constelação Rio Grande do Norte
Cidades

Qual constelação representa o Rio Grande do Norte?

Compartilhe:

A bandeira do Brasil que vemos hoje surgiu assim que virou uma República. As cores verde, amarelo e azul não estão por acaso. Inclusive as estrelas brancas no círculo azulado que cada constelação representa cada estado brasileiro. Mas, qual é a representação do Rio Grande do Norte?

Primeiramente, o que é uma constelação?

Antes da década de 30, os cientistas definiam o encontro de estrelas e formam figuras, pessoas, animais, objetos ou qualquer personagem da mitologia. Apesar de que a ciência não utiliza mais o termo, os astrólogos e outros meios que usam para estudo de personalidade ou acreditam no poder das estrelas.

Sobre a bandeira do Brasil

As estrelas da bandeira brasileira representam os estados e o Distrito Federal do nosso país, sendo 26 estrelas para os estados e uma para o Distrito Federal.

Você sabia que o céu representado na nossa bandeira corresponde ao céu da cidade do Rio de Janeiro? Era a imagem que o céu estava sob o universo, no dia e hora da Proclamação da República, que aconteceu no dia 15 de novembro de 1889, às 08h30min. E só conseguiram registrar este momento com a ajuda dos astrônomos.

Mas, qual é a constelação que representa o Rio Grande do Norte?

A constelação de escorpião pertence ao Rio Grande do Norte, que fica ao lado do Cruzeiro do Sul. Faz parte do zodíaco, e se localiza entre as constelações da Libra e de Sagitário. Na mitologia grega, foi o animal que matou Órion com sua picada.

A estrela de maior brilho aparente desta constelação é a supergigante vermelha Antares, e é centenas de vezes maior que o Sol. É conhecida também como o “coração do Escorpião”.

Gostou desta curiosidade? Compartilhe este texto para mais pessoas.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista e publicitária formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *