Relógio do Sol Areia Preta

Como saber as horas no Relógio de Sol de Areia Preta

brechadas Cidades Curiosidades
Compartilhe:

O bairro de Areia Preta é conhecido pelos inúmeros prédios gigantes em sua orla e, ao mesmo tempo, pelo monumento conhecido como Relógio de Sol, que virou um ponto de referência ao dizer que está na praia de Miami. Mas, vocês sabiam que este relógio tem uma função específica?

Por ser construído em cima de uma estação de tratamento de esgoto da Caern, resolveram erguer um relógio para que banhistas e moradores pudessem consultar as horas, sem precisar de um gasto de energia, utilizando apenas a luz e sombra. Tipo quando o Fred Flintstone consultava as horas, na Idade da Pedra.

Como funciona o Relógio do Sol em Areia Preta

Primeiramente, você precisa saber que a luz solar é composta por partículas de fótons? Sim, elas são produzidos no núcleo do sol e passam pelas seis camadas  da estrela. Durante esse percurso, o fóton se transforma em energia eletromagnética e ao sair da estrela, passa para atmosfera do Planeta da Terra, primeiro passando pela fotosfera, cromosfera e na parte que conseguimos enxergar do sol.

Isso ainda não explica o funcionamento do relógio de sol, não é mesmo?

Os mostradores dos relógios se dividem em linhas, as quais correspondem às horas. Eles têm uma haste encaixada na vertical, que é uma espécie de ponteiro. Chama-se gnômon e é ele que faz sombra à medida que o Sol se move.

A sombra indica as horas, mas não tem escalas de minutos, de modo que mede somente as horas. Para que funcione de forma adequada, é muito importante que a sua haste esteja alinhada com o eixo de rotação da Terra. Além disso, é importante lembrar que, visto que se trata de um relógio solar, o seu funcionamento apenas pode ser verificado em um dia ensolarado

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.