Vai ter sessões de Aquarius em Natal

A estreia está prevista nas salas de cinema no dia 1 de setembro e a rede de cinema Cinemark confirmou que exibirão na capital potiguar nas sessões, segundo a página Vivo no Cinema. O filme do pernambucano Kleber Mendonça Filho já conseguiu entrar nas salas de cinemas de mais de 50 países e está previsto entrar no catálogo do canal Netflix, com exceção no Brasil.

A elogiada produção, protagonizada pela atriz Sonia Braga, será exibida na programação da sala 5 do shopping Midway, no bairro do Tirol, com sessões às 16h10 e 19h20. As outras redes de cinemas existentes em Natal, Cinépolis e Moviecom, não vão exibir.

O filme se passa em Recife, onde Clara tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três filhos adultos. Ela mora no último prédio de estilo antigo localizado na orla da Av. Boa Viagem, no Recife. Como esta é uma área bastante valorizada, ela recebe seguidas investidas de construtoras, que desejam colocar o edifício abaixo para construir um novo empreendimento. Porém, ela resolve desafiá-los.

O elenco ainda conta com Irandhir Santos, Humberto Carrão, Maeve Jinkings, Fernando Teixeira, Pedro Queiroz, Julia Bernat, Germano Melo, Carla Ribas, Lula Terra, Clarissa Pinheiro, Thaia Perez, Valdeci Júnior, Tavinho Teixeira, Leo Wainer, Bárbara Colen, Buda Lira, Daniel Porpina, Zoraide Coleto, Allan Souza e Paula de Renor.

No cinema São Luiz, na cidade do Recife, na semana passada, houve a pré-estreia do filme e o mesmo foi ovacionado, com alguns protestos contra o presidente Michel Temer. O filme que foi bastante elogiado pelo Festival de Cannes, mas é alvo de briga, principalmente por integrantes do Governo Federal. Recentemente, o Ministério da Justiça decidiu que o filme Aquarius, que é co-produzido por Walter Salles, conhecido pelo trabalho “Central do Brasil”, terá classificação indicativa para maiores de 18 anos.

A alegação é de que o filme tem cenas de “sexo explícito e drogas”.

Aquarius foi lançado mundialmente no Festival de Cinema de Cannes, em maio, e ganhou notoriedade quando a equipe e o elenco exibiram cartazes de protesto no tapete vermelho contra a movimentação política que afastou Dilma Rousseff.

Confira o trailer do filme a seguir:

Sexta haverá uma mostra de filmes de terror potiguar

Quase todo mundo gosta de filme de terror, mas sabia que alguns potiguares estão fazendo a sua própria produção? Vamos informar que haverá uma mostra de exibições de filmes do gênero produzido pelos próprios potiguares. Será que são bons? Tem que ir lá para poder confirmar se assusta ou lhe faz rir.

A primeira mostra será realizada no auditório do campus do bairro de Cidade Alta do Insituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN). O evento começa nesta sexta-feira (2), a partir das 16 horas.  O evento exibirá filmes de suspense e terror produzidos por potiguares, amantes do gênero de horror.

Confira alguns filmes a seguir:

A carta – Coletivo 236 – 12 anos

Penumbra – Léo Figueiredo – 12 anos

Quem rege meu Desconcerto? – Anderson Bond – 16 anos – Suspense

Dança e Sangra – Ilha Deserta – João Augusto – 18 anos

Após a exibição dos filmes, haverá um bate-papo com os realizadores/produtores e amantes do gênero.

Horror é um género de filmes que procura uma reação emocional negativa dos espectadores, ao jogar com os medos primários da audiência. Inspirado na literatura de autores como Edgar Allan Poe, Bram Stoker ou Mary Shelley, os filmes de terror têm mais de um século, caracterizados por cenas que assustam o espectador. Os temas do macabro e do sobrenatural são muito frequentes.

Os filmes de terror, muitas vezes lidam com os pesadelos do espectador, os medos ocultos, a repulsa e o medo do desconhecido. Os enredos dentro deste gênero muitas vezes envolvem uma força maligna, evento ou personagem, geralmente de origem sobrenatural, para o mundo normal de todos os dias. Elementos predominantes incluem fantasmas, alienígenas, vampiros, lobisomens, demônios, dragões, gore, tortura, animais ferozes, bruxas más, monstros, zumbis, canibais e assassinos em série.

Para saber mais sobre o evento, acesse este link. Foram convidadas mais de 600 pessoas.