Arquivos ônibus – Página 2 de 8 – Brechando

Cadê o 54A que estava aqui?

Faz duas semanas que recebemos uma denúncia do sumiço do 54A, uma linha alternativa que roda por Natal e anda pelos bairros de Capim Macio e por dentro das ruas da Vila de Ponta Negra. Alguns moradores procuraram o Brechando para saber o sumiço da linha, uma vez que não foi avisada a retirada e souberam através de outros passageiros.

Procuramos, então, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, STTU, que confirmou a retirada da linha e que “estão procurando outras alternativas para substituí-lo”.

A 54A surgiu em 2013 após um atendimento de estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e comunidade.  Foi projetada para cobrir buracos na rota da linha 66 (Cidade da Esperança/Ponta Negra), que teve seu itinerário reduzido em dezembro de 2012, no mesmo ano que a linha 03, executada pela antiga Riograndense deixou de circular na cidade.

Há dois anos fizemos um post para falar quais ônibus que andam pelos bairros de Ponta Negra e Capim Macio sem ser na Av. Roberto Freire. Apesar dos dois bairros estarem localizados na zona Sul da capital potiguar, e numa área nobre, são poucas linhas para os moradores da região. Os existentes quase não circula pelos bairros, mas apenas na via principal. Se você quer adentrar aos bairros de Capim Macio e Ponta Negra, precisa andar pela Avenida Engenheiro Roberto Freire.

Quem mora na Avenida Walter Duarte Pereira, por exemplo, onde fica o conjunto dos Flamboyants tinha apenas dois caminhos: ou vai ter que parar na Roberto Freire e atravessar cinco quarteirões até o destino final ou pegar o 54A, uma via alternativa controlada por um permissionário. Agora só resta o 403 e o 403A, que também são feitos por uma via alternativa.

Os moradores dos Flamboyants ainda podem se arriscar descer uma ladeira enorme para adentrar a Avenida Ayrton Senna para pegar algumas linhas intermunicipais, como o Eucaliptos, ou o 52 e 50.  Para quem mora em quarteirões mais distantes da via principal, tem que pegar o 54A para chegar em sua casa com segurança e não precisar andar até um quilômetro para chegar a sua residência.

Enquanto isso, a linha 46, 66, 54 e 56 andam por dentro do conjunto Ponta Negra, onde percorre a avenida Praia de Genipabu, Rua Jardim de Alá, Rua de Itamaracá, Rua Praia de Jacumã, Avenida Praia de Búzios. Depois, elas vão ao terminal que fica próximo da Tapiocaria da Vó, na Vila de Ponta Negra para voltar a Avenida Engenheiro Roberto Freire.

O único que anda por dentro da Vila de Ponta Negra é o 56, que também é o único ônibus que sai de Ponta Negra e vai em direção à Via Costeira para os bairros da zona Leste, como Petrópolis e Ribeira. Se você quer sair de Ponta Negra em direção à Ribeira, você poderá pegar o 46.

Mas, se eu quero ir para zona Norte? Apenas o 26 e 73.

“Tchutchu” do ônibus era uma ação de marketing de agência de publicidade

Não era um casal que brigou, o  “Tchutchu” era uma campanha de marketing da Rota Mídia Externa, que é a a maior empresa de propaganda em ônibus do Nordeste e a maior empresa de mídia exterior do Brasil,  atuando em cidades como Recife, Salvador, Boa Vista, Maceió, João Pessoa, Campina Grande, Natal, Fortaleza, Aracaju, Teresina, São Luís, Belém e Manaus. Além da mídia em ônibus, a Rota disponibiliza propaganda em metrô, abrigo de ônibus, outdoor, front light, painel rodoviário e mídia táxi.

A revelação foi feita a partir de um anúncio em vários ônibus de Recife na manhã desta segunda-feira (15), dizendo a seguinte frase:

Se até Tchutchu virou assunto, imagine a sua marca

A frase escrita em uma fonte parecida com Comic Sans e vários corações como plano de fundo explodiu a cabeça dos natalenses e recifenses nas redes sociais, no qual vários ônibus da cidade tinham frases escritas assim:

Tchutchu, eu te perdoo. Volta pra mim. Te amo.

Em Natal, os anúncios foram feitos em vários ônibus, principalmente o da linha Guanabara, empresa que possui a maior frota da cidade, conforme falamos nesta matéria. Todo mundo queria saber quem foi a pessoa que terminou o namoro após uma chateação (podendo ser uma traição ou não. Afinal, relacionamentos terminam a partir de outros tipos de mentiras) e quer reatar o relacionamento. Quem é esse casal? Faz quanto tempo que separaram. Será que o casal vive em Natal e Recife?

A revelação foi feita com exclusividade no jornal Folha de Pernambuco, no qual a empresa, inicialmente, falou que o cliente era uma pessoa física e pediu anonimato. Somente dia depois que eles revelaram que se tratava de uma ação de marketing. A estratégia foi planejada pela empresa, que encomendou uma campanha à agência de publicidade Ampla para chamar atenção e curiosidade e verificar o alcance dos outbus.

O co-presidente da Ampla, Manuel Cavalcanti, explica à Folha de Pernambuco qual foi o objetivo da campanha. “Quisemos mostrar a relevância das mídias de ônibus. É uma mídia de massa, que impacta milhares de pessoas diariamente, principalmente em cidades com trânsito intenso como o Recife”, disse. “Pegamos um mote de atração natural que existe em torno de relacionamentos. Esse tipo de mensagem chama bastante atenção. O desafio foi fazer de uma forma que parecesse uma pessoa física. Sabíamos que ia ter uma repercussão, mas foi maior que esperávamos”.

A campanha utilizou 50 ônibus na Região Metropolitana do Recife (RMR) e 25 serão utilizados nessa segunda fase. “A divulgação aconteceu em quase todos os estados onde a empresa está presente, como Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, onde também houve muita repercussão na imprensa”, disse Manuel.

Mistério da declaração de amor dentro de um ônibus de Natal

Coisas que me deixam envergonhada: declarações de amor através de outdoor, mídia de ônibus, cartazes e através de um love car (Não façam isso comigo!). No entanto, muitos casais fazem loucuras de amor para ter seu amado de volta em três dias, caso não tenham procurado uma vidente antes. A frase escrita em uma fonte parecida com Comic Sans e vários corações como plano de fundo diz:

Tchutchu, eu te perdoo. Volta pra mim. Te amo.

Este flagra foi feito pela fotógrafa Rayane Mainara enquanto andava pelas ruas de Natal e postou no seu Instagram na manhã desta quarta-feira (3). O recado colocado na parte de trás do Guanabara é bastante claro, uma pessoa terminou o namoro após uma chateação (podendo ser uma traição ou não. Afinal, relacionamentos terminam a partir de outros tipos de mentiras) e quer reatar o relacionamento. Quem é esse casal? Faz quanto tempo que separaram?

Escrevi esta frase e pesquisei no Google. Por coincidência, duas contas do Twitter de Recife disseram que leram este mesmo recado, no final do mês passado:

Será que o casal vive em Natal e Recife? A empresa responsável pelos anúncios por trás do ônibus se chama Rota, a maior empresa de propaganda em ônibus do Nordeste e a maior empresa de mídia exterior do Brasil,  atuando em cidades como Recife, Salvador, Boa Vista, Maceió, João Pessoa, Campina Grande, Natal, Fortaleza, Aracaju, Teresina, São Luís, Belém e Manaus. Além da mídia em ônibus, a Rota disponibiliza propaganda em metrô, abrigo de ônibus, outdoor, front light, painel rodoviário e mídia táxi.

Aí fica na dúvida: o casal existe mesmo ou foi uma estratégia de marketing da empresa?

Este ônibus andará por Natal para apresentação de coral

Desde 2014, o projeto Ônibus Encantado foi realizado para fazer diversas apresentações culturais e natalinas nas praças e ruas da capital potiguar. Na edição deste ano, o veículo circulará entre os dias  16 (sábado), 17 (domingo) e 18 (segunda-feira), a partir das 18 horas, em Pajuçara, Potengi, Bom Pastor, Conjunto Pirangi, Vila de Ponta Negra, Cidade da Esperança, Potilândia, Nova Descoberta e Conjunto Alagamar.

Neste ano haverá a participação do Camerata de Vozes do RN , regido pelo Maestro Padre Pedro, fará apresentações de aproximadamente 20 minutos em cada praça, alternando um repertório de 12 músicas (Ave Maria -G.Caccini, Ave Maria – Saint Saens, Magnificat, Christus Natus, Pão Eucarístico, Nasceu Deus o menino em Belém, Pai Nosso – Felinto Lúcio, Galo Cantou, Noite Feliz, Adeste Fidelis, Ride on  King Jesus e Salmo 120).

A mesma camareta, neste ano, realizou apresentações no Vaticano na canonização dos Santos Mártires potiguares.

E além de levar o encanto do espírito natalino, o projeto quer deixar mais uma mensagem para as comunidades contempladas: a preservação e o cuidado com os espaços públicos, promovendo a conscientização para a importância dos moradores cuidarem das suas praças. Nesse sentido, o Ônibus Encantado deixará em cada praça contemplada pelo projeto uma placa com a marca “Cidade com Coração” título que a cidade do Natal recebeu das Nações Unidas em 2010 – por meio do Natal Voluntários – em reconhecimento a suas destacadas conquistas envolvendo os cidadãos em ações de voluntariado promovidas por projetos de desenvolvimento urbano.

O projeto “Ônibus Encantado”, de autoria do produtor cultural Claudio Mac Dowell – da produtora Arte Inovação – e desenvolvido em parceria com a Green Point e conta com o patrocínio da Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão, e da Unimed Natal.