mulheres rock

Tempo de leitura: 2 minutos

Nesta terça-feira (13) comemora-se o dia mundial do rock e é um estilo com bastante atitude, além de ter marcado várias gerações. Entretanto, o estilo ainda é machista e muitas mulheres que gostam do gênero têm que “provar” que gostam do estilo igual ou até mesmo mais que os caras.

Por isso, este post é para indicar o que as mulheres já passaram (de absurdo) dos homens do rock. Listei cinco coisas que já aconteceram comigo e relatos de outras mulheres. 

1) Não acompanha nem um membro do sexo masculino que é de show de rock e sempre vai ouvir: “Seu namorado é da banda?”

Essa é a clássica, pois todo homem acha que a mulher gosta de rock por conta de namorado. No meu caso, um grupo de amigos me apresentou e por conta própria comecei a baixar música.

Quando fiquei mais velha, comecei a ir aos shows de rock. Por mais que eu goste e estude o assunto, sempre tem um engraçadinho perguntando se fui ao show daquela banda porque meu namorado está no staff.

Detalhe: nunca namorei músico, porque eles me acham brother demais.

via GIPHY

2) Ouvir que só escuta as músicas de sucesso

Se você já andou com uma camiseta de banda de heavy metal, sabe do que estou falando. Se você escuta um som mais pesado, como Death, sempre tem um gaiato perguntando coisas como: “Diga três músicas de tal banda sem ser aquela famosa”

E aí tu só de ruim tu fala umas 10 e canta. Assim, o cara fica com a cara de cu. Já ouvi meninas que tiveram que provar que sabem solar guitarra ou mexer no aparelho de som para pararem de encher o saco. Coitada das mulheres que tem banda!

3) Conhecer a biografia da banda

Fazer um quiz sobre a carreira da banda é uma atividade bastante recorrente na pobre da mulher que gosta de rock. Você precisa saber se Kurt Cobain preferia All Star suja ou limpa.

Ao invés de atrair mais gente para cena, isto gera, no entanto, o efeito reverso. 

Eu, como uma boa ariana, sou insistente, gostava de conhecer as bandas, estudar e conhecer melhor o universo para me identificar e também por conhecer mais a cena. É lindo ver os caras chateados porque você corrigiu a informação sobre aquele músico da banda tal.

4) Mulheres do rock devem ouvir coisas como: “É para seu namorado?”

Raiva que passo numa loja de Disco ou compro uma camiseta para mim, porque sempre acham que é presente para o outro e nunca para mim. Ou quando não perguntam isso, mostram as “versões femininas” das roupas, que tem detalhes bem fru-fru. 

E olha que uma coisa que não sou é fru-fru.

via GIPHY

5) Julgarem por estar na polga

via GIPHY

Polga é agressivo. É. Mas é divertido e gosto sim. Você externaliza toda a sua raiva em um mesmo espaço e tem que provar que vai aguentar o tranco. Mas, quando você sai da roda tem a sensação de paz. Se oriente, meu filho, eu gosto. 

Já falei do assunto no post aqui.

E, aí, gostaram, meninas? Deixe aqui o seu comentário e venha curtir um show de rock que não tem perigo de assustar ninguém, como já dizia o Raulzito!


Post Anterior | Próximo post

Deixe uma resposta

Você ainda não leu a revista do Brechando? Clique no link a seguir e leia um conteúdo exclusivo.

Sobre a autora

Jornalista formada pela UFRN, criou o blog em 2015 e não esperava que fosse fazer altas brechadas sobre Natal-RN e outras cidades que visitou. Gosta de trabalhar com a internet, mídias sociais, fotografar e escrever. Clique aqui para saber mais sobre mim.

Desenho: @umsamurai

Brechando Vlog

Arquivos

Calendário

julho 2021
S T Q Q S S D
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Categorias