Capoeiras

Capoeiras, quilombola vira documentário

Curiosidades
Compartilhe:

Quilombola é o espaço onde abriga descendentes de escravos e procuram manter a cultura de seus ancestrais. Uma delas fica próximo de Natal, mais precisa em Macaíba. O nome deste lugar é Capoeiras, que abriga 400 famílias, que possuem traços semelhantes. O motivo era que os casamentos aconteciam entre eles. Como o resultado, o fortalecimento de sua identidade cultural. Por isso, neste sábado (25) será a estreia do documentário ‘Capoeiras: histórias de amor, luta e resistência’.

Além disso, é a maior comunidade quilombola do estado, possuindo uma área de 906 hectares. Recebeu em agosto de 2007 da Ministra Matilde Ribeiro o certificado de Comunidade Remanescente de Quilombo. Além disso, a finalidade é mostrar a auto afirmação dessas pessoas para a câmera através de suas histórias, opiniões e, como consequência, registrar também a história da comunidade.

”Capoeiras é cheio de memória e afeto, onde você encontra pessoas que lutam diariamente para uma mudança social, que buscam o fazer coletivo e que emanam amor. Ainda mais tive o prazer de aprender muito, de conhecer pessoas que militam e trabalham em prol do social há anos, e que acreditam na força que é a união coletiva”, disse Larissa Bianca, a produtora executiva.

O documentário conta a história de vida e da comunidade através dos seus próprios moradores, reforçando assim a memória, identidade e afeto com esse local. Neste sábado (25), em Capoeiras, haverá um conjunto de atividades com os moradores, além de exibir em primeira mão o filme que narra a sua história em um telão.

Opinião do diretor de Capoeiras

“O filme é um documentário sobre pessoas, que é feito através de depoimentos sobre memórias, experiências, opiniões e, por fim, temas comuns à vida, só que a partir do ponto de vista de moradores de Capoeiras. Sempre tive vontade de conhecer Capoeiras um pouco mais de perto. Encantei com as pessoas, o lugar e sua história, sobre como fomos recebidos e principalmente sobre a história de vida e o conhecimento dessas pessoas. Eu adoro ouvir histórias, acredito que esse filme é sobre isso, ouvir e aprender algo com os outros”, disse o diretor Pedro Lucas Rebouças.

Cartaz do documentário

Terá uma exposição sobre Capoeiras

Além do documentário, o projeto Capoeiras também tem uma exposição fotodocumental dos moradores dessa comunidade.  A exposição fotográfica “Um Olhar em Capoeiras”, mostra os moradores e a comunidade de capoeiras através do olhar de Rafael Santos. O mesmo procurou retratar de forma poética a identidade, história e fé dos seus moradores.

São as fotografias de Rafael que ilustram, portanto, este post.

Também vai para o Youtube

O documentário ‘Capoeiras: histórias de amor, luta e resistência’, na noite do próximo domingo (26), visto que o documentário estará disponível no YouTube, basta acessar o canal do Farolete Filmes.

Projeto patrocinado pela Lei Aldir Blanc

O Projeto Capoeiras surgiu a partir de recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal. Surgiu para incentivar a produção cultural que perderam seus recursos com o novo coronavírus (Covid-19).  Ainda mais o projeto conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Macaíba (@prefeiturademacaiba)

Por fim, confira o trailer do documentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.