Pós-pandêmico

Saindo, mas com consciência pesada. O mundo “pós-pandêmico”

A primeira vez aos poucos…Consegui ir aos shows, festas, viajei e mesmo assim não me sinto bem. O ditado popular diz que “a primeira vez a gente não esquece”. Decerto é verdade, pois me sinto em liberdade condicional neste mundo pós-pandêmico. Parece que o medo de andar e ser infectada ainda acontece, mesmo tentando voltar a vida aos poucos. Até o momento que escreve está aumentando as internações. Recentemente, eu encontrei um amigo e a gente ficou conversando, depois decidimos …