Vamos limpar a praia de Búzios neste domingo?

Na região Metropolitana de Natal, mais precisamente na cidade de Nísia Floresta, ocorrerá a campanha Praia Limpa, que desta vez o evento de limpeza de praia ocorrerá no dia 11 de novembro, das 8:30h às 11:30h na Praia de Búzios, ao lado da torre dos Guarda-vidas, em frente ao Parque Aquático Big Blue. Esta será a segunda edição da campanha em 2018 e terá como: “Campanha Praia Limpa: Abertura da temporada de tartarugas”.

Realizada no mês de junho, a primeira limpeza, recolheu 197kg de lixo da praia, que também é um berçário natural de tartarugas-de-pente e é monitorada pela equipe do Projeto Ponta de Pirangi e voluntários.

“Desde fevereiro monitoramos a desova das tartarugas em Búzios. Com isso percebemos a necessidade de discutir o crescente acumulo de lixo na praia e a circulação de veículos. Nosso objetivo é integrar a comunidade local na conservação da praia, e para isso trabalhamos em parceria com as associações comunitárias, Ongs e escolas ressaltando a necessidade de manter a praia limpa”, diz a presidente da Oceânica, Joane Batista em release enviado para imprensa.

É uma iniciativa da Oceânica e faz parte das atividades da Fase 3 do Projeto Ponta de Pirangi, patrocinado pela Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal.

O evento é aberto ao público e conta com a participação da Escola Municipal Alberto de Carvalho de Araújo/EMACA, ABUZADA, OASA, UFRN, barracas de praia e restaurantes locais, representantes do Conselho Gestor da APA Bonfim Guaraíras, dos órgãos públicos ligados a gestão municipal de Nísia Floresta (Secretarias do Meio Ambiente e Urbanismo, Turismo, Educação, Transporte e Serviços Urbanos), do estado do RN (IDEMA), além de voluntários da Oceânica.

A campanha ocorre no mês de novembro com diversas atividades como oficina de música com instrumentos feitos pelas crianças e adolescentes de Búzios, atividades nas escolas, distribuição de pôsteres sobre as tartarugas nos estabelecimentos comerciais e organizações locais, além de mutirão da Prefeitura de Nísia para recolhimento de metralha inadequadamente depositado na praia. A culminância da campanha será no dia 11/11 que, além do mutirão de limpeza da praia de Búzios e pesagem do lixo recolhido, contará com apresentação cultural do Grupo Folia de Rua com a Banda de crianças e adolescentes da OASA.

E aí, vamos limpar?

Serviço

Evento: “Campanha Praia Limpa: abertura da temporada de tartarugas”.

Organização: Oceânica, através do Projeto Ponta de Pirangi

Dados: Limpeza de praia no dia 11/11/2018, no período 8:30h às 11:30h.

Local: Distrito Litorâneo de Búzios, ao lado da torre dos Guarda-vidas, em frente ao Big Blue, Nísia Floresta.

Contato: e-mail: contatoongoceanica@gmail.com

Quadra da Malandros do Samba receberá festa em homenagem ao Dia da Consciência Negra

Dia 19 de novembro comemora-se o Dia da Consciência Negra, para comemorar a quadra da Escola de Samba Balanço do Morro, na Rua Chile, no bairro da Ribeira, junto com estudantes de Produção Cultural do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) vão fazer um festival chamado Mugunzá, que acontecerá no sábado (17).

O evento terá início às 16h, encerrando se às 21h. O objetivo do projeto é a difusão dos artistas afrodescendentes da região metropolitana de Natal. Foram selecionadas 8 atrações musicais para embalar esse momento de celebração da cultura negra, entre elas Leozinho do BA, cantor de funk de letras politizadas e neto do grande nome da MPB, João do Vale.

Assim como o samba, vários dos nossos costumes nasceram na África, como o Mugunzá, uma iguaria doce feita de grãos de milho-branco ou amarelo levemente triturados, cozidos em um caldo contendo leite de coco ou de vaca, açúcar, canela em pó ou casca e cravo-da-índia. Ainda podendo ter versão salgada. No Sudeste, muitos o chamam de canjica.

As outras atrações escolhidas para enegrecer essa festa são: Carcará na Viagem, DJ Fulô, Coco Juremado – As flechas, Pretta, DJ Caju Mancha, a própria Escola de Samba da Balanço do Morro e a banda SouRebel. O projeto foi desenvolvido por estudantes do curso de Produção Cultural e Eventos do Instituto Federal do Rio Grande do Norte – IFRN, campus Natal Cidade Alta, e conta com o apoio da mesma instituição para sua realização.

O motivo da escolha do nome do Festival passa por o Nordeste ser a região do país com maior concentração da população negra, e por ter sua cultura enriquecida pela herança do Povo Negro, “Mungunzá” é uma palavra de origem Africana e prato típico da culinária popular do nordeste, simbolizando essa herança, o Festival leva o nome “Mungunzá”.

Serviços:

Festival Mungunzá

Local: Espaço da Balanço do Morro, Rua Chile – Ribeira, Natal/RN

Horário: das 16h às 22h

Data: 17 de novembro de 2018