Natalenses comemorarão festa à Iemanjá nesta quinta

Amanhã é dia 2 de fevereiro, no qual as religiões de origem africana comemoram o orixá Iemanjá, uma das mais populares e festejadas. Geralmente, as comemorações acontecem na praia do Rio Vermelho em Salvador, mas outras cidades também comemorarão, inclusive Natal. Na próxima quarta-feira (2), na Praia do Meio, às 16 horas, haverá a quinta edição do Batuque para a Rainha do Mar. O evento já estão virando uma tradição na capital potiguar, vide a foto a cima do título.

estátua de Iemanjá na Praia do Meio

É organizado pela Nação Zamberacatu, conhecida como a primeira Nação de Maracatu da cidade do Natal, fundada no ano de 2012, surgiu com o objetivo de movimentar o cenário cultural. A Nação sempre esteve atrelada a religiosidade, tendo suas fundamentações no Candomblé de Nação Ketu.

O evento está virando tradição e ponto de encontro de religiosos, simpatizantes, filhos e devotos da Grande Mãe. O grupo realiza esse evento na estátua de Iemanjá na Praia do Meio, homenageando também a Rainha Iracema Albuquerque falecida em 2015, uma das fundadoras do Nação.

Rainha Iracema Albuquerque

Iemanjá é o orixá africano do povo Egba, divindade originalmente associada aos rios e desembocaduras.

No Brasil, desenvolveu profunda influência na cultura popular, música e literatura, adquirindo, no processo de consolidação da cultura brasileira, cada vez mais aspectos sincréticos às influências étnicas do Novo Mundo, ou que neste se encontraram, se tornando personagem mítico mais ilustrativamente brasileiro do que ancestral africano, conforme pode ser observado através de sua representação por diversos intelectuais, artistas e pelo folclore popular que, em sua imagem, reuniram as “três raças”.

Serviço:

O quê: Batuque para a Rainha do Mar com Nação Zambêracatu
Onde: Praia do meio (Estátua de Iemanjá)
Horário: 16h

Concurso de Miss, gorduras e a ditadura da magreza

“Você está gorda, deveria emagrecer. Mas, a sua saúde?”. Aí retruco: O que vale mais, a saúde ou autoestima? O fato de usar o sobrepeso como sinônimo de pessoas não saudáveis volta à tona, desta vez foi no concurso do Miss Universo, quando a Miss Canadá apareceu de biquíni e apresentava um corpo mais robusto, em comparação às outras candidatas. O fato dela ter passado na seletiva do biquíni fez com que muitas pessoas a hostilizassem pelo atual formato de seu corpo.

Veja esta imagem a seguir:

Você olha uma mulher com uma barriga seca, mas tem pernas mais grossas e peitos volumosos. Uma pessoa gorda é aquela que tem um Índice de Massa Corpórea acima do normal. Portanto, ela não é gorda. Se fosse, ela está muito feliz com o que possui.

A jovem de 23 anos não se intimidou com as críticas e quando, durante o concurso fizeram a pergunta: “Como se sente por ser maior que as outras concorrentes?”, a concorrente respondeu que o mais importante para uma mulher é estar confiante com o seu próprio corpo.

O mais contraditório é que uma das apresentadoras do programa estava acima do peso e estava usando vestidos que valorizaram as suas curvas.

Falando da Sierra Bearchell, nome da Miss canadense, as pessoas estavam ignorando o discurso do vídeo dela, no qual realizou uma viagem num orfanato na África. Só queriam a criticar por estar gorda.

Desde quando ela estava gorda? Esta não é a primeira vez que o Miss Universo implica com as gorduras de duas candidatas. A vencedora de 1996, Alicia Machado, a então Miss Venezuela. Durante o seu reinado, ela tinha engordado. Na época, o Donald Trump, organizador do evento, lhe fez enxurradas críticas e a colocou em diversas humilhações, como ameaçar de tirar o prêmio de primeiro lugar ou chamar a imprensa inteira para vê-la fazendo exercício físico.

A magreza é uma regra e isso confirma quando ler uma revista como a Boa Forma, no qual mostra mulheres magras na capa, dizendo que emagreceu 10 quilos em um mês, consumindo apenas líquidos, como sopas e sucos. Porém, ser magra não é o sinônimo de ser saudável. Algo que o blog já repetiu.

Muitas vezes, estes produtos midiáticos utilizam de pseudociência para vender exemplares, fazendo com que muitos jovens cometam loucuras na hora de emagrecer, trazendo transtornos alimentares.

Quando não é o argumento da saúde, utiliza-se das roupas, dizendo que aquele estilo de roupa não são legais para as pessoas mais gordas e que o certo era usarem um grande pedaço de tecido. Quantas vezes você já ouviu que não podia usar cropped?

As mulheres comuns, do dia a dia, não têm corpos de misses. Inclusive, as críticas ao corpo de Sierra só deixaram claro como para ser uma miss tem que ser magérrima. Enquanto você fiscaliza a comida da sua amiga gorda, ela pode está depressiva ou fazendo loucuras para emagrecer, como tomando cápsulas de caráter duvidoso.

A beleza machuca, mas Sierra mostrou que isto está mudando.

Passagem para 3,40? Esta é a proposta do Seturn

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município do Natal (Seturn) encaminhou uma solicitação à Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), nesta terça-feira (31), com a finalidade de pedir que a tarifa aumentasse para cinquenta centavos a mais. Sim, de R$ 2,90 para R$3,40. Um aumento de 11,72%, o dobro da inflação, que é de 6,29%.

O motivo seria o aumentos de gastos e redução na quantidade de usuários transportados. A última vez que a passagem foi aumentada foi há um ano, quando as empresas aumentaram de 2,65 para 2,90 em um intervalo de cinco meses.

A Prefeitura do Natal ainda não se pronunciou sobre o aumento. Caso esteja, ele vai divulgar a qualquer momento no Diário Oficial do Município.

O Brechando fez uma lista com o preço da passagem de ônibus em Natal em comparação as outras capitais nordestinas. Natal é a segunda mais barata do Nordeste, perdendo apenas para Recife (PE). Se ela for aumentada para 3,40 reais, esta se transformará em a segunda mais cara, perdendo apenas para Salvador, que tem mais opções de transporte público, como trens e metrôs.

Confira a tabela comparativa a seguir:

São Luís (MA) 3,10 reais
Teresina (PI) 3,30 reais
Fortaleza (CE) 3,20 reais
Natal (RN) 2,90 reais
João Pessoa (PB) 3,00 reais
Recife (PE) 3,20 reais (linha A, utilizada por 75% dos passageiros) e 4,40 (linha B)
Maceió (AL) 3,15 reais
Aracaju (SE) 3, 10 reais
Salvador (BA) 3,60 reais

A intenção é que o aumento de passagem ocorra em todas as capitais nordestinas, as que já alteraram os seus valores foram São Luís, Teresina, Fortaleza e Salvador ainda neste mês. Enquanto isso, Natal, Recife e João Pessoa estão com planos para que a tarifa seja aumentada. Veja o link destas matérias a seguir:

Recife: Reajuste na passagem de ônibus será discutido

João Pessoa: Tarifa de ônibus em João Pessoa vai subir pelo menos R$ 0,18, diz Semob

Natal: Empresas de ônibus querem aumentar a tarifa para R$ 3,40

Até o momento, a Prefeitura de Aracaju não pronunciou o aumento de passagem, que está no mesmo valor desde 2015.

De acordo com a Tribuna do Norte, o pedido de aumento de passagem aconteceu no dia que iria abrir os envelopes das empresas que iriam participar da licitação do sistema do transporte público, que não houve a participação de nenhum empresário.