Fanny Rodrigo

Veja o clipe mais novo de Fanny Rodrigo

Brechando acompanha a carreira de Fanny Rodrigo desde o início, conforme esta entrevista. Além disso, vamos divulgar o seu mais novo trabalho, uma vez que na noite desta sexta-feira (23), ela lançou o clipe “Iluminar”, sem contar que hoje é seu aniversário de 27 anos.

A gravação aconteceu em Ponta Negra e convida o espectador a acompanhar o processo de autoaceitação e consciência corporal,  “Muitas vezes, eu desvalorizei o meu corpo, me coloquei em situações de risco para viver prazeres momentâneos”, diz o jovem no release da assessoria de imprensa.

A música “iluminar” é um das quatro faixas do EP “A hora de brilhar”, lançado no mês de março, e realizado pelo edital da diversidade da lei Aldir Blanc. A gente falou um pouco deste disco nesta matéria aqui.

Para Fanny a obra audiovisual é um manifesto executado na tentativa de autoperdão e de amor ao próprio corpo. Um corpo franzino, um corpo LGBTQIA+, um corpo que segue rompendo com julgamentos. É parte de processo de cura e de empoderamento.

“Fui criado numa lógica em que o amor nunca seria uma experiência real, por ser um jovem LGBTQIA+. E agora vejo que vivi uma mentira por muito tempo”.

O lançamento do videoclipe está disponível no perfil oficial do Instagram do cantor: @f4nnyrodrigo e também no canal oficial do YouTube: Fanny Rodrigo.

Para assistir na íntegra, dê o play, portanto, a seguir.

Fanny Rodrigo

“A Hora da Estrela” de Liespector estimulou o 1º EP de potiguar

Um dos clássicos da literatura conta primeiramente a história de uma datilógrafa de Maceió e resolveu migrar ao Rio de Janeiro com a finalidade de ser artista. Com este pensamento, o cantor e compositor Fanny Rodrigo quis continuar o legado de Macabéa e lançou o seu primeiro EP. Agora, ele marca seu momento de estrela não com a morte, mas com a materialização d“A hora de brilhar”.

Antes de Fanny ser artista, a gente fez um perfil dele no Brechando, no qual encontramos na Ribeira e admiramos seu lado fashionista e tinha o objetivo de ser estilista.

Além da moda, agora ele quer ser artista por completo.

Como está o EP de Fanny Rodrigo

O entusiasmo com os personagens de Clarice pode ser sentindo em cada uma das quatro faixas que compõem o álbum. Fanny, ainda mais, disse que os mais aficcionados por Clarice vão conseguir perceber as semelhanças e contradições dos complexos personagens impressos.

Além disso, declara que não aceitou a morte e não aceita o espaço de ignorância que lhe foi reservado e decreta: “sou tão grande quanto as pessoas que querem me tornar pequeno”.

Capa de disco

Como ele conheceu Clarice

Há três anos, quando morou em São Paulo, Fanny conheceu a obra de Clarice e foi na metrópole onde se encantou pela música. As idas às bibliotecas públicas revelaram os contrastes com a cidade cinza e a evidenciou a perigosa inocência de Macabéia. Essa revelação trouxe para Fanny um reconhecimento de lugar e foi assim que ele conseguiu se ressignificar e conceber o projeto musical.

Fanny Rodrigo já contribuiu com produções musicais em espetáculos locais e participou do elenco e também contribuiu com os vocais para música tema da trilha sonora de Verde Limão, curta premiado do cineasta potiguar/pernambucano Henrique Arruda.

Como faz para ouvir o EP

O EP está nas plataformas digitais desde março. Mesmo com a pandemia, a divulgação está de vento em popa, visto que já fe uma live para perfomar o seu disco. Para ouvir o trabalho, portanto, dê o play a seguir:

E se quiser saber mais sobre o trabalho acesse o instagram @f4nnyrodrigo.