Tempo de leitura: 2 minutos

Frases que mais escuto no domingo:

“Vamos para o Parque das Dunas no domingo?”
“Ei, vamos para o Som da Mata?”
“Qual é a banda que vai tocar no domingo no Parque das Dunas?”

A atividade faz parte do projeto Som da Mata, que reúne artistas locais e de outros estados do Brasil para tocarem no Parque das Dunas, um dos importantes pontos turísticos de Natal e uma das poucas áreas de preservação da Mata Atlântica, este é o segundo maior parque ecológico urbano no país, perdendo apenas para a Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro. Lá toca desde bandas de rock até grupos de samba e tudo isso custa 1 real, que é a entrada para o parque. O segredo do Som da Mata: Espere pelo inesperado.

Foto: Tiago Lima

A foto acima mostra um dos shows que aconteceram no anfiteatro, que reúne jovens e adultos, acompanhados dos amigos ou familiares. Eles estão sempre atenados em eventos relacionados à música, por isso é comum ver homenagem aos grandes grupos e estilos musicais genuinamente brasileiros, como o Chorinho e Samba.

Sim, não julgue os shows do Parque das Dunas apenas pela notícia de divulgação, pois a apresentação pode ser melhor que você imaginava, sem contar que vai ficar em volta de um dos lugares mais relaxantes da cidade. A primeira vez que fui ao Som da Mata foi em 2009, quando um grupo de amigos roqueiros me chamaram para um rolé diferente e eles estavam um pouco enjoados de ir à Ribeira todo fim de semana.

O evento era apresentação de uma banda de rock, que era de um professor de um dos meus amigos que fazia direito em uma universidade particular na cidade. Trocava as cervejas e cigarros por pipoca, refrigerante e algodão-doce. Além disso, foi um dos poucos momentos que vi um amigo do colégio que só vestia de preto e usava uma bala de arma no pescoço vestindo uma camiseta branca exaltando a importância de falar o Esperanto.

Você pode ler também:  Menos pop americano, mais Lia Clark

Geralmente, os shows são anunciados próximo do fim de semana através de matérias enviadas pela assessoria de imprensa do Parque das Dunas ou através das redes sociais. E as fotos são divulgadas através das redes sociais nos dias posteriores.

O projeto Som da Mata teve sua primeira edição em 02 de julho de 2006, com apresentações de música instrumental executada por artistas potiguares no Anfiteatro Pau-brasil do Parque das Dunas, sempre aos finais de tarde de domingo e é a última atividade do parque aos domingos, visto que o mesmo é fechado nas segundas para manutenção. O mesmo acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro da Unimed Natal, CEI Romualdo Galvão e Intercity Hotels, além do apoio do Governo do Estado através do Idema que cede o espaço onde acontece o evento.

Em 2016, o evento completou 10 anos e virou um documentário do diretor Carito Cavalcanti, cujo resultado completo pode ser visto a seguir:

Para saber mais, acesse a fanpage aqui.


Post Anterior | Próximo post

Deixe uma resposta

Clique na imagem abaixo para comprar o nosso livro

Você ainda não leu a revista do Brechando? Clique no link a seguir e leia um conteúdo exclusivo.

Sobre a autora

Jornalista formada pela UFRN, criou o blog em 2015 e não esperava que fosse fazer altas brechadas sobre Natal-RN e outras cidades que visitou. Gosta de trabalhar com a internet, mídias sociais, fotografar e escrever. Clique aqui para saber mais sobre mim.

Desenho: @umsamurai

Brechando Vlog

Arquivos

Calendário

dezembro 2018
S T Q Q S S D
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Categorias