Pinacoteca reaberta

Pinacoteca reaberta, como o show deve continuar?

Artigo
Compartilhe:

Uma nuvem de tags pairou em minha cabeça neste sábado (4). Durante todo o tempo que estive na Pinacoteca, eu pensei nas mil formas de deixar esse show continuando. Por sorte, a Fundação José Augusto (FJA) teve artistas que estavam interessados em tocar, uma vez que fazia séculos que estavam cantando em frente uma DSLR ou Webcam, pois qualquer aglomeração poderia pegar Covid-19. Mesmo assim, a sensação de volta aos shows ainda é um ensaio, projeto.

Tirando a parte jocosa de empurrar com a barriga a exposição de novos artistas e deixar a Pinacoteca com as mesmas obras de Dorian Gray e Newton Navarro, o show só deu certo porque a galera queria ver gente, além de que os participantes, que juntos receberam 100 mil de cachê, realmente queriam tocar. Mesmo que o palco tivesse uma péssima mesa de som e gerador de segunda, motivo que levou ao atraso de quase quatro horas. E, olhe, que muitos membros que organizaram o evento presenciaram os eventos da Ribeira no início dos anos 2000.

O resultado de ontem significa que as pessoas querem curtir, mas que estão perdidos. Inicialmente, achamos engraçado os vídeos de João Gomes em Mossoró, mas a verdade tem que ser dita: nada será como antes. A gente foi ao show, mas não sabemos como se comportar, se é para ficar de máscara o tempo todo ou como cumprimentar as pessoas.

Após umas meladinhas, hora de relaxar

Somente alguns drinks e músicas que relaxamos, voltando para casa rezando para que não ser infectado. Somente quem teve F.O.M.O, que preferiu fugir e ir para outros eventos.

A Pinacoteca está reaberta, mas não vimos arte e sim um prédio com jogo de luzes coloridas. Quem chegou de manhã pode ver a exposição em paredes falsas, tirando a beleza dos antigos salões que foram a administração do Governo do Estado até 1995.

Pinacoteca está reaberta, mas espero que as próximas reaberturas sejam melhores

O Titãs já dizia que a gente não quer só comida e a cultura e arte foi de suma importância na pandemia para que a gente não surtasse de vez. Mesmo assim, tinha horas que estava mais divertido em explorar as belezas da Cidade Alta do que ficar em um curralzinho para comprovar que fomos vacinados duas vezes, apesar de que a ideia foi por água abaixo, pois a galera conseguiu burlar, ficando de lado ou usando a escadaria da Assembleia Legislativa como camarote.

Próximos dias o Forte dos Reis Magos, o Teatro Alberto Maranhão e a Biblioteca Pública serão reabertas, não queremos mais vacilos assim.

A FJA perdeu uma oportunidade incrível de fazer um lindo show no jardim da Pinacoteca, como aconteceu em outros eventos como Eco Praça. Mas, eles preferiram a pressa do que a perfeição, entregando aparelhos culturais de um jeito torpe.

Espero que os próximos eventos da Pinacoteca que mostrem de verdade o que temos para oferecer e não apenas as obras potiguares, a cadeira utilizada no filme Alien e conte a história do Poder Executivo. Esse prédio viu muita coisa acontecer e isso precisa ser contado, não escondido. Se querem fazer outras intervenções, planejam melhor e, portanto, seja transparente com a população.

Afinal, não queremos que as famílias políticas voltem.

Clique aqui para conferir mais fotos da Pinacoteca:

Mais fotos publicamos em outro artigo.

1 thought on “Pinacoteca reaberta, como o show deve continuar?

  1. Olá. Estive no evento, realmente o a atraso foi demais, como também, a qualidade do som, se na passagem de som já estava ruim, no início do show foi pior, pois não dava para entender nada do que estava tocando. Muita gente não estava usando máscara e mesmo com a exigência do passaporte covid, terminou todos juntos, vacinados e não vacinados, pois a separação era apenas uma “curral” para os vacinados. Deixou muito a desejar, organização, som, etc. Para a inauguração do TAM, sejam corrigidas estas falhas. Em tempo: fiquei só até o início da primeira banda, fui embora pois não consegui entender o que estava tocando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.