Fóssil foi encontrado no município do Rio Grande do Norte

A gente sabe que tem vários sítios arqueológicos espalhados pelo Rio Grande do Norte, conforme falamos nesta matéria aqui. Entretanto, o lado pré-histórico do RN ainda tem muito a revelar, visto que fóssil de mastodonte foi encontrado no município de Florânia. É o primeiro fóssil do animal encontrado no município. O que você faria se encontrasse um?

A equipe do Museu Câmara Cascudo (MCC) foi ao local, na última sexta-feira (12), para o reconhecimento e já coletou fragmentos da defesa (presa de marfim) e da mandíbula com os dentes molares do animal, transportados a Natal para limpeza e estudos complementares.

Para quem não sabe, o mastodonte se assemelha ao elefante atual e viveu há cerca de 10 mil anos nas Américas do Norte e do Sul. Fósseis da espécie já foram encontrados em quase todos os estados brasileiros, exceto no Tocantins.

As principais diferenças entre o mamute e o mastodonte são o período em que eles viveram e certas particularidades quanto aos dentes. Até hoje os cientistas ainda não chegaram a um consenso sobre as causas da extinção desses animais, mas alguns defendem que a caçada de filhotes pelo homem possa ter contribuído para o desaparecimento deles. Ambos são classificados dentro da ordem dos proboscídeos, que já teve cerca de 350 espécies, todas extintas, com exceção do elefante asiático (Elephas maximus) e do africano (Loxodonta africana), que surgiram há cerca de 10 mil anos.

A descoberta se deu graças ao adolescente Edivan Gaudino Neto e sua irmã Ana Karollina Santos Silva, de 16 e 12 anos, respectivamente, que encontraram os vestígios no leito de um rio e avisaram ao pai Edmilson Galdino, vaqueiro da fazenda.

O dono da propriedade acionou o arqueólogo Astrogildo Cruz, o qual realizou a primeira análise juntamente com o também arqueólogo e professor de Geologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Orlando Figueredo.

Ao identificar o potencial dos vestígios, os profissionais entraram em contato com a paleontóloga e diretora do MCC, Maria de Fátima Ferreira dos Santos, que organizou a expedição para Florânia e confirmou a existência do fóssil.

Praia de Pipa é palco de reality show da MTV Brasil

Você, jovem solteiro, vai para uma praia paradisíaca brasileira, vivendo numa casa gigante com um monte de pessoas também solteiras. Porém, aparece um ex-namorado pentelho para te encher o saco. Essa é a proposta do programa “De Férias com o Ex” que passa na MTV, no qual alguns integrantes do Geordie Shore chegaram a participar. E a versão brasileira do canal vai criar uma versão tupiniquim.

O local escolhido? A Praia de Pipa, localizada no município de Tibau do Sul. As gravações do programa já começaram nesta semana e fica em um local bem isolado, mas é bastante luxuoso, segundo fontes que confirmaram a informação ao Brechando.

Para quem não assistiu o programa, este é o maior causador de treta. Existe um tablet que aparece de repente na casa e começa a plantar discórdia entre os moradores. Se você acha que vai mudar a sua vida amorosa, prepare-se que não será assim que a banda vai tocar;

Esses ex-namorados e ex-namoradas chegam, cada um com um objetivo bem definido em mente. Vai rolar barraco ou reconciliação? Aí que o jogo começa! Quem está voltando para recuperar o amor perdido e quem está em busca de vingança? Esqueça os triângulos amorosos, este será um emaranhado de amor e ódio. A organização da MTV afirma que será uma montanha-russa emocional de reviravoltas surpreendentes, paixões ardentes, chamas reacesas e situações constrangedoras em meio a muitas festas, encontros românticos, passeios de tirar o fôlego e intimidade em quartos compartilhados.

‘De Férias com o Ex’ é uma coprodução da MTV e Floresta, que também produziu a versão brasileira do reality “Are You The One?”. Serão dez episódios de uma hora de duração, exibidos semanalmente aos domingos, a partir de outubro.