cantores do RN brega/forró
Artistas Potiguares brechadas

4 cantores do RN brega/forró do Oeste famosos no Brasil

Compartilhe:

“Como é que você foi embora/ Sem dizer pelo menos adeus/ E fez sofrer tanto assim/ Um coração apaixonado por você”. Essa canção se chama “Cobertor” e todo mundo sabe que fez sucesso com o Calcinha Preta, mas vocês sabia que Daniel Diau é de Mossoró/RN? Assim inspirou esta postagem para lembrar que adoramos uma sofrência. 

Por isso, vamos listar cantores e compositores potiguares que aderiram a sofrência como carro-chefe. Você conhece alguém que mencionaremos? Deixe aqui o seu comentário. Uma coincidência é que todos são da região Oeste do Rio Grande do Norte, como Mossoró e Ipanguaçu. 

A gente listou alguns cantores que saíram do RN e fazem sucesso com suas canções, principalmente para falar de sofrência, amor e dentre outras coisas que lembramos sempre numa mesa amarela do Big Peter

1) Carlos André

Carlos André tem 82 anos e é um dos fundadores do Trio Mossoró em 1959. No ano seguinte trabalhou nas rádios Mayrink Veiga e Nacional. Depois da dissolução do grupo seguiu carreira individual de grande sucesso com cerca de um milhão de discos vendidos.

Em 1974 lançou o primeiro disco solo, o compacto duplo “O apaixonado”, pela gravadora Beverly, seguido no mesmo ano de um LP com idêntico nome. Cinco anos depois passou a gravar pela Copacabana e em 1984 pela Chantecler, na qual estreou com o disco “Volte pra mim”.

No ano seguinte lançou pela mesma gravadora o LP “Para sempre vou te amar”, com composições como “Faz assim comigo não” e “Peço por favor”, parcerias com Alcymar Monteiro.

Mas, a sua música mais famosa tem, portanto, o seguinte refrão:

Hoje eu quebro essa mesa
Se meu amor não chegar
Também não pago a despesa
Nem saio desse lugar


2) Daniel Diau

Daniel Diau é um dos cantores mais famosos do Calcinha Preta e ele está no mercado da sofrência há anos e tem uma voz muito parecida com Zezé Di Camargo. Daniel se mudou para Aracaju, aos 8 anos de idade. Iniciou sua carreira em um grupo chamado “Xadrez”, como este projeto não deu certo.

Influenciado pelo sertanejo, Daniel formou uma dupla com Wilson Segal. Em seus shows a dupla costumava apresentar sucessos sertanejos em ritmo de forró. Isso chamou a atenção de uma banda chamada “Panela de Barro”. Foi nesta banda que Daniel conheceu Paulinha Abelha. Só em 1998, ele se tornou um dos vocalistas do Calcinha Preta, onde emplacou alguns dos grandes sucessos. 


3) Bartô Galeno

Diferentemente de Daniel Diau, Bartô Galeno é da cidade de Sousa, na Paraíba, mas cresceu em Mossoró e por isso é considerado um dos cantores do RN brega/forró .

Com 10 anos de idade, mudou-se para Mossoró, onde começou a carreira na Rádio Rural e a participou de vários programas de calouros, chegando a ser considerado “a mais bela voz do Rio Grande do Norte”. Em dado momento, o padre Américo Simonetti, uma vez que reconhecia o seu talento, deu-lhe uma passagem para a cidade de Recife, em Pernambuco. De lá, Bartô foi para São Paulo, onde entrou em contato direto com a Jovem Guarda e se tornando compositor destes artistas.

Seu primeiro álbum como cantor viria a ser lançado somente em 1975, intitulando-se “Só Lembranças”. Em 1978 lançou o álbum No Toca-Fita do Meu Carro, cuja faixa homônima acabou tornando-se seu maior sucesso.

 

4) Evaldo Freire

Evaldo Freire nasceu na cidade de Ipanguaçu, perto de Macau, mas fez muito sucesso no Rio Grande do Norte e outros estados brasileiros na década de 80. Tem 80 músicas gravadas e mais de 15 discos na sua discografia. Nasceu em Ipanguaçu, em um acampamento de ciganos. 

Após sair do quartel em Natal, se mudou para Recife para tentar a carreira de cantor e conseguiu, fazendo sucesso em programas de auditório e sendo mais um dos cantores do RN brega/forró a fazer sucesso nacional. A seguir, o seu maior sucesso.

http://www.youtube.com/watch?v=vx_5e4JXYWs

Calma, Brecheiros, não esquecemos de Carlos Alexandre, mas ele rende um post separado e falamos de cantores e artistas que fazem sucesso na Cidade da Esperança.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *