Igreja do Galo Museu de Arte Sacra

Igreja do Galo tem um Museu de Arte Sacra, mas fechado

brechadas Cidades Curiosidades
Compartilhe:

Andando pela rua Santo Antônio está a igreja de mesmo nome, porém é conhecida como Igreja do Galo, uma vez que o local tem para-raio em formato de galo. Mas, vamos falar é de seu Museu de Arte Sacra. Se você acha bonita as imagens que estão no altar, o local armazena outras imagens de santo.

São imagens não só de esculturas, mas também pinturas, mobília e prataria do século 17 ao 20, quando surgiu as primeiras igrejas. A sua entrada fica na lateral da igreja e surgiu em 1989, quando a Fundação José Augusto reconheceu a importância da preservação destas obras.

O que tem dentro do Museu

De acordo com Natal das Antigas, o acervo do museu é organizado em três salas, sendo a primeira há uma pintura de Santo Antônio, do século XX, que consome toda a parede. No outro lado, há a Nossa Senhora dos Prazeres e Nossa Senhora da Conceição, também do século XX, serenamente compõem a exposição. Na sala seguinte, oratórios, alfaias e mobiliário usados no culto religioso estão expostos para apreciação.

Depois, as pessoas vão subindo uma escada de madeira e apresenta o melhor das esculturas do barroco e neoclássico.

As principais características desta escola artística são o uso de cores vivas e fortes, causando intenso contraste entre a luz e a sombra, além de uma técnica muito precisa para passar a sensação de movimento na escultura.

Quando visitar

A exposição é aberta deveria estar aberta para visitação, no entanto, o local se encontra fechado. Em 2019, o jornalista Ramon Ribeiro (foto de Adriano Abreu, acima do título) mostrou a falta de conservação do local para a Tribuna do Norte.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *