27 27America/Bahia novembro 27America/Bahia 2018 – Brechando

GGcon: Dia que a Arena das Dunas recebeu nerds amantes de videogame

A Arena das Dunas foi um estádio construído para a Copa do Mundo. No entanto, ele não recebe apenas partidas de futebol, como também é um espaço que já acolheu diversos eventos voltados para o mundo nerd e agora recebeu a GGcon, sigla para Good Game Conference, no qual a parte de cima da Arena das Dunas recebeu todos os tipos de jogos possíveis, desde aqueles tradicionais Ataris até os mais modernos consoles, como Playstation 4.

Sim, GGcon é uma referência a expressão GG, que eu soube graças aos amigos nerd/gamers/geeks, que sempre falava a palavra quando algo dava certo.  O termo é uma abreviação para palavra inglesa “Good Game” ou “Bom Jogo” em português.

Era uma manhã de sábado, os portões da Arena já tinham recebido os jovens que já estavam jogando, a entrada do evento se dava após enxergar um Hulk, herói da Marvel, feito em tamanho real, logo tinha a programação e via o que rolaria nos dois dias evento também aconteceu no domingo, 25 de novembro). Mas, eu resolvi dar um passeio aleatório, quando a primeira coisa que vejo é o pessoal do Museu do Game Potiguar com seus consoles antigos de prontidão para a galera da antiga matar a saudades daquele Mega Drive que teve um fim inesperado ou para a criança dos anos 2000 conhecer o Super Nitendo.

Na parte de trás estavam os consoles modernos, com seus equipamentos e controles, você podia finalmente jogar o PS4 com aqueles óculos de Realidade Virtual ou dançar Just Dance com o famoso Kinect, no qual um de seus fundadores é natalense.

A parte central do salão do evento era o local que os jovens podiam receber internet de graça para poder jogar aqueles jogos de celulares que estão bombando ou usar a rede social para dizer que está bem para a mãe no Whatsapp.  Você acha que a parte de jogos acabou por aí? Achou errado! O outro lado também recebia jogos de luta (ex: Street Fighter e Naruto), competições de e-sport, fliperamas, lojas de jogos e espaço para conhecer os protótipos de produções locais.

Claro que fiquei tentada em jogar tudo e passaria o dia inteiro lá, mas me contive apenas com o jenga que estava na mesa do boardgame.

O Igor Cavalcanti é advogado e atualmente tá trabalhando numa loja de jogos, onde “se sente mais confortável, pois trabalha o que gosta” e revela a importância dos jogos na sua vida:

Os jogos não são só entretenimento, mas educação, filosofia de vida e ensinam morais e história para a gente.

Já o trio de estudantes, Caio Roberto, Sabrina David e Maria Eduarda; compareceram ao evento para esquecer dos problemas da vida, como ficar em recuperação. Além disso, eles querem jogar Naruto, League of Legends e CS: Go:

O videogame é a melhor forma de passar o tempo com toda a certerza, destrair a cabeça e esquecer os problemas, como os relacionamentos e a recuperação (risos). Amamos o que eles proporcionam e não imagino um dia sem jogar.

Como toda convenção, o evento também recebeu espaço para palestra e de artistas voltados para área, como Nyvi Estephan, conhecida pelos seus streamers., Nyvi é formada em Design de Moda, que começou a carreira como artista web apresentando os mais diversos campeonatos de esportes eletrônicos em redes de administração e transmissão de eventos de jogos como Gamewise, X5TV e MAX5. Conquistou o público de grandes sucessos, como Counter Strike: Global Offensive, League of Legends, Combat Arms, Sudden Attack e Fifa World.

Ainda tinha uma área chamada o GG Talks, diversas palestras serão realizadas abordando temas para os interessados em aprender e conhecer mais sobre o mercado de games, programação, desenvolvimento e redes sociais.

Além de Estephan, também estiveram no evento o caster e streamer Willian Moreira, o “Gordox”; e o jovem youtuber Thiago Elias, o “Calango”.

Confira as fotos a seguir:

[metaslider id=23537]

E o show da Marília Mendonça, hein?

Inicialmente, haviam vários outdoors espalhados por Natal com uma imagem de fundo amarelo e com a hashtag #emtodososcantos nas últimas duas semanas em Natal, mas ninguém sabia explicar o porquê. Até que na manhã desta segunda-feira (26), foi descoberto que era a divulgação do mais novo single da cantora de sertanejo, Marília Mendonça, que anunciou um show surpresa nesta segunda, no largo do Teatro Alberto Maranhão, também conhecida como Praça Augusto Severo, na Ribeira. Detalhe: era de graça. Após a confirmação, a gente colocou nas nossas redes sociais, conforme o post a seguir:

Logo as pessoas começaram a comentar sobre esta segunda abençoada:

Mesmo assim, ainda tinha gente que não acreditava nisso, até que a própria cantora foi vista na Av. Rio Branco, principal rua comercial da cidade, entregando o panfleto do próprio show:

Além disso, foi descoberto que esta aprsentação surpresa seria resultado da gravação de um DVD. O Brechando foi tentar apurar a distância, utilizando as redes sociais.  Será que o rolé foi ruim?

O fotojornalista José Aldernir registrou o show e mostrou que o palco foi instalado do lado da estátua de Augusto Severo, um importante aviador potiguar, onde a praça do largo Dom Bosco e estava lotado de pessoas. Veja as imagens:

Como não podemnos brechar o que seria o rolé mais interessante da cidade, vi que pelos tweets que o evento marcou a história dos natalenses:

Alguns chegaram a tirar sarro pelo fato da cidade ser pequena e todos se conhecerem:

Tanto que ela provocou, “sem querer”, um intenso engarrafamento nas avenidas que dão acesso à Ribeira, inclusive a tradicional ladeira do Marpas.

Além disso, a cantora conseguiu reunir todas as tribos natalenses por um único objetivo: a sofrência.

O advogado José Frazão teve que pegar duas bebidas para não perder nennhum momento:

O jornalista Abner Moabe mostrou arrependido de não ter comparecido:

 

Porém, ele não foi o único:

A volta também teve engarrafamento, mas isso não atrapalhou o fim do rolé. Será que foi sucesso? O repórter Ranilson Oliveira, pela TV Ponta Negra, mostra nesse vídeo:

Setor 2 da UFRN entrou em clima de Natal

O Natal chegou! Simone começa a tocar no toca-discos da sua mãe! E o Setor 2 está decorado! Como?

Quem estudou na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sabe muito bem que o setor de aulas 2, conhecido por abrigar os cursos ligados à ciências humanas, não é muito ligado às datas comemorativas, visto que o foco é discutir política. Quase um Grinch, mesmo, que diz que odeia o Natal. Mas andando pela UFRN, na semana passada, o Brechando viu que toda a entrada do setor estava decorado com luzes natalinas, mostrando que está ligada no Jingle Bells, enquanto na parte interna está cheia de pixo criticando o Governo, as empresas e tudo que prejudica à população de forma direta ou indiretamente.  Tem pisca-pisca na escada, na parte do estacionamento, jardim e outros cantos deste setor querido.

Só falta colocar um Papai Noel gigante para ficar uma decoração típica da Avenida Senador Salgado Filho.

Leia Também:

Detalhe: o Setor 2 colocou luzes de Natal primeiro que a Prefeitura do Natal que só está começando a colocar a sua famosa decoração nesta semana, começando nas principais avenidas, como a Avenida Senador Salgado Filho e os Três Reis Magos no Viaduto de Ponta Negra, aquele que dá acesso à Avenida Engenheiro Roberto Freire.  Parabéns para a direção do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA, pronuncia-se Chinchila), que está em clima natalino.

Sobre as luzes de Natal nas ruas da cidade, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) deu a ordem de serviço em novembro. Duas empresas serão responsáveis pela decoração e iluminação das ruas de Natal este ano. Ambas foram definidas por meio de concorrência através de processo licitatório. O primeiro processo teve como empresa ganhadora a Ilumetech Construtora Ltda., que será responsável pela restauração, instalação, manutenção, remoção e guarda do acervo natalino. O custo deste contrato tem teto previsto em R$ 2,1 milhões.

Já o segundo processo licitatório é voltado especificamente para a Árvore de Natal, Casinha do Papai Noel, Catedral, Pórtico dos Reis Magos e Palácio Felipe Camarão. A Razão Produções e Eventos Eireli foi a empresa vencedora com custo de contrato de R$ 2.378.000,00.

Neste ano, a Prefeitura do Natal irá reaproveitar 100% do acervo e as quatro zonas administrativas, além de praças e alamedas, serão contempladas com a decoração. Os enfeites começarão era para ser vistos pela população até a segunda quinzena de novembro.

A Cidade do Natal contará com três árvores natalinas. Uma em Mirassol, na zona Sul, com 112 metros de altura, e outras duas na zona Norte (Parque dos Coqueiros e Ginásio Nélio Dias) cada uma com 30 metros de altura.

Além do tradicional pisca-pisca, cada árvore de Natal contará com enfeites em sua extensão nos formatos de sol, lua e estrelas.

A verba destinada à decoração natalina é “carimbada”, oriunda da Cosip, Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública, e voltada exclusivamente para serviços de iluminação pública, como é o caso da decoração natalina.