CJA e Escribas se tornarão editora só em 2023

brechadas
Compartilhe:

Até o dia 04 de setembro, a Feira de Livro e Quadrinhos (Fliq) está disponível no Parque das Dunas. Este é o maior evento literário do Rio Grande do Norte e está com grandes expositores, onde muitos pertencem a editoras de grande porte e fazem um belo trabalho nas escolas, fazendo com que os selos locais sejam os menos procurados. Por isso, as editoras de Natal resolveram unir forças: Jovens Escribas e CJA.

“Enquanto as livrarias tem uma estrutura profissional por trás, nós não dispomos das mesmas condições de ir até as escolas, pois estamos sempre dedicados ao esforço contínuo de editar novos livros. Isso provocava um desequilíbrio, pois somos nós que fomentamos a literatura produzida aqui no Estado, investindo em obras de novos autores e autoras.”, declarou Cleudivan Jânio, da Editora CJA.

A CJA e Escribas vão fazer diversas ações conjuntas. Primeiro, realizaram a feira “Livros no Parque”, em março passado. Depois, dividiram os custos para participarem juntos da Feira do Livro de Mossoró, em maio passado. E finalmente, com a aproximação da FLIQ, caíram em campo e visitaram mais de 100 escolas estaduais. 

“Divulgamos nossos catálogos, oferecemos aos professores e gestores a oportunidade de escolherem os títulos que querem comprar antecipadamente, divulgamos a presença de autores das nossas editoras, ouvimos algumas demandas deles. Foi bastante positivo esse movimento”, disse Carlos Fialho, criador dos Escribas. 

Vem aí um novo selo, com a fusão dos CJA e Escribas

A ampliação da parceria citada pelo diretor da CJA se refere à intenção dos dois editores de constituírem um selo conjunto já em 2023. Se chamará “Letras Potiguares” e por enquanto é só o projeto. Para alguns, uma informação animadora, uma vez que a Escribas chegou a anunciar que iria paralisar suas atividades ao final deste ano de 2022. Ao ser questionado se mudou de ideia, Carlos Fialho respondeu: “Ainda não. Ter uma boa FLIQ, com grandes vendas, será essencial para que a gente possa repensar ou não, com mais calma. Porém, meu foco agora está em fazer um grande evento para poder pagar algumas, na verdade muitas, pendências.” 

Parceiros do Programa RN Literário

O evento é o maior do estado no segmento literatura por um motivo: além de atrair um bom público espontâneo em função das atrações e oferta de bons títulos, ainda conta com um importante convênio com o Governo do Estado que garante aquisição de livros para escolas públicas: o programa RN Literário. Graças a ele, as escolas contam com R$ 500 mil para aquisição de obras e podem enriquecer os acervos das bibliotecas com novas publicações. 

O RN Literário é importantíssimo para a rede produtiva do livro. Autores, editoras, gráficas e livrarias se beneficiam desta ação e a Secretaria Estadual de Educação ainda criou mais uma regra para proteger o mercado local, sobretudo o independente: as escolas têm que comprar no mínimo 40% de livros potiguares. 

“Essa parceria entre os organizadores da FLIQ e a Secretaria de Educação do Estado é o que garante que as editoras locais sobrevivam. A verba disponibilizada e a cota mínima de 40% faz com que as escolas comprem nossos títulos e nos permitam atingir um bom aproveitamento”, disse Fialho.

“Se não fosse essa cota, arrisco dizer que os recursos iriam quase todos para editoras grandes do sudeste, pois além de terem autores universais consagrados, ainda contam com uma verba milionária para divulgação”, completou. 

FLIQ 2022 

Período: 31 de agosto a 04 de setembro de 2022

Horário: 8h às 17h

Local: Parque das Dunas 

Escribas Editora: Estande 21

CJA Edições: Estande 22.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *