Potiguar cria calendário baseado em figuras feministas do Brasil

A realziadora audiovisual Sylara Silvério é natalense e mora há algum tempo em Recife. A gente já falou dos seus bordados subversivos do Ateliê Cambará. Mas, a cabeça dela não para. Se não é divulgando o feminismo através da arte, é através de seus curtas metragens. Além de ser formada em radialismo, ela tem pós em fotografia e Audiovisual pela Unicap. Com o cinema, tem experiência com direção de fotografia, assistência de câmera e logger. No audiovisual, por sua vez, …