Maia Bar
Curiosidades

Um bar de rock no meio do Alecrim

Compartilhe:

Dentro do Mercado da 6 existe o rock. No meio do forró e pagode, durante a tarde, é comum ver umas pessoas de camisa preta e ouvindo os clássicos do rock. No fundo está Led Zeppelin, Iron Maiden, Deep Purple e também metaleiros mais novos. O encontro do clássico e a juventude roqueira acontece no tradicional bairro comercial de Natal, o Alecrim.

Foi visitando o Mercado da 6 que descobri este bar e quase fiquei por lá mesmo.

O bar se chama Maia Bar e ele fica bem na entrada do Mercado da 6, que também é tradição da cidade. O local também recebe as pessoas beberem aquele famoso litrão, escutar rock ou ouvir aquela banda irada no local. Mostrando que é possível ter rock além da zona Sul e Ribeira.

A ideia veio de Tiago Maia, que havia trabalhado em outros bares de rock da cidade. Por crescer no Alecrim, ele resolveu fazer o seu próprio bar na região. O bar roqueiro do Maia investe na música ao vivo para se diferenciar. O mercado, que costumava ser dominado pelas serestas, agora tem uma trilha mais eclética.

Caso não queria ir ao Alecrim, a comida do bar pode ser pedida via aplicativo. O bar abre na terça aos sábados e funciona a partir das 10 horas até o fechamento do mercado, às 17 horas.

Sobre o Mercado do Alecrim

Seu nome é Mercado Público Antônio Carreiro, no qual fica na avenida 6. Por isso, recebe o nome de “Mercado da 6”. O Mercado da 6 teve seu projeto iniciado em 1967, pelo então prefeito Agnelo Alves, logo após o incêndio do Mercado Público da Cidade Alta, que já falamos no Brechando. O então prefeito conseguiu, junto a Sudene, uma verba para construção do Mercado. Em 1969, A Ditadura Militar cassou Agnelo Alves, porém seu sucessor, Ernani da Silveira, manteve o projeto.

A inauguração aconteceu em 1970. O local tem acesso à comida local e também aos acessórios tipicamente do interior do Nordeste, como roupas de couro, colher de pau, pilão e também aos restaurantes com comida tradicional. O Mercado tem sido um atrativo para quem procura produtos do artesanato em couro, cerâmica, palha e sisal, ou aprecia pratos da culinária regional servidos nos bares e restaurantes. No ano passado, a Prefeitura realizou uma reforma no local.

O Mercado da Seis conta com 77 boxes, entre lojas de produtos artesanais, hortifruti, restaurantes e bares, além de praça de alimentação. Funciona de segunda a sábado das 7h às 17h e nos domingos e feriados até 12h. Conta com administrador da Prefeitura e funcionários que cuidam da gestão e limpeza.

Nos sábados á tarde, além do rock, tem apresentações de forró e um pagode. Para os comerciantes, a finalidade é atrair mais clientes ao mercado.

Já foi ao Bar? Compartilhe este texto. Além disso, não se esqueça de deixar, portanto, o seu comentário.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *