Tempo de leitura: < 1 minutos

Muita gente de Natal e do Nordeste sabe o saber da pipoca Boku’s e de seus grãos de tamanho bizarro. Mata a sua fome, naquele momento que você fica faminto. É gostosa e barata (custa menos que 10 reais um pacotão), independente do sabor tradicional ou doce (aquela do saco de cor rosa). Mas, você sabe como ela é feita? Por que a mesma fica desta forma? Por que ela é diferente das tradicionais pipocas?

Os grãos da Boku’s são fofos. Diferente do milho de pipoca, ela utiliza o mesmo grão para fazer canjica. Por isso em algumas regiões brasileiras a mesma é conhecida como pipoca de canjica.

Por que o mesmo tem aquele formato? O motivo é o resultado da sua fabricação. Quando a casca do milho é retirada e depois colocada em expansão de grãos. Ao atingir a pressão ideal, a máquina é aberta e os mesmos se expandem.

Aqui tem um vídeo de uma empresa que faz pipocas do mesmo tipo que a Boku’s explicando o funcionamento deste processo:

Tentei procurar em diversos sites de receitas e fóruns de como fazer uma pipoca assim em casa. Entretanto, a resposta em todas elas foram a mesma: Para atingir a pressão ideal é somente em máquinas industriais.


Você pode ler também:  Cinco estabelecimentos com nomes peculiares em Natal

Post Anterior | Próximo post

Clique na imagem abaixo para comprar o nosso livro

Você ainda não leu a revista do Brechando? Clique no link a seguir e leia um conteúdo exclusivo.

Sobre a autora

Jornalista formada pela UFRN, criou o blog em 2015 e não esperava que fosse fazer altas brechadas sobre Natal-RN e outras cidades que visitou. Gosta de trabalhar com a internet, mídias sociais, fotografar e escrever. Clique aqui para saber mais sobre mim.

Desenho: @umsamurai

Brechando Vlog

Arquivos

Calendário

setembro 2015
S T Q Q S S D
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Categorias