Esta é a visão de uma das igrejas de Natal

Artistas Potiguares brechadas Curiosidades
Compartilhe:

Ela é a Igreja Rosário dos Pretos, a segunda igreja de Natal mais antiga. A imagem traz as pessoas entrando nas primeiras horas da manhã para assistir à tradicional missa. Lá as mulheres estão cobertas e tampando a região da cabeça com um lenço. Além disso, a fotografia remete aos anos 40, quando as missas, em sua maioria, eram celebradas na língua em latim.

Clique para ampliar melhor.

Origem da missa em latim

Também recebe o nome de Missa Tridentina, a sua origem foi por volta de 1570, após o Concílio de Trento. As orações são pronunciadas pelos padres em voz baixa e apenas em latim. Além disso, eles têm que usar luvas para não tocar diretamente na Eucaristia e ficam de costas para os fiéis.

Os católicos afirmam que o termo “missa em latim” seja inadequado e o correto seria chamar de missa da forma mais antiga.

Quando parou a realização da missa em latim

A Missa em latim deixou de ser obrigatória no ano de 1963, autorizando as igrejas a serem realizada de acordo com a língua nativa de cada igreja.  Ou seja, houve a reforma da Liturgia, onde a Missa de rito romano foi simplificada e surgindo a Missa do Rito Romano II.

Essa medida, portanto, aconteceu através do Concílio Vaticano II, iniciado pelo então Papa João XXIII.

O Concílio, realizado em 4 sessões, só terminou no dia 8 de dezembro de 1965, já sob o papado de Paulo VI.

História da Igreja do Rosário

A criação da Igreja data de 02 de julho de 1714, e é uma homenagem à padroeira dos pretos, escravos ou libertos. Na época, os brancos e negros não se misturavam. Por isso, existe várias Igrejas em homenagem à Nossa Senhora do Rosário dos Pretos em vários cantos do Brasil.

A gente falou um pouco mais de sua história neste link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.