Geoparque Seridó

Geoparque Seridó é reconhecido como território de relevância pela Unesco

brechadas Curiosidades
Compartilhe:

A partir desta quarta-feira (13), o Geoparque do Seridó passa a fazer parte oficialmente do Programa Internacional de Geociências e Geoparques da UNESCO. Agora, a instituição está eventualmente nos 177 geoparques de 46 países apoiados pela organização ligada à Onu. Em novembro de 2021, dois avaliadores da Unesco, com apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, estiveram nas seis cidades que compõem o Geoparque Seridó, na missão de avaliarem o território.

De acordo com o Prof. Marcos Nascimento do Departamento de Geologia da UFRN e Coordenador Científico do Geoparque Seridó a chancela da UNESCO, em entrevista para assessoria de imprensa do Governo do RN, esse reconhecimento é fruto de um trabalho coletivo.


“Reconhecimento não somente por todas as atividades que foram realizadas nesses últimos 12 anos, mas também comprova que essa parte do Rio Grande do Norte tem um patrimônio geológico de relevância internacional, aliado a particularidades do restante do patrimônio natural e do patrimônio cultural, assim se tornando um lugar único no mundo. Além disso, essa visibilidade internacional favorecerá um maior desenvolvimento territorial por meio de práticas turísticas sustentáveis, aliadas a melhorias na educação e na conservação desses patrimônios únicos”, disse em release enviado à imprensa.

A área do geoparque Seridó abrange área de 2.800 quilômetros quadrados e ainda mais conta com a participação de seis municípios com recursos naturais e construções humanas importantes: Cerro Corá – nascente do Rio Potengi, Carnaúba dos Dantas – Monte do Galo, Acari e Parelhas – açudes Gargalheiras e Boqueirão respectivamente, Currais Novos – Cânion dos Apertados e Mina Brejuí, e Lagoa Nova – Tanque dos Poscianos.

Para saber mais sobre o Geoparque Seridó, acesse, portanto, o link:
https://geoparqueserido.com.br/

O Brechando já falou do Geoparque do Seridó recentemente



Em março deste ano, o Brechando falou anteriormente sobre o Geoparque do Seridó, que fica entre os municípios de Acari, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Currais Novos, Lagoa Nova e Parelhas. Para quem mora em Natal, o acesso se dá pelas rodovias federais BR-104 e BR-226 até a cidade de Currais Novos, tomando-se em seguida inúmeras outras rodovias, como a federal BR-427 e as estaduais RN-041, RN-042, RN-086, RN-087, RN-203 e RN-288, para ter acessos aos demais municípios da área.

De acordo com estudiosos, o local apresenta formações rochosas desde o período cenozóico, também conhecida como a Era dos mamíferos. Alem disso, isto mostra, portanto, que essa estrutura geológica surgiu após a extinção dos dinossauros e houve muita atividade vulcânica. Ou seja, tivemos mais vulcões além do Pico do Cabugi.

Para saber mais é só clicar neste link.

São quantos Sítios Arqueológicos



Ao todo, o Geoparque do Seridó tem 21 geosítios, que ficam nestas seguintes cidades:

Acari



Açude Gargalheiras
Poço do Arroz
Cruzeiro de Acari
Marmitas do Rio Carnaúba

Carnaúba dos Dantas



Serra da Rajada
Monte do Galo
Xiquexique
Cachoeira dos Fundões

Cerro Corá



Serra Verde
Cruzeiro Cerro Corá
Nascente do Rio Potengi
Vale Vulcânico

Currais Novos



Lagoa do Santo
Pico do Totoró
Morro do Curzeiro
Mina Brejuí
Cânions dos Apertados

Lagoa Nova



Mirante Santa Rita
Tanque dos Poscianos

Parelhas



Açude do Boqueirão
Mirador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *