aniversário na quarentena

Aniversário na quarentena em vídeo

“Este ano vou fazer algo diferente”, já dizia a youtuber Luísa Marilac, sendo que a diferença é que as mudanças aconteceram sem querer. Para alguns o aniversário é um período de festança, party hard e ficar muito louco. Mas, neste período em que todos estamos isolados dentro de uma casa com medo de pegar um super vírus, no caso a Covid-19, a festa de novo ciclo precisava ter um outro significado. Inicialmente meu aniversário seria comemorado no La Luna, mas devido ao período de quarentena, os bares e restaurantes estão fechados até o dia 23 de abril, por conta de um decreto feito pelo Governo do Estado. E, aí como comemorar ?

Meu aniversário foi no dia primeiro de abril e vou mostrar como foi um pouco o meu aniversário, com meus pais e minha irmã. Então, eu fiz um diário em forma de vídeo para mostrar todos os registros do acontecimento e como tive que me virar para comemorar o meu natalício. E, você? Vai passar o aniversário na quarentena ?

Veja o vídeo completo a seguir, dê o play e confira:

natalenses estão em isolamento social

58% dos natalenses estão em isolamento social

Mais da metade dos natalenses resolveram se isolar nas suas casas e sair quando realmente for necessário, como a realização de compras no supermercado ou ida à farmácia, neste período de pandemia do Covid-19. Em um questionário com mais de 900 pessoas, o grupo Perspectiva em parceria com o Blog do BG realizou uma pesquisa virtual com várias pessoas da capital do Rio Grande do Norte entre os dias 30 e 31 de março. O resultado é que 58% dos participantes estão realizando a quarentena como deve ser feita, enquanto 33,2% admitiram que só saem de suas residências para trabalhar.

No entanto, quase 40% admitiram causa prejuízo financeiro no seu lado profissional.  Como essa pesquisa foi feita virtualmente e a maioria das pessoas que responderam o questionário têm renda salarial de mais 10 mil reais, podemos deduzir que boa parte daqueles que disseram que a vida profissional foi prejudicada vem de pessoas de classe média alta, composta por muitas vezes por executivos e empresários.

Falando na parte econômica, 28,8% afirmou que não sabem quais serão as medidas de amparo profissional e para empresário. No entanto, o Brechando vai te dar uma mãozinha, pois falamos sobre o projeto da Renda Básica várias vezes e vou colocar o link da primeira matéria que postamos.

Uma boa notícia é que 99,6% dos entrevistados responderam que sabem as medidas de prevenção ao combate do coronavírus.  Apesar do presidente da república dizer que é uma “gripezinha” (por sinal 425 dos entrevistados estão achando a postura de Jair Bolsonaro muito ruim), mais de 60 por cento dos entrevistados estão preocupados com a doença e temem de ser contaminados.

Sobre o isolamento social, os natalenses acreditam que esse processo vai demorar em torno de dois meses (39,9%), uma vez que a previsão do pico da doença no Brasil está entre abril e maio, segundo o Ministério da Saúde, que também comentou que a Covid-19 só diminuiria de vez apenas em setembro deste ano.

Embora as pessoas estejam consumido mais internet e redes sociais, mais de 60% das pessoas admitiram que estão informando sobre o novo Coronavírus a partir da televisão e depois vem os blogs (36%), Rádio (27,9%), Whatsapp (26,8%) e Instagram (22,6%).

E, vocês, concordam com a pesquisa divulgada ?

Covid-19

Como monitorar os casos da Covid-19 em Natal

Além do boletim médico da Secretaria do Estado da Saúde Pública (Sesap), quais são outras formas de monitorar os casos da Covid-19 em Natal? Uma forma da gente ver o crescimento da doença na capital potiguar é através da ferramenta chamada “Coronavírus RN”, desenvolvida pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (LAIS/UFRN). O site aprewsenta gráficos sobre pacientes infectados, casos suspeitos, descartados e número de mortes.

Assim, você vai evitar de acessar blogs ou sites que apresentam Fake News (leia nosso manual por aqui) ou fugir daqueles parentes que adoram espalhar mentiras no Whatsapp.

As fontes dessa pesquisa são os dados disponibilizados pela Sesap e Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN), responsável pelos exames da doença. Além disso, o grupo montou ainda uma sala de situação localizada no laboratório que faz a análise dos dados e alimenta a plataforma com informações.

Mapa com o monitoramente de todos os infectados com Coronavírus
Essas são as cidades do Rio Grande do Norte que são mais atingidas pela Covid-19

Dentre as principais funções do dispositivo de monitoramento, chama a atenção a função “Mapas”. Nela, o usuário pode acompanhar a porcentagem do número de casos confirmados por bairro de Natal. Há ainda a opção número de casos suspeitos e casos confirmados no RN. A função apresenta ainda o número atualizado de casos suspeitos, prováveis, descartados e confirmados da doença. Por exemplo, os casos mais atingidos em Natal, segundo o portal, estão nos bairros de Tirol e Petrópolis, apesar de ter confirmados pacientes em Capim Macio, Salinas, Pajuçara e Potengi.

Além disso, você pode comparar a evolução da Covid 19 no Rio Grande do Norte com os outros estados do Nordeste, além das projeções para a doença no Brasil nos próximos meses.

Para acessar o site é só clicar neste link.

Quarentena em Natal

Quarentena em Natal, meu relato em vídeo sobre assunto

O Brechando está de volta com a produção de vídeos e o primeiro da série é falando um pouco como está a minha quarentena em Natal, que estou há duas semanas de casa, trabalhando de home office e saindo apenas para fazer o necessário para não pegar a Covid-19, também conhecida como novo Coronavírus. Além disso, estou desabafando um pouco sobre os meus sentimentos, o que estou fazendo para não pirar pelo fato de estar em casa 24 horas por dia há algum tempo e dentre outras coisas. E, vocês, natalenses, como estão passando a quarentena em Natal ? Estão enloquecendo? Alguns vídeos serão postados nos próximos dias para mostrar um conteúdo diferentão e nada formal.

Enquanto a vida “normal” não volta, hora de ver algo.  Confira o vídeo a seguir: