Um bar com cadeiras em formato de rede em natal

No início de 2010 existia um bar em Capim Macio que tinha como nome Hakuna Matata, no qual as mesas e cadeiras ficavam numa espécie de cabana. Era como se fosse viver no meio da Selva, sendo que em Natal. No entanto, a ideia de fazer bares temáticos na capital potiguar já existe algum tempo. As pessoas mais saudosistas, por exemplo, sempre falam de um bar em Areia Preta. No final dos anos 70 e início na década de 80, …

Bar Quintandinha

Vocês já ouviram o Bar Quitandinha?

Muitos utilizam até hoje o bar como ponto de referência no Alecrim, embora está desativado há alguns anos.  Assim como a Praça do Relógio, a Feira e o Camelódromo, a Bar Quintandinha é um lugar marcante do bairro da zona Leste. Mas, poucos sabem de sua história e o Brechando resolveu, portanto, desvendar um dos pontos históricos da capital potiguar. Apesar do nome, a Quintandinha não vendia frutas e surgiu muito antes da Praça Gentil Ferreira, uma vez que a sua …

Café Majestic

Este estacionamento da Prefeitura era o Café Majestic

O Café Majestic é um bar lembrado pelos natalenses, uma vez que a mencionaram na literatura e peças de teatro. O espaço ficava no cruzamento das ruas Ulisses Caldas e Vigário Bartolomeu. Antigamente, era um salão chamado Potiguarânia. E, primeiramente, era a casa do dramaturgo Ezequiel Wanderley. Inicialmente, o proprietário do Café Majestic pertencia inicialmente ao Benjamin Simonete. Diferentemente do Potiguarânia, o Café Magestic era apenas café e bar. Mas, o local realmente virou um reduto boêmio quando o poeta …