Natal Club

O Natal Club era uma espécie de La Luna de 1900s

Curiosidades
Compartilhe:

A foto acima de Grevy achei no grupo Fatos e Fotos Natal Antiga.  Era Natal Club era uma espécie de La Luna do século XX, onde os jovens se reuniam para fazer o que mais sabia de melhor: resenhar. O local teve o seu auge quando ficara na Avenida Rio Branco com a rua João Pessoa, onde o espaço hoje está totalmente diferente.

Por que comparo com La Luna? O La Luna surgiu com um propósito parecido com o Natal Club. Só troque a elite burguesa natalense por LGBT. O espaço surgiu a partir de um casal que queria criar o seu próprio negócio e pudesse se divertir sem precisar gastar muito.

Então, elas criaram um ponto numa praça da zona Sul de Natal e o espaço foi ganhando popularidade, uma vez que reuniu o fato dos natalenses adorarem praças e lugares ao ar livre. Além disso, este é o espaço para ver as novidades, lançamento e também há as manifestações políticas, no qual cobri várias vezes.

O bar ideal para aqueles que queriam dá aquela paquerada em um ambiente fora do aplicativo e há as trocas de olhares, julgamentos, xavecos toscos e gente criando coragem para falar com crush.

Mas, o que tem o Natal Club? Veja abaixo e compare os dois.

História do Natal Club já contei no Brechando

Existia um clube na capital potiguar chamado de Club Carlos Gomes, no qual os jovens adultos iriam para uma casa alugada no bairro de Cidade Alta para se divertir. No ano de 1893, o Carlos Gomes agitava a vida natalense promovendo um salão que continha bilhar, sala de palestras, uma banda de música e uma sala de espera destinada às famílias da capital potiguar. Marcando o que estaria por vir no século XX. Posteriormente, o clube teve que mudar a sua sede para a Avenida Rio Branco, uma das principais ruas da cidade.

Neste período, eles abrigavam festas para várias associações da cidade como o Natal-Club. Mas, após briga entre membros o local foi fechado.

Mudança para Natal-Club

Foi nesse período que se chamara de Natal-Club, na avenida Rio Branco. Em meio aos festejos elaborados pelo clube, a instituição propunha uma “Hora literária”, ou seja, o momento em que as festas no clube dedicavam um instante à literatura local.

Para saber mais é só clicar neste link.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.