Sem a utilização do “gato” dava para iluminar bairro da Zona Norte por 1 ano

O gato é conhecido como aquele método que as pessoas usam para roubar energia elétrica, todo mundo já viu aquele emaranhado  de fios nos postes das ruas da cidade, ou quando algum comércio de rua rouba a energia elétrica da rua para garantir o seu funcionamento. No entanto, são feitas várias denúncias cotidianamente. A Companhia Elétrica do Rio Grande do Norte (Cosern)  registrou, de janeiro a março de 2018, o número de  734 denúncias de “gato”.  Além de crime, o gato representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo.

De acordo com a Cosern, o roubo de energia é, em média, 60 milhões de kWh, que dava para iluminar o bairro de Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte de Natal, durante 1 ano, o equivalente a 33 mil casas. Ou ter energia em todas as casas da zona Sul em Natal por três meses. Ou seja, se não tivesse gato no Rio Grande do Norte, os moradores da ZS não pagariam energia elétrica por 90 dias.

Isso tudo representa um prejuízo médio de R$ 28 milhões à concessionária.

Em 2017, por sua vez, a Companhia recebeu 3.224 denúncias em todo estado, todas comprovadas pelas equipes de campo. Na maioria dos casos, os “gatos” foram retirados com apoio da polícia, tanto para garantir a segurança dos eletricistas da concessionária quanto para embasar o processo judicial que é aberto logo em seguida à prisão do eletrotraficante. Somente em outubro, foram denunciados 2649 casos. Ou seja, 82% das ligações denunciando o gato foi feita no décimo mês do ano.

No dia 25 de abril, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu que as distribuidoras de energia poderão cortar o fornecimento dos fraudadores. O STJ julgou um recurso da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee) que uniformiza a jurisprudência. O relator, ministro Herman Benjamin, queria limitar o corte aos casos de inadimplência, mas entendeu que o roubo de energia deveria ter a mesma punição. Para a Abradee, a decisão protege o consumidor honesto, não permitindo que ele arque com o prejuízo das fraudes cometidas pelos eletrotraficantes.

O desvio de energia elétrica é crime, previsto no artigo 155 do Código Penal, e a pena pode chegar a quatro anos de reclusão.A infração também causa inconstância na qualidade do fornecimento de energia e parte do prejuízo é dividida por todos os consumidores na hora do reajuste tarifário homologado pela Aneel anualmente.

Entregue óleo de cozinha à Cosern e economize energia

Sem o óleo de cozinha, alguns alimentos não conseguiram ser cozinhados ou fritados. De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais, o país consoe três bilhões de litros do líquido. Porém, a maior parte da população descarta o produto de forma incorreta, despejando na pia, solo ou no lixo. Por isso, a Cosern, empresa de energia do Rio Grande do Norte, teve a ideia de utilizar o produto como moeda de desconto da conta de luz.

O material pode ser entregue pela população nas tendas itinerantes que circulam por 39 pontos em 17 bairros de Natal. Projeto da Cosern já concedeu R$ 56 mil em descontos na conta de luz de 1.305 clientes cadastrados

Cada família consome, em média, 4 litros por mês e descarta 1 litro. Esse gesto, que parece inofensivo, pode ser muito prejudicial para o meio ambiente. Um litro de óleo pode contaminar até 25 mil litros de água potável, segundo dados do Ministério do Meio Ambiente.

Para ajudar a reduzir esses danos ambientais e oferecer mais uma alternativa para reduzir o valor da conta e luz, a Cosern, empresa do Grupo Neoenergia, incluiu no Programa Vale Luz a troca de diversos tipos de óleo por desconto na fatura de energia. Serão aceitos todos os óleos vegetais como os de soja, canola, girassol, gergelim, amendoim, milho coco, algodão e mamona, além de azeite de oliva e de dendê.

O material pode ser entregue pela população nas tendas itinerantes do Projeto Vale Luz que contemplam 39 pontos em 17 bairros de Natal.

Uma das tendas do Vale Luz (Foto: Cosern/Assessoria de Imprensa)

A iniciativa é fruto da parceria entre a Cosern e a Indama, empresa responsável pela destinação final dos resíduos oleosos vegetais. Depois de reciclado, o que seria um agente poluidor se transforma em uma série de produtos, tais como biodiesel, velas, ração para animais, sabão, produtos de limpeza, tintas e vernizes.

Depois de utilizado, o óleo precisa esfriar completamente para só então ser armazenado. Esse armazenamento deve ser feito em garrafas PET transparentes de refrigerante ou água. Para facilitar a entrada do óleo na garrafa pode-se utilizar um funil, além de um coador plástico para evitar despejar resíduos de alimento no recipiente. O óleo deve ser armazenado à medida que for sendo usado, com as garrafas bem fechadas para evitar vazamentos. É importante manter fora do alcance de crianças e animais de estimação que podem ser atraídos pelo cheiro do óleo ou pela simples curiosidade.

Após encher a garrafa, é só levar em um dos postos do Projeto Vale Luz Cosern juntamente com uma fatura de energia, para efetuar a troca por desconto na conta. A garrafa PET pode ser reutilizada para a próxima troca.

Sobre o Projeto Vale Luz, ele foi lançado em 2013 e já recolheu 213,5 toneladas de resíduos sólidos recicláveis em 17 bairros de Natal e concedeu R$ 56 mil em descontos na conta de luz de 1.305 clientes cadastrados no projeto até agora.

O Vale Luz Cosern atende hoje 39 pontos em 17 bairros de Natal com a tenda itinerante, que serve como ponto de coleta dos materiais. São aceitos na coleta itens como:

· Metal (latas de alumínio de cerveja e refrigerante, ferro e sucata de automóveis);
· Papel branco (folhas de ofício, folhas de caderno, notas fiscais, provas, apostilas e rascunhos);
· Jornais, revistas e caixas de papelão em geral;
· Plásticos (embalagem de detergente, água sanitária, garrafas PET, baldes, botijão de água mineral e engradado);
· Tetrapak (caixas de leite, sucos e demais embalagens longa vida).

Os interessados nos descontos proporcionados pelo projeto também podem consultar o deslocamento diário do Vale Luz Cosern num aplicativo gratuito para smartphones (disponível para os sistemas Androide, IOS e Windows Phone). Basta procurar “Vale Luz Cosern” nas lojas de compras dos aplicativos e baixar gratuitamente o app.

Cada tipo de resíduo possui um valor específico por quilo. Além de disponibilizar desconto na fatura de energia dos participantes, o projeto estimula a coleta seletiva de resíduos sólidos, encaminhados para Natal Reciclagem, empresa parceira do projeto. A ação possibilita a redução de impactos ambientais causados pelo não desperdício do material que seria jogado no lixo e que poderia levar centenas de anos para se decompor.

Vale ressaltar que não existe limite para o desconto e o consumidor pode obter 100% de abatimento na fatura de energia. Caso o valor do crédito da pesagem ultrapasse o valor total da conta, o crédito restante será abatido no mês seguinte.

Haverá um curso para falar sobre energia eólica em Natal

Energia eólica é a transformação da energia do vento em energia útil e é comum ver diversos cataventos espalhados no Litoral Norte do estado, visto que é um setor que cresce bastante. Por isso, entre os dias 29 e 30 de setembro, próxima semana, haverá um Workshop Gestão ambiental no setor de Energia Eólica, uma área que está crescendo no Rio Grande do Norte. No ano de 2015, quatro empreendimentos existentes no estado têm capacidade para geração de 94 MW. O Workshop acontecerá no escritório da Office Negócios, Capim Macio, as aulas terão a carga horária de oito horas e o valor da inscrição é 80 reais.

Dentro da aula será abordado sobre o licenciamento ambiental na área e é destinado para os estudantes de gestão e controle ambiental.

A produção de energia eólica em operação comercial no Sistema Interligado Nacional (SIN) ao longo dos primeiros quatro meses deste ano foi 30% superior à geração no mesmo período do ano passado, no Brasil. No Rio Grande do Norte, que mantém a liderança entre os estados do país, o avanço foi de 39% no período. Os dados são da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) e foram divulgados ontem. Nacionalmente, as usinas movidas pela força dos ventos produziram 3.286 MW médios entre janeiro e abril, frente aos 2.532 MW médios gerados em 2016.

Além do curso sobre energia eólica, haverá um curso de e-commerce, que em português significa comércio eletrônico, é uma modalidade de comércio que realiza suas transações financeiras por meio de dispositivos e plataformas eletrônicas, como computadores e celulares. O setor de compras via digital está crescendo no Brasil. Por isso, no mês de outubro, haverá este curso (sem data definida), com duração de 40 horas.

Em 2017, a expectativa de vendas de produtos vindos destas lojas é crescer entre 10 a 15%.

Os cursos são promovidos pela Studium, uma empresa fundada em Natal e acredita que para fazer frente a um mercado cada vez mais complexo e diversificado, profissionais e empresas precisam permanecer constantemente atualizados e antenados às novidades que movem o mundo dos negócios.

“Quanto mais uma empresa investir em processos gerenciais, informação e aprendizado, mais estará à frente da concorrência de mercado. Dessa forma, ela se torna muito mais segura e confiante, tendo condições de se antever à situações futuras. Já o profissional ou estudante atualizados em suas respectivas áreas de atuação, conseguirão lugar de destaque no mercado de trabalho e terão mais chances de conseguir um emprego mais rápido e melhor”, afirma o grupo.

Além dos cursos, que aborda temas de diferentes áreas do conhecimento, eles fornecem treinamento de equipe e também ajudam no recrutamento e seleção de emprego para as empresas.

As inscrições dos ambos cursos citados podem ser feitas neste link aqui. Para mais informações sobre carga horária, valores e outras informações sobre os cursos citados nesta matéria entre em contato conosco: cursos@studiumgeo.com.br ou 98623 5639 (WhatsApp).

Serviço:
Evento: Workshop Gestão Ambiental e Energia Eólica
Carga horária: 8hr
Data: 29 e 30/09/2017
Horário: Dia 29 18hr às 22:00hr e dia 30 8hr às 12hr
Local: Auditório da Office Negócios – Bairro Capim Macio, Natal RN
Período de inscrição: até 21/09/2017, pelo watsapp 98623 5639
Valor: R$ 80,00 – inclusos certificado de participação, coffee break, material e sorteio de livros e brindes.

Curso: Curso de E-Commerce
Carga horária: 40hr
Data: outubro/2017 (a definir)
Local: Auditório da Office Negócios – Bairro Capim Macio, Natal RN
Período de pré-inscrição: até 30/09/2017
Período de confirmação de inscrição (pagamentos): até 15/10/2017
Valor: R$ 180,00 – inclusos certificado de participação, coffee break, material e sorteio de livros e brindes.

Moradores da zona Sul vão conseguir ter energia mais barata

Clientes Cosern de dois bairros da Zona Sul de Natal agora terão energia mais barata, pois desde a semana passada Candelária e Ponta Negra fazem parte, com mais dois três novos pontos na capital, da rota do Vale Luz Cosern, projeto da área de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia que troca resíduos sólidos recicláveis por descontos na conta de luz. Em Candelária, o projeto estreia nesta 4ª feira (16), ao lado da Igreja Católica do bairro, e em Ponta Negra o Vale Luz Cosern se instala na Praça Ecológica (conhecida como Praça do Gringo’s) na próxima 3ª feira (22). (confira calendário com locais, endereços e datas abaixo).

Leia Também:

O Vale Luz Cosern é uma iniciativa que atende uma demanda cada vez mais crescente dos consumidores ambientalmente responsáveis. Ele integra o Programa de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia, regulado pela Aneel, e desde o final de 2013 já recolheu mais de 189 toneladas de resíduos sólidos recicláveis em 10 bairros de Natal e concedeu descontos de R$ 51.238,00 na conta de luz de 1.210 consumidores cadastrados.

Nas novas tendas do Vale Luz Cosern são aceitos itens como:
· Metal (latas de alumínio de cerveja e refrigerante, ferro e sucata de automóveis);
· Papel branco (folhas de ofício, folhas de caderno, notas fiscais, provas, apostilas e rascunhos);
· Jornais, revistas e caixas de papelão em geral;
· Plásticos (embalagem de detergente, água sanitária, garrafas PET, baldes, botijão de água mineral e engradado);

Cada tipo de resíduo possui um valor específico por quilo, que gera o desconto equivalente na conta de energia. Além de disponibilizar desconto na fatura de energia dos participantes, o projeto estimula a coleta seletiva de resíduos sólidos, encaminhados para Natal Reciclagem, empresa parceira do projeto.

A ação possibilita a redução de impactos ambientais causados pelo não desperdício do material que seria jogado no lixo e que poderia levar centenas de anos para se decompor.

Como funciona o Projeto Vale Luz Cosern? Para participar do projeto, o consumidor deve-se dirigir as tendas que serão montadas nos endereços abaixo, levando os resíduos separados e limpos e apresentando uma conta de energia. O agente do projeto Vale Luz realiza o cadastro do cliente, analisa, pesa o material e emite o valor do desconto. O crédito referente ao peso do resíduo é enviado ao setor de faturamento da Cosern para lançamento do desconto na próxima fatura de energia do beneficiado.

Vale ressaltar que não existe limite para o desconto e o consumidor pode obter 100% de abatimento na fatura de energia. Caso o valor do crédito da pesagem ultrapasse o valor total da conta, o crédito restante será abatido no mês seguinte. Os interessados em participar do programa e os clientes já cadastrados podem consultar o deslocamento diário das tendas do Vale Luz num aplicativo gratuito para smartphones (disponível para os sistemas Androide, IOS e Windows Phone). Basta procurar “Vale Luz Cosern” nas lojas de compras dos aplicativos e baixar gratuitamente o app.

SERVIÇO:

PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO DAS TENDAS DO PROJETO VALE LUZ COSERN

IGREJA CATÓLICA DE SANTA CLARA
Bairro: Pitimbú
Dias: 21, 28 de Agosto.
Endereço: R. Eng. Joaquim Cardoso, s/n.
Referência: Igreja Católica de Santa Clara

FUNDAÇÃO BRADESCO
Bairro: Felipe Camarão
Dias: 21, 28 de Agosto.
Endereço: R. Prof. Antônio Trigueiro, 500
Referência: Fundação Bradesco

CONSELHO COMUNITÁRIO
Bairro: Alecrim
Dias: 21, 28 de Agosto.
Endereço: Av. 4, 831
Referência: Conselho Comunitário do Bairro Do Alecrim

IGREJA CATÓLICA DO BEATO AMBRÓSIO FRANCISCO FERRO
Bairro: Planalto
Dias: 15, 22, 29 de Agosto.
Endereço: R. Mira Mangue, 91
Referência: Igreja Católica do Beato Ambrósio Francisco Ferro

PRAÇA ECOLÓGICA
Bairro: Ponta Negra
Dias: 22, 29 de Agosto.
Endereço: Av. Praia de Ponta Negra, 9014.
Referência: Praça Ecológica de Ponta Negra

IGREJA CATÓLICA DE SANTOS REIS
Bairro: Santos Reis
Dias: 15, 22, 29 de Agosto.
Endereço: Praça Eng. Wilsom Miranda, 40
Referência: Igreja Católica de Santos Reis

IGREJA CATÓLICA DE NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA
Bairro: Candelária
Dias 16, 23,30 de Agosto.
Endereço: R. Mal. Rondon, S/N
Referência: Igreja Católica de Nossa Senhora da Candelária

CENTRO CULTURAL E BIBLIOTECA
Bairro: Potengi (Conjunto Santarém)
Dias 16, 23, 30 de Agosto.
Endereço: Av. Itapetinga, 1430
Referência: Centro Cultural e Biblioteca

CONJUNTO SANTA CATARINA
Bairro: Potengi (Conjunto Santa Catarina)
Dias 16, 23, 30 de Agosto
Endereço: Av. Florianópolis
Referência: Canteiro Central da Avenida Florianópolis

CONSELHO COMUNITÁRIO DE IGAPÓ
Bairro: Igapó
Dias: 17, 24,31 de Agosto
Endereço: Pca. São Vicente De Paula, S/N.
Referência: Conselho Comunitário

ASSOCIAÇÃO DE AMIGOS DO NOVA NATAL
Bairro: Lagoa Azul
Dias: 17, 24, 31 de Agosto
Endereço: R. dos Violeiros, 920
Referência: Associação de Amigos do Nova Natal.

CENTRO EDUCACIONAL DOM BOSCO
Bairro: Lagoa Azul
Dias: 17, 24, 31 de Agosto
Endereço: Av. Guaratinguetá, 715
Referência: Centro Educacional Dom Bosco

SUPERMERCADO RIOGRANDENSE
Bairro: Quintas
Dias: 18, 25 de Agosto
Endereço: R. Pedro Nóvoa, 249
Referência: Supermercado Riograndense.

CANTEIRO CENTRAL DO BAR DO AGEU
Bairro: Bairro Nordeste
Dias: 18, 25 de Agosto
Endereço: R. do Norte -179
Referência: Bar do Ageu

POSTO DE SAÚDE DA BOA SORTE
Bairro: Nossa Senhora da apresentação
Dias: 18, 25 de Agosto
Endereço: Av. Boa Sorte, 470
Referência: Posto de Saúde da Boa Sorte