Mappin em Natal

Tempo de leitura: 3 minutos

Mappin foi uma das maiores lojas de departamento do Brasil. Imagine a Rio Center. Imaginou? Imagine aquela unidade do Centro de Natal. Sim, aquele prédio. Multiplique 10x a largura e altura. Além disso, ele era maior que o Midway e o Shopping Recife juntos. Embora tinha unidades apenas em São Paulo, os comerciais no Brasil falavam bastante de sua loja. Os natalenses, por exemplo, usavam a Mappin como ponto turístico quando visitava a capital paulista.

Mas, primeiramente, vamos contar a sua história.

O que foi o Mappin

Como surgiu

A origem do negócio do Mappin remete-se a criação da Mappin & Webb, originada na cidade Sheffield, Inglaterra, em 1775. Hoje, a empresa continua com os negócios ativos e é uma das principais joalherias do Reino Unido. Mas, como surgiu no Brasil?

No Brasil, a Mappin & Webb foi trazida em 1912 pelos irmãos Walter e Hebert Mappin que abriram primeiramente uma filial na Rua do Ouvidor na Capital da República – Rio de Janeiro. Posteriormente, abriram uma filial em São Paulo. Os dois irmãos ingleses se dedicaram a administrar as duas lojas de origem

Os Irmãos Mappin em 1913, aceitando a proposta de criar uma Loja de Departamento feita pelo conterrâneo John Kitching, investiram pesada soma e montaram uma nova loja totalmente independente de Mappin & Webb, surgindo assim uma loja-irmã, a Mappin Stores. A primeira no Brasil para vendas por departamentos, com história e administração independente da britânica.

Inicialmente foram estabelecidos onze departamentos com quarenta funcionários Em sua inauguração os departamentos eram : Roupas brancas, Layette (roupas de bebê),, Blusas femininas, Cortinas, Meia e luvas, Rendas e fitas, Golas e colarinhos, Artigos de armarinho, Lenços, Leques e bolsas e, por fim, Lingeries. Em 1914 passou a oferecer moda masculina.

Pioneirismo

Além disso, foi a primeira loja a exibir os preços em etiquetas colocadas em todas as peças à venda na loja.

Você pode ler também:  986 jovens do RN foram vítimas de homicídio em 2014

Desta forma, em 1936, os Irmãos Mappin se retiraram da sociedade, colocando à venda suas ações no mercado londrino. Ao mesmo tempo que encerraram as atividade das Lojas Mappin & Webb no Brasil. O ápice da loja, por conseguinte, no pós-guerra, na década de 50.

Foi nesta época que surgiu o Edifício João Brícola, que ficava na Praça Ramos de Azevedo, se tornou referência da marca. Lá, os departamentos eram divididos nos vários andares do prédio, interligados por elevadores. Cada andar vendia um tipo de produto. Em 1947, foi inaugurado uma nova seção de roupas voltada para a classe média da população, que já era alvo das principais lojas da cidade.

Nesta época empresários de Natal faziam visitas para aprender como ser igual Mappin

Procurando recortes de jornais se teve Mappin em Natal, eu achei alguns trechos no Diário de Natal sobre a visita dos gerentes da loja de departamento em Natal, no qual comentaram sobre a importância destas lojas para o crescimento do Brasil. Como resultado, parece aquelas reuniões da Federação de Indústrias do RN (Fiern), que se uniram para estreitar laços, não houve algum avanço.

O recorte pode ser visto, portanto, a seguir.

Muitas empresas também utilizavam o nome da loja para comprovar a qualidade, visto que anunciar que vendia para Mappin era sinal de que o objeto era de extrema qualidade.

Além disso, qualquer funcionário da loja de departamento que visitasse o RN era motivo de notícia. Aqui estão alguns trechos de colunas sociais.

E, por fim, nos anos 80, as empresas de turismo utilizavam este espaço para ser um ponto turístico, uma vez que não existia a loja no NE e trazia a ideia de exclusividade. Além disso, por conta da hiperinflação, viajar era algo muito raro e somente a elite natalense que tinha mais condições de pagar uma passagem aérea.

Você pode ler também:  Esta foi inauguração do Aero Clube de Natal

Por que nunca teve Mappin em Natal?

No final da década de 80, a Mappin estava começando a expandir para outros lugares fora de Sampa, porém nunca chegou para outros estados brasileiros.

Em 1995, era a única loja de departamentos completa do Brasil com mais de 85 mil itens distribuídos em seções como Eletrodomésticos, Eletrônicos, Eletro-portáteis, Confecções, Móveis, Esportes, Lazer, Bazar e Cama/Mesa/Banho.

Todos esses investimentos acabaram por trazer um prejuízo, anunciado no ano de 1995, de quase 20 milhões de reais e dar um grande “passo” em direção a venda da empresa que ocorreu no ano seguinte. O empresário Ricardo Mansur, dono da Mesbla e do Banco Crefisul adquiriu a marca por 25 milhões de reais com um projeto para expandir a loja através de mais 40 filiais por todo o Brasil, porém as ideias não deram certo.

No início de 1999, a real situação da empresa veio a público: em péssima situação financeira, passou a atrasar o pagamentos de fornecedores. Os próximos meses marcaram o fechamento das lojas São Bento e São João.

Em 29 de julho de 1999, o Mappin encerrou suas atividades, após 86 anos de sua fundação, com uma dívida de 1.2 bilhão de reais.
Diferente da Mesbla, que teve algumas unidades no Nordeste, inclusive em João Pessoa. No entanto, isto é um assunto para um outro post.


Post Anterior | Próximo post

Deixe uma resposta

Você ainda não leu a revista do Brechando? Clique no link a seguir e leia um conteúdo exclusivo.

Ei, você sabia que a Revista Brechando nº 2 está disponível na Amazon? Independente se você mora em Natal ou não, você vai ter acesso a sua revista.

 

Sobre a autora

Jornalista formada pela UFRN, criou o blog em 2015 e não esperava que fosse fazer altas brechadas sobre Natal-RN e outras cidades que visitou. Gosta de trabalhar com a internet, mídias sociais, fotografar e escrever. Clique aqui para saber mais sobre mim.

Desenho: @umsamurai

Brechando Vlog

Arquivos

Calendário

junho 2021
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias