Sérgio Groove

Sérgio Groove tem álbum dançante e com apoio do Dosol

Cidades
Compartilhe:

O baixista Sérgio Groove é reconhecido eventualmente pelas várias experiências profissionais. Começou a tocar ao 12 anos, influenciado pelo irmão Ailton, e nunca pensou em ter outra profissão. Além disso, em 2002, passou a se dedicar a sua grande paixão, a carreira como instrumentista. Entre o trabalho solo, apresentações com artistas nacionais, projetos com músicos potiguares e a atuação como professor de música nos Estados Unidos, Sérgio Groove é notadamente um dos melhores instrumentistas do Rio Grande do Norte.

Integrou a banda de ritmos latinos chamada Perfume De Gardênia, junto com os músicos Jubileu Filho, Jaildo Gurgel, Paulo César e Jailton; a dupla Groove Primata, ao lado de Júnior Primata; fundou a banda Camba, com os músicos Gilberto Cabral, Paulinho e Ramón, Walter Claysson, Hiure e Iran Barreto; também integra o trio Candeeiro Jazz, com Jubileu Filho e Zé Hilton.

Além disso, participou de festivais nacionais como: O Baixo Brasil, em Brasília; Expo-music, em São Paulo, e gravou diversos discos autorais com a participação de Chico César, Dorgival Dantas, Krhystal, Michael Pipoquinha, Júnior Primata e João Batista (do programa FAMA).

Mas, agora, ele está em outro projeto.

Conheça o projeto Rux

Groove, recentemente, lançou um álbum de estreia do Rux. A intenção é fazer com que a música seja um experimento dançante sonoro. Além de Groove, conta com a participação de Silvio Franco, que também tem uma outra experiência musical. Como reusltado, esta é a concepção do trabalho se deu eventualmente por meio do convite da Incubadora Dosol com direção artística de Anderson Foca.

“Sérgio e Sílvio já tocam juntos gravando álbuns para diversos artistas, já se conhecem. Aproveitamos o ambiente para criar uma coisa nova, baseada no que eles sabem fazer de melhor: contagiar quem os assiste tocando grooves matadores de baixo e bateria”, comenta Foca em release enviado para imprensa.

Como aditivo final para o trabalho, a incubadora trouxe ao projeto o músico e produtor Yves Fernandes, que foi o responsável pela edição, gravação e mixagem do projeto. Timbragens em tempo real, beats eletrônicos e percussões, é o que a presença de Yves traz para o “RUX”.

Sobre o disco

O álbum passeia por levadas inspirados no Groove brasileiro mas flerta nos sons africanos, com a sonoridade da Motown, além de influências pessoais dos artistas. “Foi uma experiência enriquecedora ficar concentrado por duas semanas fazendo esse projeto. Ainda mais compomos e gravamos todas as músicas durante esses encontros utilizando prioritariamente baixo e bateria. Uma oportunidade de experimentação artística além de uma tremenda diversão”, comenta Sérgio Groove.

A capa do álbum foi desenvolvida por Caio Vitoriano, que já trabalhou com outras artes do Dosol. Além disso, a gravação, mix e edição por Yves Fernandes, master por Eduardo Pinheiro, direção artística por Anderson Foca e produção executiva de Ana Morena. Baterias e grooves eletrônicos por Silvio Franco, baterias adicionais e percussão por Sérgio Groove. Baixos e Guitarras por Sérgio Groove. Ainda mais, músicas compostas por Sérgio Groove e Anderson Foca. A Incubadora Dosol tem patrocínio da Oi, através da Lei Câmara Cascuda, Governo do RN e Fundação José Augusto e apoio da Oi Futuro e Labsônica. O álbum está disponível em todas as plataformas digitais, Youtube e Bandcamp.

Está disponível para escutar

O projeto está disponível eventualmente em todas as plataformas digitais. Escute, portanto, a seguir:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.