Punk e metal de Natal

Punk e metal de Natal em uma coletânea de artistas do Nordeste

Cidades
Compartilhe:

O punk e metal de Natal estão fortes e eventualmente alguns participam de algumas ações políticas, misturando música. Além disso, muitas delas participaram do projeto do Tocaia Selo e Produções. Estou falando da coletânea chamada “Nordeste em Chamas”, que conta com 101 bandas do nordeste. Além disso, todos os estados estão presentes e da Bahia temos 31 bandas.

A curadoria e o lançamento do Nordeste Em Chamas foram feitos por Jone Luis, integrante da banda Jacau, de Itabuna, interior da Bahia. A ideia da coletânea é mostrar o quão forte é o underground nordestino, mesmo atravessando a pandemia do Covid-19.

Ao todo, a coletânea já tem dois volumes. No primeiro, participaram as bandas Ação Libertária, Desordem Central, Escravos da Ignorância, Expose Your Hate e N.T.E, cujo lançamento aconteceu em 2020.

Em setembro de 2021, posteriormente, veio o segundo volume do disco, com a participação de mais bandas, que são: Atrito Urbano, Born to Freedom, Chancho, Demonia, Depois De Velho, Derrame Verbal, Deuszebul (foto acima), Joseph Little Drop, Morto, Open The Coffin, Sertão Sangrento e Torment The Skies.

Uma coisa em comum é que as duas capas são uma crítica à atual da gestão do Governo Federal.

Eles disponibilizaram, por conseguinte, os dois discos na sua plataforma de streaming, disponível apenas para Android

 

Montamos uma playlist de punk

Gosta de hardcore e punk natalense? Apesar do natalense gostar de uma boa suingueira, forró e para os quatro dias de dezembro para curtir o Carnatal, a cena punk alternativo potiguar é forte e bastante engajada politicamente. Tanto que as bandas são cenas carimbadas no domingo do Festival Dosol. Há algum tempo, todavia, montamos essa playlist para escutar a cena. 

Para escutar, clique, portanto, aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.