rua.  A intenção que as duas unidades de castração rodem as quatro zonas urbanas mais rápido possível. Até agora, a Prefeitura não colocou devido à demora do convênio falado acima ser finalizado.

A Castração evita o crescimento populacional descontrolado de cães e gatos, diminui o índice de abandono e maus-tratos, previne agravos à saúde pública e agressões ao meio ambiente.

Existe uma Lei Promulgada nº 326 de 05/04/2011, no qual aponta que o Poder Executivo Municipal e Estadual deve incentivar viabilização e o desenvolvimento de programas que visem ao controle de cães e de gatos e à promoção de medidas protetivas, por meio de identificação, registro, esterilização cirúrgica, adoção e de campanhas educacionais para a conscientização pública da relevância de tais atividades. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que no Brasil existam mais de 30 milhões de animais abandonados, entre 10 milhões de gatos e 20 milhões de cães. No ano passado, Natal registrou 39 casos de humanos com Leishmaniose, popularmente conhecida como “Calazar”. Até junho deste ano de 2016 já foram notificados 548 cães contaminados e 22 casos de Leshmaniose somente em Natal.

Wayne’s distribui 400 hambúrgueres de graça em comemoração ao Dia do Hambúrguer

Em comemoração ao dia do hambúrguer, a rede de restaurantes, Wayne’s, vai fornecer, no próximo domingo (28), 400 hambúrgueres, que serão divididos proporcionalmente as unidades.

Ou seja, esses 400 serão divididos nas unidades de Natal, duas de Mossoró e João Pessoa e uma de Recife. Portanto, cada restaurante vai distribuir em torno de 40 sanduíches.

Corra enquanto tiver o sandubão, pois as vagas são muito limitadas. De acordo com a promoção, você pode ganhar qualquer sanduíche, menos os vips e os de picanhas.

Como faz para participar da promoção ? O jovem tem que compartilhar a postagem em modo público no Facebook com a hashtag #DiadoHamburguerWaynes. Depois só apresentar o CPF no caixa neste domingo.

O compartilhamento só será válido uma vez e para uma única pessoa.

Confira postagem a seguir:

Orgulho Nerd: Há 40 anos estreia Star Wars e o porquê dos nerds se identificarem tanto

Hoje é dia 25 de maio, também conhecido como o Dia do Orgulho Nerd ou da Toalha. Mas, qual a origem desta data? Tem duas vertentes. Neste ano comemora os 40 anos da estreia do primeiro filme da franquia Star Wars (Star Wars, Episódio IV: Uma Nova Esperança), lançado em 25 de maio de 1977 e considerado um grande marco para a cultura nerd. No dia 25 de Maio ainda é celebrado o Dia da Toalha, uma comemoração que é uma homenagem dos fãs da série “O Guia do Mochileiro das Galáxias” e ao seu autor, o escritor Douglas Adams.

A gente não se resume apenas em Comic Con e Big Bang Theory.

Como me descobri nerd? Fui praticamente uma nativa digita, cresci vendo a transição da minha mãe datilografando os principais documentos até chegar o computador, onde tinha a regra de conectar às 20 horas ou de madrugada para que a conta do telefone chegasse intacta. Mas, minha vida na internet começou mesmo com a chegada da internet a cabo em casa,  me interessando por blogs, html, jogos para computador e dentre outras coisas. HTML? Sim, estava cansada de baixar os Templates By Marina e queria fazer os meus próprios. Por isso, comecei a estudar em tutoriais em HTML e hoje só sei o básico. Mas, eu conseguia montar layouts legais para Blogger e o do UOL. Além disso, foi nesta época que comecei a mexer no Photoshop.

No colégio, eu não era aluna mais preguiçosa, mas também conseguia tirar notas acima da média. Por outro lado, eu nunca assumia este lado para os meus amigos mais chegados, no qual achavam que só escutava rock e baixava os discos no Kazaa. Até que em 2007, meu ex-namorado me apresentou Jovem Nerd e me identifiquei com Azaghal e Alexandre Ottoni. Foi aí que descobri que ser nerd não é ser apenas um cara focado em apenas em olhar para o quadro livros e tirar boas notas. Eles gostam de novas tecnologias, quadrinhos, livros de todos os tipos, questionam a sociedade, debatem todos os assuntos e, claro, brecha bastante todos os universos possíveis.

Por isso, os nerds se identificam bastante com Star Wars, pois Luke Skywalker era um rapaz questionador, curioso. Queria saber o seu objetivo na vida, uma vida melhor para os seus pais de criação e não se conformava em trabalhar como peão no planeta Tatooine. Quando viu a mensagem da Princesa Leia para Obi-Wan Kenobi, ele viu a oportunidade para mudar o mundo.

Por outro lado, temos a princesa Leia Organa, que não aceita às atrocidades do Império Galáctico e faz de tudo para salvar o universo. Diferente das outras princesas da Disney, conforme falamos neste texto, ela não esperava o príncipe encantado para salvar das roubas que a vida fornece, Leia queria agir com as próprias mãos. Nos dando a lição de que não devemos esperar nada de ninguém. Se a pessoa te decepcionou, vai em frente.

Assim, portanto, os nerds se identificam tanto por Star Wars, porque eles são pessoas que durante muito tempo viveram na margem da sociedade, sendo taxados e sofrendo todos os tipos de agressão nos tempos escolares, mas tiveram que lutar por conta própria para seguir os seus princípios e conseguir manter o ciclo social.

Além de um roteiro bem articulado, baseado na Jornada do Herói, ele primou em trabalhar com efeitos visuais bastante elaborados que até hoje deixa o espectador impressionado. George Lucas, um nerdão convicto, amantes das novas tecnologias e sofreu bastante críticas na sua faculdade de Cinema, mostrou que “são as histórias que impulsionam o avanço da tecnologia” e não o contrário.

A necessidade de fazer um filme futurístico o levou a fundar, em 1975, a empresa Industrial Light & Magic (ILM), que se especializou em modernizar e digitalizar as técnicas análogas e agora é um referencial. Um grupo de jovens engenheiros passou dias e noites durante quase dois anos em um local ao norte de Los Angeles, inovando os sistemas de animação, fotografia e gráficos, assim como as impressoras óticas, com as quais mesclavam várias filmagens. Fazendo com que a imprensa americana ficasse de queixo caído.

No Brasil, por viver num Governo Militar e as notícias gringas não eram transmitidas de forma tão rápida. Por isso, o lançamento da trilogia original, especialmente em “Um Nova Esperança”, que foi o primeiro da saga, não existia essa ansiedade para o filme, pois as pessoas raramente entravam no cinema tendo noção do que iria assistir. Os jornais sobre os filmes de Star Wars recebiam pouco ou quase nenhum espaço.

Com o amadurecimento do público e dos outros filmes, as pessoas iam ao cinema buscando filme de diretores e atores conhecidos. A maioria das pessoas chegavam aos cinemas com poucas expectativa sobre o filme e foram impactados com a supremacia e diferença do universo galáctico, com isso foi gerado uma propaganda boca-a-boca, assim, recebendo mais espectadores nas semanas seguintes à estreia. Em Natal, os filmes eram exibidos no Cine Rio Grande e no Nordeste, localizados no bairro de Cidade Alta, causando filas quilométricas por onde passava.

Por que Star Wars pirou a cabeça de todas as áreas? O mais revolucionário foi a Dykstraflex, uma câmera que controlava digitalmente os movimentos sob diferentes ângulos e que permitiu a criação das famosas batalhas no espaço. John Dykstra, seu inventor, ganhou dois Oscars com a primeira divulgação da saga e terminou se transformando em um dos mestres dos efeitos especiais.

Lucas provou que é possível reunir a ciência e a arte numa coisa só, algo que até hoje é bastante presente e cultuado na cultura nerd. Algo que surgiu há 20 anos antes do livro “Um Discurso Sobre a Ciência”, escrito pelo português Boaventura Santos.

Na década seguinte, o cinema viveu uma explosão de avanços técnico sem filmes como “De volta para o futuro”, “Alien, o 8º passageiro”, “Blade Runner, “O exterminador do futuro” e “E.T. – O extraterrestre”. Mais adiante chegariam outros igualmente conhecidos, como “Parque dos Dinossauros”, “Titanic”, “Forrest Gump”, “O resgate do soldado Ryan”, “Avatar” (com a sua tecnologia em 3D) e “Independence Day”.

O que Star Wars e ser nerds têm em comum? É que todos queremos atingir os nossos objetivos e ser herói de alguém. Quase todos nos identificamos com alguns dos personagens da história, como o vilão amargurado que chegou desta forma por conta do passado, como o Darth Vader, o mocinho questionador de Luke, o malandro fanfarrão no estilo Han Solo ou ser justa como a Leia.