Cidades

Como é o edifício Ducal por dentro

Compartilhe:

A Avenida Rio Branco com a Rua João Pessoa, no Centro de Natal, tem o Edifício Ducal, construído no início do ano de 1971 e é constituído por 18 andares. A estrutura ainda chama atenção para quem passa andando por lá. Fica do lado da Praça Kennedy, com o busto do ex-presidente dos Estados Unidos, John Kennedy. De acordo com Tarcísio Medeiros, no ano de 1973, antes do prédio existia uma casa usada para as reuniões dos organizadores do Partido Comunista Brasileiro (PCB) para realizar a Intentona Comunista.

Vamos mostrar a história do prédio e como ele é por dentro. Aqui tá a foto do saguão de entrada com cerâmica do pernambucano Francisco Brennand.

Foto: Lara Paiva

O Início

Na década de 70, o fundador das lojas da RIo Center, com libaneses residentes em Natal, resolveram criar o hotel Monte Líbano, que teve apoio dos recursos do Governo Federal para que pudesse ser feito.

edifício Ducal
Maquete inicial do projeto

O prédio tinha como proposta inicial 130 apartamentos de classe internacional. Além disso, tinha seis suítes governamentais e duas suítes presidenciais. Apesar de que alguns colunistas da época trazerem outras informações.

Demorou mais de seis anos para ficar pronto.

edifício Ducal
Prédio ainda em construção

O surgimento do Ducal

Como os primeiros sócios não tinham mais recursos para elevar a obra. Em 1975, eles venderam para rede de hotéis Ducal e reformulou todo o projeto arquitetônico e contratou a Odebretch para acelerar o que estava atrasado. Então, foi inaugurado no dia 05 de Novembro de 1976, um hotel quatro estrelas chamado Ducal Palace Hotel, desistindo de colocar o primeiro nome sugerido pelos primeiros empresários.

O Grupo Ducal pertencia a UEB, União dos Empresários Brasileiros, e desde a década de 70 via um grande potencial em Natal. Por isso, eles queriam algo bastante luxuoso, inclusive tem cerâmica do pernambucano Francisco Brennand.

Alguns anos depois, foi vendido à rede hoteleira Luxor Continental, no Rio de Janeiro.

Características do prédio

O último andar do prédio é um mirante que funcionava o antigo restaurante do hotel, com uma vista panorâmica da cidade em um ângulo de 360º. Este também por muitos anos funcionou como uma boate.

Após o final do hotel, o prédio funciona as Secretarias Municipais de Educação e Saúde. Desde a gestão de Micarla de Sousa, as secretarias mudaram por outro prédio que funcionou um hotel na ladeira do sol.  Até hoje, o local está com espaços para alugar salas.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista e publicitária formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *