Simona vaquinha câncer de mama

Simona Talma faz vaquinha para tratamento contra câncer de mama

Nesta semana, a cantora Simona Talma divulgou primeiramente uma vaquinha com o objetivo de ajudar nos custos do seu tratamento contra o câncer de mama. De acordo com a cantora, a doença foi descoberta em maio deste ano e já está em tratamento.

“Os efeitos e repercussões tem sido pesados e nem sempre eu consigo trabalhar ou realizar qualquer atividade simples”, disse a cantora em uma postagem nas redes sociais.

A meta é conseguir mais de 25 mil reais e até o momento da elaboração deste texto atingiu mais de 8 mil reais.

Origem da Simona Talma sobre a vaquinha do combate contra o câncer de mama

Na página da Vakinha, Simona contou que estava fazendo exames de rotina e encontrou problema no útero, fazendo uma cirurgia para retirar um tumor, cuja bióspia mostrou ser maligno. Mas, a médica recomendou fazer um exame na região das mamas.

“No meio desse processo eu fiz um auto exame e identifiquei uma massa bem grande na mama esquerda. Fui ao mastologista de imediato e começamos a realizar exames para investigar”, disse Simona.

O motivo da campanha é pelo fato de angariar recursos que o Sistema Único de Saúde (SUS), além de não estar conseguindo trabalhar o suficiente. Como resultado da ausência de shows, ela está dando aula de canto online e presencial.

Show para ajudar no tratamento

A cantora também pretende fazer um show solidário com a presença de amigos músicos e parceiros de longa data. A previsão é que aconteça no dia 28 de agosto e será em Ponta Negra. Confira, portanto, o recado da cantora a seguir:

A minha ideia de retorno para vocês é a realização de alguns eventos. O primeiro deles é um show com minhas bandas e amigos (Meu show solo com participações, Luaz, Boca Seca e Orquestra Greiosa). Você pode colaborar com quanto quiser e receber ingressos para esse show. O show será no dia 28 de agosto, na Cervejaria Resistência, em Ponta Negra. Na sequência darei mais detalhes. 

Você pode apenas colaborar com o valor que puder, mas caso você deseje receber ingressos pro show (independente da forma de pagamento) mande um e-mail dizendo quantos ingressos você deseja para: byancavanderlei@gmail.com.

Para ajudar a Simona Talma, clique no link a seguir.

Já viu o Atheneu ser construído? Veja aqui

O Atheneu é o colégio mais antigo de Natal, contando primeiramente com a história das públicas e particulares. Existentes na capital do Rio Grande do Norte. Além disso, é a segunda mais antiga instituição escolar brasileira (a mais antiga é o Ginásio Pernambucano, de 1825), fundado antes mesmo do Colégio Pedro II no Rio de Janeiro.

Surgiu no ano de 1834, época em que o Brasil era uma monarquia, pelo então presidente da província Basílio Quaresma Torreão, que também foi o seu primeiro diretor-geral. O nome é uma homenagem à Athenas, a deusa grega da sabedoria. A sua primeira sede ficava no tradicional bairro da Ribeira, onde hoje é a unidade de saúde Carlos Passos.

Antigamente, o Atheneu Norte-rio-grandense só permitia a entrada de meninos nas suas dependências. Entretanto, em janeiro de 1903, permitiu a entrada de aluna. Por isso, surgiu o Atheneu Feminino, que teve como sede o antigo prédio do Grupo Escolar Antonio Souza, na rua Jundiaí, onde hoje funciona a Fundação José Augusto.

Já o masculino continuava na rua Junqueira Ayres, onde hoje é a avenida Câmara Cascudo. A escola virou mista apenas na década de 50 na atual sede.

A sede atual do Atheneu

Em 1954, o Atheneu mudou para um prédio com formato em X, ginásio fechado e o seu nome mudou para Instituto de Educação, mas retornou o nome antigo nos anos 60. Desde 2010 é Patrimônio Histórico, tombado pelo Município de Natal, através da Fundação Capitania das Artes (Funcarte).

No prédio novo encontravam-se um ginásio para prática de esportes, sessões de cinema e auditório para festas, 16 salas de aulas comuns e 8 salas para aulas especializadas.

Todos esses dados foram coletados no portal da Secretaria de Educação e no site Fatos e Fotos Natal das Antigas.