Rocas

Bairro de Rocas é uma homenagem ao atol

Muita gente confunde o bairro de Rocas com a Ribeira, uma vez que ambos são vizinhos e ficam próximo do Porto de Natal. Entretanto, Rocas é o berço do samba natalense. Além disso, o bairro é lembrado pelo pescado e também por ficar a Primeira Estação de Trem na capital do Rio Grande do Norte. Mas, o foco de hoje é falar a origem do bairro.

De acordo com os historiadores, os primeiros moradores veio do século 18. Ou seja, quando o Brasil ainda era uma colônia de Portugal. O historiador Medeiros Filho, em seu livro “Terra Natalense”, há um registro do Senado da Câmara de Natal, registrando a concessão de 50 braços de terra a Antônio de Melo e Alberto de Melo, pescadores, entre os atuais bairros de Santos Reis e Rocas.

O Senado era o equivalente que seria a Câmara Municipal de Natal, onde se reúnem os vereadores.

Já o Câmara Cascudo, por conseguinte, aponta que a origem deste topônimo advém do Atol das Rocas, lugar de pesca dos homens do mar natalense. Quer dizer, os homens que trabalhavam com a pesca ocupavam este local, uma vez que era a região mais próxima do Atol, que hoje é uma reserva ambiental.

“Os que pescavam nas águas do atol das Rocas denominaram Rocas à morada em terra firme”, afirmou Cascudo.

Além do Samba, o bairro também abriga o espaço dedicado para o Araruna, mas isso é assunto para outro post.