18 18America/Bahia maio 18America/Bahia 2017 – Brechando

Dia que uma cobra se escondeu em um banco de moto de Mossoró e não é fake

Apesar da situação política no Brasil está enlouquecendo a internet brasileira, outra coisa também chamou atenção nesta semana no Rio Grande do Norte. Dessa vez foi um vídeo que está viralizando nas redes sociais foi de um grupo de rapazes em Mossoró que encontraram uma cobra dentro de um banco de uma motocicleta. Após uma apuração, o Brechando constatou que o fato realmente aconteceu na cidade da região Oeste do RN. Como os meninos estavam com uniformes de trabalho e o nome era nítido, pesquisamos a localização e vimos que fica na cidade, no qual é uma famosa empresa de internet.

Confira o vídeo a seguir:

Tudo começou quando o dono da moto percebeu um barulho estranho na parte interna da sua motocicleta, um homem levou seu veículo para a oficina e, ao abrir o banco, se deparou com uma cobra escondida no local. Rapidamente avistou o réptil, o dono da moto chamou os funcionários da oficina, que filmaram a situação e jogaram nas redes sociais. O vídeo já tem mais de 60 mil visualizações e mais de 500 compartilhamentos.

Ninguém sabe o motivo do animal ter entrado na moto e muito menos se foi do mesmo estilo da galinha do Natal Shopping.

A serpente achada pelo homem é do tipo Thamnodynastes pallidus, também conhecida como corre-campo, cobra-do-mato, corredeira, tabuleira e ubiraquá. É uma serpente opistóglifa, pelo que a sua picada pode ser, ou não, letal. Este tipo de cobra possui dentes inoculadores de peçonha se encontram na parte posterior do maxilar superior, apresentando, assim, perigo altamente reduzido para o homem. É parente da falsa cobra coral.

Distribui-se amplamente pela América do Sul, incluindo a Guiana, Suriname, Guiana Francesa, nordeste do Brasil, Peru, Venezuela, Argentina, Colômbia e Bolívia. Chega a atingir um comprimento de 60 cm. O seu corpo é amarelo-bronzeado com duas linhas laterais escuras. As escamas apresentam uma borda negra.

Praias do Rio Grande do Norte que não são famosas

O litoral do Rio Grande do Norte é um dos mais conhecidos do Brasil e tem 400 quilômetros de extensão. Entretanto, algumas praias não são conhecidas pelos natalenses e muito menos pelos turistas que passam aqui anualmente. Aqui, no Brechando, listamos algumas praias para você conhecer. Aproveite e pegue o carro. Confira as praias anônimas a seguir:

Perobas

A praia de Perobas fica no município de Touros. O local é conhecido pelos seus parrachos, são como as piscinas naturais que você conhece: rasos, transparentes, um piscinão. São para quem está mais interessado num banho gostoso em águas padrão Caribe do que em inspecionar corais e os peixes da região. Veja como é lindo o lugar:

Foto: Viaje na Viagem

Diogo Lopes

Foto: Wikipedia

Diogo Lopes fica numa comunidade localizada em Macau. Lá faz parte de uma grande reserva ambiental, onde possui mangues, aves e outros animais da vida marinha.  Quase deserta e possui pouco turistas circulando na região, a maioria das pessoas que circulam por lá são os pescadores que vivem na região. A comunidade tem a consciência do manejo correto da natureza e só trabalha com projetos produtivos para a pesca e para o turismo ecológico, visando o “desenvolvimento sustentável”.

Pititinga

Pititinga é o nome de uma praia localizada em Rio do Fogo e tem uma grade rede de pousadas bastante conhecida na regiao. Suas águas claras e limpas são um verdadeiro atrativo para a região. Os mangues da Praia de Pititinga é um dos principais atrativos da cidade. A natureza vive entre todos os lados do município e se você busca por uma opção de ecoturismo, aqui encontrará para muitos dias. A praia também é cercada de parrachos e dunas, além do Morro do Urubu, que é um ponto turístico aos interessados pelo ecoturismo local.

É possível fazer passeios de barco pelo mar para conhecer de perto estes corais e recifes, por preços acessíveis e segurança necessária. Já para os aventureiros de plantão, bugueiros estão distribuídos por toda a orla, disponíveis para leva-lo a conhecer as dunas da região.

Zumbi

Também localizada no município de Rio do Fogo, Zumbi é o nome de uma praia localizada no município Rio do Fogo no estado do Rio Grande do Norte. O nome vem de um sítio chamado Zumbi que existia na região até o século XVIII, que recebeu este nome por ser um lugar desabitado e escuro.  Durante muito anos o único acesso a praia contava com um trecho de 10 km de estrada de barro com uma ponte de madeira sobre um rio. Recentemente a estrada foi asfaltada e uma ponte de alvenaria foi construída tornando o deslocamento até a praia rápido e seguro.

Sibaúma

Entre Pipa e Barra de Cunhaú fica a praia de Sibaúma,  vilarejo originado de um antigo quilombo, que guarda suas tradições e o espírito guerreiro de seu povo. A pesca é uma das principais atividades, mas o turismo já está chegando ao local, que já tem algumas pousadas, bares e barracas de praia muito simpáticas.

A brisa do mar é constante e suas praias têm areia fina, distribuída numa longa faixa, onde as ondas quebram mansamente. Porém, têm também lajões, onde o surf faz as vezes, atraindo surfistas locais. Na foz do rio Catú, que separa o município de Tibau do Sul do de Canguaretama, os turistas colocam suas espreguiçadeiras, quando em maré baixa, e se deleitam ao sol, na união da água doce com a salgada.

 

[ARTIGO] O que está acontecendo com o Brasil?

O Brasil estava normal antes das 19 horas. Estava saindo de casa para resolver alguns compromissos pessoais, parecia que estava tudo normal e os memes de “Lula Preso Amanhã” ainda estavam na minha timeline. Quando não era isso, o pessoal estava compartilhando notícias de sites duvidosos e colocando seus discursos de torcida e alguns até de ódio.

Chego em casa, abro as minhas redes sociais, principalmente o Twitter, e uma das tags que estavam no Trending Topics era o Plantão da Globo, que só toca para falar duas coisas: alguém morreu ou algum político que não condiz com a linha editorial do canal meteu em encrenca.

Mas, na verdade, o plantão, foi anunciar um furo de reportagem que o jornal O Globo realizou. Finalmente soube do tema: O dono da Friboi (que não é o filho do Lula. Sim, ainda tem gente que acredita neste boato em pleno 2017) disse que gravou um áudio do atual presidente, Michel Temer, dando a entender que deu propina para que o então deputado Eduardo Cunha ficasse calado e que Aécio Neves deu dois milhões de reais para JBS (nome do grupo que administra a Friboi). Hoje, a Polícia Federal está na casa do senador Neves para fazer mandados de busca e apreensão.

A internet explodiu com comentários e memes para todos os lados. O pessoal a favor do impeachment de Dilma Rousseff tentando fazer um Mea Culpa, mas a internet deixa rastros. Ou melhor, prints.

Enquanto isso, os aliados de Temer terminaram as suas respectivas sessões na Câmara dos Deputados e Senado para saber o que estava acontecendo, sob os gritos de “Fora Temer”. Rapidamente, o deputado Alessandro Molon protocolou o pedido do impeachment de Michel Temer.

Apesar de muitos comemorarem pelo que está acontecendo e eu discordar bastante do Governo Temer, precisamos refletir sobre o que vai acontecer se Temer cair, pois a corrupção não acabará da noite para o dia, embora a imprensa acha isso. Mas, o que vai acontecer?

Se houver o impeachment de Temer não será Rodrigo Maia, o presidente da Câmara, que irá assumir, mas será convocada uma eleição indireta para eleger um novo presidente que ficará no cargo até as próximas eleições. Aí vem o questionamento: Quem os deputados elegeriam para administrar os interesses dos mesmos?

Vale lembrar que as eleições gerais são no ano que vem e um dos candidatos é o deputado federal Jair Bolsonaro, no qual está em segundo lugar nas pesquisas de intenção de votos e representa a imagem de um homem intolerante com as minorias e um adorador ferrenho do Golpe Militar, principalmente durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff, quando dedicou o voto ao torturador Brilhante Ustra.

Bolsonaro não está impune das corrupções, visto que o seu nome foi envolvido nas propinas da Furnas. Apesar de que muitas pessoas acharem que ele seja o salvador da pátria.

Do outro lado, alguns políticos já estão falando de mudar da República para o Parlamentarismo, no qual daria amplos poderes à Câmara dos Deputados, que isso seria bastante perigoso, já sabemos que boa parte dos nossos deputados são corruptos e a maioria dos representantes são conservadores, empresários, ruralistas e não estão preocupados nem um pouco com a maioria da população, composta pela classe trabalhadora.

Estamos felizes porque finalmente a imprensa está desmascarando os políticos conservadores que tanto protegiam desde a chegada da imprensa nas terras tupiniquins, mas sempre fico questionando: a troco de quê?