Qual a cidade potiguar com menor número de habitantes – Brechando
cidade potiguar menor habitantes

Qual a cidade potiguar com menor número de habitantes


A gente sabe que as maiores cidades do Rio Grande do Norte são, respectivamente, Natal, Mossoró e Parnamirim. Entretanto, qual a cidade potiguar com menor número de habitantes? O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) tem eventualmente essa resposta e divulgou para imprensa esses dados há algum tempo. Um dos sites que publicou essa curiosidade foi o G1, no ano de 2012, uma vez que mostrou que os três municípios com a menor população do estado tem apenas 23 mil habitantes.

O menos povoado município do RN é Viçosa, com uma estimativa de 1.633 habitantes e fica na região Oeste do estado. É pouco mais distante de 300 quilômetros da capital. O segundo menor é Ipueira, no Seridó potiguar, com uma estimativa populacional de 2.104 habitantes. O terceiro menor é Monte das Gameleiras, próximo da cidade de Passa e Fica, que segundo o IBGE, possui 2.219 pessoas. Hoje, Monte das Gameleiras é conhecida no turismo pelas serras e por ser próximo da Pedra da Boca.

Uma outra peculiaridade de Viçosa (foto acima) é que a cidade também tem uma das menores áreas territoriais das cidades potiguares. Mais precisamente está na quarta posição, uma vez que tem 37 quilômetros quadrados de área, correspondendo, portanto, a 0,07% do RN.

Uma curiosidade é que a população estadual chegou na marca dos 3.506.853 habitantes em 2019.

Um pouco mais sobre Viçosa

A história de Viçosa se inicia no século XIX, a partir de 1841, com uma fazenda de criação de gado às margens do riacho Forquilha. Entretanto, o seu povoamento aconteceu no século XX, com a chegada de agricultores.

Em 28 de dezembro de 1963, Viçosa deixa de ser povoado e se torna um novo município, desmembrado de Portalegre, através da lei estadual n° 3 045, sancionada pelo governador Aluízio Alves. A instalação do município aconteceu em 9 de janeiro de 1964 com a posse do primeiro prefeito, Silvestre Gomes Pinto.

Uma das versões acerca da etimologia do nome do município afirma que o nome “Viçosa” veio a partir do juiz de direito de Olinda, Miguel Carlos Caldeira de Pina Castelo Branco. Ao subir a serra de Portalegre, sentiu-se encantado com as paisagens locais e, por fim, afirmou: “Outra Viçosa”, em alusão à vila portuguesa homônima, residência dos Duques de Bragança


Deixe uma resposta