[VÍDEO] Rogério cita as suas “visões anti-religiosas” no meio da rua

A saga para saber quem é o pintor anti-religião ainda continua. Recentemente, Igor Ferreira, artista conhecido pela drag queen Kaya Conky o viu na parada do Nordestão do Cidade Jardim e postou um vídeo no seu Snapchat. O rapaz, que realmente é pardo e de meio porte, estava vestindo uma farda do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) e ficou no meio da rua gritando: “JESUS É UM ENGANADOR”, chocando as pessoas que estavam por perto.

“Nossa, quando eu vi na rua falando aquelas frases fiquei assustado, eu não sabia que ele também pichava os muros da cidade”, disse Ferreira, que cedeu o vídeo para mostrar a seguir:

Neste sábado (23), o Egonn Vittor publicou um vídeo com Rogério no qual conta sobre sua história de vida, que é um ex-evangélico que recebeu uma mensagem de Deus dizendo que a história relatada na Bíblia era mentira e sua missão é mostrar a verdade aos Cristãos. Além disso, ele pretende montar a sua própria religião. O nome dele é Rogério de Lima e tem 26 anos.

“Já fiz um jejum de 16 dias”, afirmou no vídeo. Veja:

Em dezembro, uma internauta chamada Rhenana Hacradt achou o pintor em cima de uma cinquentinha no meio do engarrafamento da Avenida Engenheiro Roberto Freire, que liga os bairros de Ponta Negra e Capim Macio, zona Sul. A moto estava toda decorada com as frases conhecidas pelo “artista”, no qual as únicas características físicas que podemos perceber na foto que ele é pardo e de médio porte. Rogério é conhecido por pintar muros com mensagens religiosas, mas feitas de forma nada ortodoxa. Elas pareciam um confronto entre um ser humano e Deus.

12241347_1693372870906594_133071030064774588_n

Os muros tinham uma lista de frases como:

“Os espíritos passam de séculos em séculos enganando a humanidade. Jesus é um”

“Jesus come o cu das pessoas com o sexo espiritual”

“Os espíritos correm atrás de mim”

“Se a mentira for perfeita, não me engana”

“Jesus é enganador”

Algumas pessoas, que ficaram bastante ofendidas, chegaram a jogar tinta em algumas frases do Rogério, porém ele continua nesta “saga maluca contra o cristianismo”.

12308240_1693432124234002_6884413667881544426_n
Um dos muros pintados por Rogério

Tudo começou com algumas frases em Nova Parnamirim, em Parnamirim, (nas avenidas Abel Cabral e Maria Lacerda Montenegro) e nos conjuntos San Vale e Cidade Satélite em Natal. Depois, as frases se espalharam para os bairros de Capim Macio e o conjunto Ponta Negra. Ainda tem alguns na zona Norte.

Então, um grupo de amigos criou uma página chamada Rogério x Jesus, no qual mostra fotos de alguns natalenses que viram essas frases doidas.

Caranguejo e goiamum: Tem diferença?

Antigamente eu sabia diferenciar siri e caranguejo, comidas típicas do litoral nordestino. Porém, achava que goiamum era sinônimo do segundo citado. Como assim? Existe diferença entre os dois animais? Eu descobri vendo um aviso num restaurante especializado em crustáceo, então fui pesquisar para saber a diferença entre os dois bichanos que será explicada a seguir.

O carangueijo tem cor alaranjada, pelos as patas e vive no manguezal. O mais comum é o Uçá,  cuja carne é muito apreciada na culinária; sua carapaça também é utilizada no artesanato, em cosméticos e na alimentação animal. Ele tem como características patas carnudas, peludas e arroxeadas. Assim como os demais caranguejos, possui cinco pares de patas articuladas, sendo o primeiro bem desenvolvido e terminado em pinças que o auxiliam na alimentação, defesa e atração da fêmea.

Podem ser encontrados desde o litoral dos Estados Unidos até o Sul do Brasil. A espécie é onívora; alimenta-se principalmente de folhas em decomposição, frutos e sementes de mangue-preto, coletados próximos a toca durante a maré baixa e levados para o interior da galeria; algumas vezes observam-se o consumo de pequenos mexilhões e moluscos.

Já o Goiamum, de tons acinzentados (em alguns casos, quando cozido, pode ficar mais alaranjado), ocupa regiões arenosas e apresenta sabor adocicado. Esse crustáceo pode ser encontrado deste o estado da Flórida, nos Estados Unidos, até a Região Sudeste do Brasil, quase sempre em locais entre o manguezal lamacento e a área de transição entre este e a mata, normalmente são terrenos arenosos e úmidos.

No Brasil, tal crustáceo está ameaçado de extinção em várias partes de seu território, sobretudo devido a caça predatória e a destruição do seu habitat. Em virtude disso, várias atitudes governamentais vêm sendo tomadas, o que inclui a criação de área protegidas e a adoção da prática do período de defeso.

Alimentam-se de frutos e folhas, mas também consomem insetos, animais mortos, detritos do lodo ou qualquer outro alimento que possam transportar para a toca, sendo portanto onívoros. Contudo, se não houver outra alternativa, podem se alimentar até mesmo de caranguejos menores, no ato de canibalismo.

Amanhã é domingo e dia de ir a praia. Que tal pedir o caranguejo?

Após críticas, Anatel desiste de mudanças na internet

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) resolveu proibir, por tempo indeterminado, a partir desta sexta-feira (22), as mudanças que aconteceriam na internet. Nos últimos dias, a Agência foi alvo de críticas e ataques hackers por causa das novas alterações. Ainda nesta sexta, o site da Anatel foi derrubado. O presidente da Anatel havia declarado em uma entrevista que “a era da internet ilimitada acabou”.

A justificativa da agência é que aplicativos de jogos e serviços via streaming, como Netflix e Spotify, fizeram com que as redes de internet ficassem sobrecarregadas, exigindo a imposição de limites.

O que iria mudar?  Os usuários assinantes de internet do tipo de banda larga mais comum no Brasil, a ADSL (roteador/modem que transmite a internet através de uma linha telefônica) teriam seus serviços contratados a partir de dados e não mais por velocidade. Mesma forma que é utilizada nos serviços de internet móvel. Portanto, quem atingisse um determinado limite teria seu fornecimento cortado ou velocidade reduzida.

Nesta segunda-feira (18), a Anatel havia determinado que as empresas deveriam suspender por 90 dias as mudanças da internet fixa ou iria pagar uma multa diária de 150 mil reais. Quem usa a internet por meio de uma linha telefônica fixa teria de começar a se acostumar com o controle do uso de dados em casa, igual que acontece com o celular.

A Superintendência de Relações com os Consumidores (SRC) publicou Despacho nº 1/2016/SEI/SRC, determinando cautelarmente que as prestadoras de banda larga fixa tinham que criar medidas para orientar os consumidores dessas alterações, mesmo que estivessem previstas no contrato.

Nas últimas semanas, tem gerado polêmica a informação de que as operadoras querem oferecer planos de internet fixa, usada nas residências e empresas, com limite de download, em que o serviço pode ser suspenso quando o usuário atinge uma determinada quantidade de arquivos e dados baixados.

Enquanto isso, várias empresas de pequeno porte estavam anunciando que não deveria adotar o novo modelo de serviço que já havia sido adotado por empresas como a Oi, Vivo e Net. A mudança completa deveria ser finalizada no início de 2017.