Dom Pedro II Natal

Foto da inauguração do busto de D. Pedro II mostra que Natal tava em festa

Cidades
Compartilhe:

Em uma praça no bairro de Cidade Alta foi instalada um busto de bronze com a imagem do D. Pedro II, que foi Imperador do Brasil por mais de 50 anos. O monumento foi instalado como uma homenagem aos 100 anos da figura histórica no ano de 1925. Porém, a Praça mudou de nome após a saída do Busto para o bairro do Alecrim, se chamando de João Tibúrcio e fica a Parada Metropolitana. Segundo Luís da Câmara Cascudo, ela ainda foi chamada de 24 de maio e Laranjeiras.

Além disso, a mudança para o Alecrim fez com que o busto tivesse uma outra celebração para unir o Dom Pedro II com a Igreja de S. Pedro. Como todo evento na capital do Rio Grande do Norte, o evento de inauguração da praça contou com muita gente e curiosa como ficaria o busto. O resultado mostra que a imagem acima mostra muito bem isso, local cheio de crianças e adultos, mostrando que natalense mesmo do século XX gostava de uma novidade ou festa.

Estátua foi feita por escultor Francisco de Andrade

Segundo o historiador Luís da Câmara Cascudo, o antigo bairro do Alecrim era um local descampado, terra de roçados de mandioca e milho. Existiam umas quatro casinhas de taipa, cobertas de palha e sem reboco, denominadas capuabas, estavam distantes cerca de uma légua quadrada. Lá foi construída uma praça próximo da Igreja de S. Pedro e acharam por bem colocar a estátua de D. Pedro II, na região.

Ou seja a Praça D. Pedro II saiu de Cidade Alta para o Alecrim. Por sinal, o nome Alecrim veio por conta da plantação no local onde fica a segunda praça D. Pedro II e as primeiras casas também surgiram nesta região.

Em 2011, ela sofreu uma tentativa de furto, porém os ladrões não conseguiram roubar por conta do forte peso. Mas, ela ainda se encontra no local.

Roubaram novamente em 2020

O imperador sumiu nas ruas do Alecrim. Furtaram o busto em bronze do imperador Dom Pedro II na madrugada de terça-feira, (6). A obra estava na praça Dom Pedro II, que fica em frente à igreja de São Pedro, no Alecrim. A peça tem 95 anos e pesa cerca de 100 quilos e a obra era de autoria de Francisco de Andrade.

Dois homens tentaram retirar a estátua do pedestal na praça. Por conta do peso, a dupla, por conseguinte, falhou miseravelmente.

Ao perceberem uma viatura da Polícia Militar, abandonaram o imperador. Segundo os policiais militares, fugiram correndo na direção do Paço da Pátria.

A polícia achou o busto e está apreendido na delegacia de plantão da zona Sul de Natal, já a investigação ocorre no 3º Distrito Policial do Alecrim. Além disso, a finalidade é que possa colocar novamente pela prefeitura do Natal. Entretanto, ela nunca instalaram novamente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.