Cashback natalense

Cashback: consumidor natalense cada vez mais inserido no cashback

Cada vez mais o cashback está na vida do natalense e dos brasileiros. Quem já adquiriu? A cada vez mais as pessoas estão aderindo ao sistema em que você recebe um retorno mínimo do que você foi pago. Depois, você pode acumular créditos para as próximas compras.  De acordo com o levantamento inédito da fintech Beblue, especializada em cashback, os brasileiros economizaram R$ 2 milhões em compras com o uso de cashback – dinheiro de volta – entre janeiro e junho deste ano.

Segundo Sandra Campos, CEO do Beblue, os consumidores estão entendendo mais a importância do benefício no dia a dia. “As pessoas estão preferindo realizar compras ou pagar suas contas em aplicativos, ou locais que entreguem mais vantagens, e receber dinheiro de volta após essas transações faz a diferença na hora de fechar o orçamento no fim do mês”, conta.

O Cashback na vida do natalense

Em Natal, cada vez mais está inserido ao sistema de cashback por meio de alguns aplicativos. como a Ame, Koinz e carteiras virtuais como o Picpay. Nos últimos meses, segundo o Google Trends, houve um aumento de 63% nas pesquisas do site buscador de pesquisa com interesse em saber mais sobre o termo.

O interesse é em setores de varejo e supermercados para as compras. “Não vejo motivos de não usar, sabe. Desde que vc pesquise bem o produto antes p/ ver se está valendo a pena o valor, pois como falei, nem sempre o cashback compensa o preço do produto “mais caro”, disse o designer Everson Dantas.

Além disso, ele utiliza para receber um desconto de outro produto na próxima compra. “Vi vantagem sim e vejo até hoje, na verdade. Mas só costumo comprar quando vejo que algo está com o preço ótimo e o cashback compensa. Muitas vezes o cashback não é lá grandes coisas, mas já ajuda também”, garantiu Dantas.

A publicitária Maria Luíza Maia disse que descobriu o cashback após conhecer sobre o consumo consciente. “O cashback surgiu na minha vida para somar a uma boa promoção. Por isso, toda vez antes de realizar um produto eu procuro loja de seguranças que aceitem pagamento ame cashback e fico feliz aproveitando meus 10%”, contou.

Mais vantagens ao usar o Cashback

Além de economizar dinheiro, o consumidor também acumulou R$ 2,4 milhões em recompensas na carteira digital nestes últimos meses. “Desde o ano passado, notamos as pessoas procurando mais por cashback. Tanto pelo aumento do conhecimento sobre o benefício quanto para economizar, então a alta utilização já era esperada para este período”, afirma Sandra.

Ainda segundo o levantamento, é possível identificar em quais setores os brasileiros mais gastaram, traçando um padrão de consumo dos usuários. Em primeiro lugar estão os gastos com mercearias e supermercados, seguido de lojas e mercadorias gerais e, em terceiro, as vendas em geral, como de campanhas e promoções.

Para Sandra, isso é reflexo do aumento da confiança do consumidor no sistema de recompensas, principalmente depois que o passaram a enxergar como uma vantagem. “Com a alta da inflação, qualquer ‘economia’ feita é bem-vinda para o consumidor, ainda mais nos gastos básicos, como compras no supermercado”, avalia.

Que sucesso Letrux fez lá na minha casa, em Natal

Letrux está na minha lista de cantoras favoritas da nova safra de MPB e recentemente esteve em Natal. Desde 2018, eu a escuto e amo a sua voz grave, além de letras que traz acontecimentos dramáticos e um pouco de alívio cômico. De lá para 2022 veio se mostra gigante tanto no tamanho pessoal (eu sentada batia no cotovelo dela) quanto também em seu talento. 

Letícia, Letrux ou Letuce, nome de sua antiga banda. Não importa. Ela está causando de todos os jeitos e em entrevista exclusiva ao Brechando durante o Mada 22 a gente conversou de tudo, desde stand-up até sobre a expectativa para as Eleições 2022. 

“O meu show é muito falado hoje. Não sei como será, porque é um show mais de festival, mais curto. O sentimento de tempo entre as músicas e falar uma história com a plateia. Tento trazer isso ocasionalmente, sai uma historinha engraçada, mas no show depende se a plateia tiver quente ou conto babado”, contou.

Eleição

Claro que não podíamos falar de uma coisa que assumidamente compartilha nas redes sociais, o seu apoio ao presidente Luís Inácio da Silva. Além disso, o próximo domingo, 2 de outubro, ocorrerá a votação do primeiro turno e perguntei sobre as suas expectativas para este momento, que muda sempre a história do país. 

“Acredito que vou explodir, acabei de ver um meme hoje aqui e percebi hoje não estou preparada. Meu corpo explodirá,  virarei uma estrela vermelha”, comentou a cantora, que admitiu que votou sempre no PT.

Perguntei se pensaria que o bolsonarismo iria virar caso não ganha o primeiro turno, ela prontamente tranquilizou e enfatizou o porquê de vencer logo no dia 02 de outubro. “Se a gente não passar no primeiro turno, não vamos esmorecer. Lutaremos, vamos manifestar. Estou confiante. Mas se não rolar a gente não pode esmorecer”, pediu. 

Nova turnê de Letrux começou no Mada 2022 em Natal

A edição do Mada 22 marcou a volta de Letrux aos palcos com a turnê de seu mais novo disco, “Letrux aos prantos”, que teve ser adiada por conta da pandemia do novo coronavírus. Entretanto, a apresentação se destacou pelas performances de teatro (a mulher é expressiva demais)  e o equilíbrio de colocar na set-list os sucessos dos dois discos. 

Além disso, esta é a primeira vez da cantora ao Mada, visto que as outras vezes na capital potiguar foi através do Dosol. “A gente tem uma lembrança de Natal, gosto da praia, pôr do sol, astral, axé e a gente fica muito feliz e animado. O nosso show é cheio de ideias, com bastante fogo e a gente não entra para brincar”, finalizou a cantora. 

Nossa Travessia

Casal lança um canal para compartilhar viagens

Uma produtora que gosta de organizar um evento e um cineasta que gosta de gravar todas as coisas. Que tal registrar coisas interessantes de uma viagem? Esta foi a proposta do cineasta Carito Cavalcanti e a produtora Nathalia Santana, no qual juntos desenvolveram a série “Nossa Travessia“, que mostra os mínimos detalhes da viagem.

“Em nossa 1ª travessia para a estreia deste canal subimos a Serra de Baturité para passar o réveillon de 2022 em Guaramiranga e curtir um friozinho inusitado em pleno verão nordestino. Neste vídeo compartilhamos nossas experiências pessoais e revelamos particularidades dessa charmosa cidade cearense: sua gastronomia, recantos e encantos”, disse o casal na descrição do canal do Youtube.

O principal objetivo do vídeo é mostrar a viagem na percepção do casal, além de inspirar outras pessoas para fazer o trajeto.

A seguir, dê o play, portanto, para assistir o primeiro vídeo.

Se quiser se inscrever no canal é só clicar aqui.

Quem é Carito Cavalcanti e Nathalia Santana? Membros do Nossa Travessia

Nascido em 1 de janeiro, Carito Cavalcanti é arquiteto, produtor de cinema, cantor e poeta potiguar. Além disso, ele ficou conhecido nos anos 80 por ser o vocalista do Modus Vivendi, que falamos da aventura da banda no Chernobyl Bar. Atualmente, ele comanda a produtora Praieira Filme, cuja sua última produção foi “A Vida Como A Gente Faz”, exibida na reabertura do Teatro Alberto Maranhão (TAM).

Já Nathalia Santana é natural de Recife, mas potiguar de coração. Ainda mais tem sua formação como historiadora pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Entretanto, ela atua como produtora cultural, onde realizou diversos eventos em Natal, como Burburinho Festival.

Ela é a diretora da Pinote Produções, onde também atua como produtor de mídias sociais.

Já assistiram o canal? Deixe aqui, portanto, o seu comentário.

Camaleão Grafith

Quem compôs Camaleão do Grafith?

“Camaleão” é o primeiro single da banda Grafith e até hoje cantado, principalmente entre os jovens. Gravaram a canção em 1989 e colocaram no primeiro disco da banda, com lançamento no ano seguinte. Natalense raiz, com certeza já ouviu o refrão:

“Olha quem chegou, Camaleão.”.

A contra-capa do disco tem até um camaleão escutando o som. Mas, quem compôs a canção? O post surgiu a partir de uma discussão no meu trabalho. Então, eu entrei em contato com a cosplay Thaís Araújo, que é filha do cantor Joãozinho. A resposta, no entanto, você vai saber a seguir.

Foi o irmão de Luiz Caldas

O Carlinhos Caldas é compositor de vários sucessos do axé nascido em Feira de Santana. Junto com o irmão famoso, criou o ritmo que misturava o pop com reggae, toques caribenhos, ijexá, frevo e samba, presentes num ritmo que ganhou o apelido de “Deboche” (o chamado “Fricote”) que evoluiu para outros tantos ritmos lançados no carnaval baiano, consolidando-se no popular estilo, atualmente denominado “axé music”.

Começou a carreira ainda na juventude, aos 16 anos, quando via os irmãos a tocarem em bandas de baile. Além de “Camaleão”, ele é compositor “Itaparica é amor”, “A confissão do Tadeus” e “Bailarina”. Na carreira de cantor, ele ficou conhecido com a música Itaparica é amor”.

Diferente do irmão, Carlinhos migrou para a carreira gospel.

“O Bode”, outro clássico da banda, é de Carlinhos Brown

“Chico bateu no bode, o bode bateu no Chico. O bode apanhou do Chico”. Muitos pensam que esta música é do Grafith, porém não é. Sabe quem compôs esta canção? Carlinhos Brown e o Chico homenageado era nada mais que o seu ex-sogro, o compositor, cantor e escritor, Chico Buarque.

Escute, portanto, a seguir o disco “Camaleão” do Grafith

 Como já diz a música: “Tchau, galera”.