Uma forma “carinhosa” de dizer que uma rua é contramão

Uma das ruas que liga o bairro de Neopólis e moradores Parnamirim para zona Sul de Natal é a Rua Missionário Gunnar Vingren, que fica em Capim Macio. Na tarde desta sexta-feira (28), um morador contratou um pintor para que ele utilizasse o muro que fica em um terreno para desenhar uma placa de trânsito e mostrar que um dos cruzamentos da rua é contramão para quem quer ir à BR-101 e redondezas.  Alguém teve que pintar uma placa gigante de proibido à esquerda. Por quê? Vamos explicar.

De acordo com os moradores, a rua é dividida por poucos cruzamentos, porém um deles fica a Avenida dos Ipês. Esta avenida possui duas extremidades, no qual uma fica a marginal da BR-101 e a outra termina com uma bifurcação para três ruas.

1. Rua Missionário Gunnar Vingren (a citada no primeiro parágrafo)
2. Rua Dr. Alexander Flemming (na foto abaixo não consegue enxergar, mas fica “atrás” da casa com muro ladrilhado)
3. Rua Doutor Pedro Segundo de Araújo (na foto abaixo é a rua que fica em frente a casa do muro amarelo)

 

A avenida tem dupla mão até o cruzamento da Avenida Ayrton Senna. Depois, até a bifurcação, citada acima, só pode andar em uma mão. No entanto, alguns carros usam a Pedro Segundo de Araújo ou a Missionário Gunnar Vingren e entram na contramão para atravessar mais rápido à BR-101 ou para Ayrton Senna, sendo comum diversos acidentes de trânsito na região, mesmo tendo vários avisos dizendo que esta parte da Avenida dos Ipês seja proibida de atravessar.

Veja a foto a seguir:

É proibido ir em frente, mas vou passar mesmo assim

 

Então, alguém desenhou uma placa gigante no muro para mostrar que é contra-mão. Será que agora vai? A mensagem foi quase alguém dizer: “Entendeu ou quer que eu desenhe?”.

Modificações nas placas de trânsito em Natal

A arte urbana pode ser considerada para alguns um momento único de expor os seus talentos e mostrar as inquietudes através de placas e muros que estão espalhados nas grandes cidades. Uma simples placa enferrujada pode virar um registro de uma pessoa. Uma simples assinatura pode ser desenhada. Muitas pessoas, modificam as placas de trânsito para gravar o seu nome, uma forma de dizer que é a favor da legalização da maconha, mostrar o seu amor ou protestar contra as pessoas que ainda comem carne de animais.

Se eles são vândalos? Eu não sei, visto que é uma referência ao povo germânico que invadiu, durante o período romano, promovendo devastação, a Hispânia e o Norte da África, onde fundou um reino.  Na época, Roma chamava os povos que não falavam nem grego e muito menos de latim em bárbaros.

Em 1794, o deputado do terceiro estado, o bispo francês Henri Gregórie, foi encarregado de escrever relatórios para enviar à assembleia. “Nesses relatórios, ele lista as depredações ocorridas pelos levantes populares, mas também causado pelo calor do exército republicano. E ele classifica esse fato como atos de vandalismo, ações de vandalismo. Esse termo associado à depredação surge pela primeira vez de forma escrita a partir daí.

Após este momento de digressão, a seguir vem alguns registros destas placas que são modificadas. Veja a seguir:

Fotos: Lara Paiva

Por que a farda do amarelinho mudou?

Os guardas da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) tiveram os seus uniformes trocados e desde o início da semana, eles estão usando a nova vestimenta que chamou bastante atenção dos natalenses. Os amarelinhos, como são conhecidos, estão com uma cor bem mais amarelada.

O amarelo fluorescente do novo uniforme chamou atenção dos natalenses e, rapidamente, as piadas na internet começaram a surgir, lhes comparando com um marca-texto.

No bar ou trabalho, o assunto não é outro: o uniforme do amarelinho está parecendo um marca-texto ambulante. Mas por que o fardamento mudou?

Os uniformes foram entregues no dia 04 de abril em uma cerimônia que aconteceu na sede da Prefeitura do Natal. Faz parte de uma campanha de padronização das fardas dos agentes de trânsito, exigida pelo Denatran (o Detran nacional).

De acordo com o site da Prefeitura, a cidade é a segunda capital brasileira a adotar a padronização. Os novos uniformes garantem maior visibilidade ao agente, principalmente para o turno noturno e em dias de chuva. Por isso, a cor berrante.

A Prefeitura de Natal investiu R$ 476 mil no fardamento e os recursos para a compra vieram do orçamento municipal, além da arrecadação com multas aplicadas no trânsito da capital.

Motorista para ônibus em Natal para salvar filhote de gato

Geralmente, quando pensamos em motoristas de ônibus, logo vem a mente essas seguintes frases:

“Eles são imprudentes”

“Carregam os passageiros como se fosse saco de batatas”

“Não são pessoas desse mundo”

“Só encontro motorista grosseiro”

Poderia colocar diversas frases ruins sobre algumas pessoas que levam esse trabalho no modo não profissional, mas existe gente que quebra esta regra e pode uma pessoa de excelente coração. Uma postagem no Facebook viralizou após o motorista ter parado um ônibus lotado da linha 37 e numa rotatória movimentada no conjunto Cidade Satélite para salvar um filhote de gato que quase foi atropelado.

O ônibus 37 roda os bairros da Ribeira, Petrópolis, Tirol e termina a sua trajetória no bairro de Pitimbu, no conjunto Cidade Satélite. A situação aconteceu no dia 26 de agosto, mas só viralizou no meio desta semana.

Além do motorista, o cobrador e uma pessoa que estava na rua com o seu carro também ajudaram o felino de pouco meses de vida e que aparentava estar perdido.

A atitude foi flagrada pelo natalense que se intitula no Facebook como Guto Natal, que estava andando de carro e presenciou a cena. Então, ele postou o flagra nas redes sociais, que tem mais de 200 compartilhamentos.

“Esta semana, parei numa rotatória no bairro Satélite, e presenciei uma cena que era para ser normal, pois vivemos rodeados de pessoas más e onde a maldade virou “normal”. Fiquei feliz com a atitude do motorista da linha 37″, afirmou.

Após salvarem o gato, o ônibus voltou a fazer as suas atividades. Atividade foi elogiada pelas pessoas que comentaram a foto.

Alguns chegaram a dizer: “Parabéns a esses guerreiros de todos os dias, tenho certeza que isso é uma de muitas ações feitas guerreiros.”. Outros tiveram esperança da existência da bondade humana: “Ainda existe pessoas de bom coração, fico feliz em ver essa publicação. “.

Veja a postagem completa a seguir: