Charles Lindbergh

Dia que Charles Lindbergh veio à Natal

Curiosidades
Compartilhe:

Charles Augustus Lindbergh nasceu no dia 4 de fevereiro de 1902 e foi um pioneiro da aviação estadunidense. Além disso, ficou famoso por ter feito o primeiro voo solitário transatlântico sem escalas em avião, em 1927.

Lindbergh partiu de Nova Iorque em direção a Paris, França, em 20 de maio de 1927, tendo pousado na capital francesa no dia seguinte. O avião usado por Lindbergh chamava-se “The Spirit of Saint Louis”. O voo de Lindbergh durou 33 horas e 31 minutos. O feito de Lindbergh fez com que recebesse o “Prêmio Orteig”, de 25 mil dólares, em oferta desde 1919. Assim, ele ficou conhecido por realizar a primeira travessia aérea do Atlântico Sul.

Sua chegada a Paris foi triunfal. E a comemoração quase acabou em tragédia. Recebido calorosamente pelos parisienses, o piloto Charles Lindbergh quase foi sufocado pela multidão que se aglomerava para cumprimentá-lo. Mas, qual a relação de Charles Lindbergh com Natal? Vamos explicar neste texto.

O avião que Charles Lindbergh veio à Natal

Ele esteve em Natal na década de 1930, realizando um Raid em um hidroavião monomotor, junto com a sua esposa. A sua aeronave pousou na Rampa, que fica no bairro de Santos Reis e foi uma das bases americanas no Brasil durante a Segunda Guerra Mundial. De acordo com o historiador Rostand Medeiros, o hidroavião era o Lookheed 8 Sirius no rio Potengi na tarde de 5 de dezembro de 1933.

Charles Lindbergh e a esposa 

O raid é um termo para aqueles que vão fazer uma longa expedição, seja qualquer tipo de transporte. A visita aconteceu um ano depois do sequestro do filho de Lindbergh, que foi assassinado. Para fugir do assédio dos repórteres, os Lindbergh se mudaram para a Europa e estudar a Força Aérea de vários países.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *