Mada 2022

Dossiê Mada 22: O que você vai ter

Mada 2022
Compartilhe:

Após dois anos em inatividade, o Mada está de volta em 2022. O próximo fim de semana, a Arena das Dunas vai receber dois palcos lado a lado com os mais diversos nomes da MPB. Claro que o Brechando vai fazer uma nova cobertura. Para começar o dossiê, vamos falar dos artistas que estão participando.

Onde comprar o ingresso

Os ingressos estão nos finalmente e para comprar só acessar o seu link do Sympla.

Aposta Mada 2022: Mayra Andrade

A cantora Mayra Andrade

O festival tem a fama de revelar novos artistas, como Duda Beat, Detonautas, Jade Baraldo, Tulipa Ruiz e outros nomes firmaram a fama participando do evento. Agora, a bola da vez é a cantora de Cabo Verde, Mayra Andrade, que está em turnê inédita pelo Brasil com o disco “Manga”. A artista radicada em Portugal já cantou com nomes célebres como Cesária Évora, Charles Aznavour, Gilberto Gil e Criolo. Sua música mescla suas raízes com as batidas do afrobeat, reggae, dancehall com letras em português e crioulo cabo-verdiano. Além disso, ela passou por diferentes cidades no país e encerra sua primeira turnê brasileira por Natal.

Este não é o primeiro show internacional do Mada, visto que eles receberam o Franz Ferdinand.

Emicida, Letrux, Marina Sena, Baiana System e Glória Groove de volta as terras potiguares

A cantora Marina Sena

O Emicida (SP) traz o elogiado show “AmarElo”, que tem a música de mesmo título e utiliza sampler uma das músicas mais famosas de Belchior. Também bastante festejada, a cantora Gloria Groove (SP) desembarca com o show Lady Leste. A última vez de Glória foi, no entanto, no Carnaval de 2020, sob a organização da Prefeitura do Natal.

Após participação no Festival Dosol, a Letrux (RJ) mostrará canções de “Letrux aos Prantos”. Diferente do álbum de estreia, “Letrux em Noite de Climão” (2017), o novo trabalho reduz a velocidade para mergulhar nos sentimentos.

Após o sucesso em abril, a Marina Sena (MG) volta as terras potiguares chega com seu elogiado “De Primeira”, no qual a música “Por Supuesto” tornou-se um sucesso e, por conseguinte, ganhou repercussão em redes sociais e plataformas digitais.

A Bahia chega em revoada: BaianaSystem (BA), nome queridinho do MADA, volta com seu navio pirata misturando guitarras baianas, dub, samba do Recôncavo e soundsystem da Jamaica. Músicas dos discos “Oxe Axé Exu”, “Duas Cidades” e “O Futuro Não Demora” estarão no show.

Em 2019, o Brechando entrevistou o BaianaSystem, clique aqui para ler.

Djonga na área novamente

O rapper Djonga (MG) aponta sua lírica afiada para falar de sentimentos e críticas sociais no disco ‘NU’, lançado em 2021, além das faixas que viraram sucessos das produções ‘Heresia’, ‘O Menino Que Queria Ser Deus’, ‘Ladrão’ e ‘Histórias da Minha Área’. Da nova geração das rimas chega Don L (CE), cujo álbum “Roteiro Para Ainouz” lhe rendeu duas indicações e ainda mais contou com uma vitória no APCA e uma estatueta do Prêmio Arcanjo de Cultura. 

Saindo do BBB, Linn da Quebrada chega ao Mada

Mada 2022
Mada acontecerá novamente no Arena das Dunas

Na mesma mistura de sonoridades dançantes, a artista multimídia Linn da Quebrada (SP) traz no repertório músicas do álbum Pajubá e o mais recente “Trava Línguas”. Além disso, a artista ficou conhecida pelo público por sua participação no BBB 22.

O Boogarins (GO) explora a neo psicodelia do rock brasileiro, uma vez que passea por sonoridades tropicalistas e o indie rock. O show é centrado nos discos “Manchaca Vol. 1” e “Vol.2”. e os  sucessos dos álbuns anteriores. Na mesma pegada, porém influenciado pelo pop, a Terno Rei (SP) traz o álbum “Gêmeos”. 

Atrações potiguares

Luisa e os Alquimistas (RN) volta à sua terra para lançar o inédito álbum “Elixir” e ocupar o posto de primeira potiguar headliner na história do festival. A banda ganhou estrada após o aclamado “Jaguatirica Print”, lançado em 2020, via Natura Musical. Além disso, a potiguar Potyguara Bardo leva ao palco do Festival MADA a atemporalidade do disco “Simulacre”.

Mais natalenses marcam presença no festival

A banda Uma Senhora Limonada faz seu passeio pelo pop, rock, folk e elementos regionais. Assim como o Projeto Retrovisor, formado por grandes cantores e compositores locais que se juntaram há mais de dez anos para criar de forma coletiva. O rapper Cazasuja recebe Amen Ore e ainda mais haverá o grupo Fortunato e Os Jovens de Ontem convida a orquestra Frevo do Xico.

É para morgar pós Mada 2022? Não, tem After

Na programação paralela estão de volta a Feira Mix e o After MADA, que na sexta-feira (23) embala a turma inimiga do fim com discotecagens das clubbers Janvita b2b, Elisa Bacche e Pajux b2b Iguia T. E no sábado (24), com Danilo Kauan e convidados.

Confira a programação completa do Mada 2022

SEXTA 23/09

Apoio | Prefeitura do Natal e InterTV

Realização | MADA Produções 

LINE UP

SEXTA 23/09

18h30 – V Motta FEat A.V.S. e Fernanda Azevedo

19h – Cazasuja feat Amen Ore

19h30 – Projeto Retrovisor

20h – Josyara

20h40 – Terno Rei

21h20 – Potyguara Bardô

22h10 – Letrux

23h – Emicida 

00h30 – Glória Groove

01h30 – Djonga

02h30 – Janvita B2B Elisa Bacche (after)

03h – Pajux B2B Iguia T (after)

SÁBADO 24/09

18h20 – Fabiano Nasi

18h50 – Uma Senhora Limonada

19h20 – Fortunato e os Jovens de Ontem convida Frevo do Xico 

20h – Boogarins

20h50 – Afrocidade

21h40 – Don L

22h30 – Marina Sena

23h30 – Mayra Andrade 

00h30 – BaianaSystem

01h50 – Luísa e Os Alquimistas 

02h50 – Linn da Quebrada

03h40 – Baile do DK

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.