Grande Moinho Potiguar

O que é o Grande Moinho Potiguar?

brechadas Curiosidades
Compartilhe:

Um prédio gigante no meio da Ribeira chama atenção. Em comparação as antigas casas de centenas de anos, o Grande Moinho Potiguar é um prédio super moderno e bastante movimentado, uma vez que em sua volta tem caminhões o tempo todo. Sem contar que fica próximo ao porto de Natal. Mas, o que é este moinho? Por que ele está na Ribeira? Todas essas perguntas vão estar nesta postagem, no qual também pesquisamos um pouco de sua história. 

Para quem não sabe, o Grande Moinho Potiguar é um prédio que fica dentro do porto de Natal. De acordo com a Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), o prédio tem a mais completa moderna e infraestrutura, uma vez que centraliza um grande moinho de trigo, uma fábrica de massas de alta capacidade de produção, centro de distribuição e um terminal de recebimento de grãos.

Ou seja, funciona como um grande hub para entregar e receber trigo brasileiro. Quem comanda esse moinho é a M. Dias Branco, que é uma indústria natural do Ceará. 

No Brasil, o Grupo M. Dias Branco tem 14 fábricas e 13 distribuidoras, onde são gerados 16.007 empregos. O grupo atua nos segmentos de trigo, snacks, bolos, refino de óleo, gorduras, margarinas, cremes vegetais, biscoitos, bolachas, massas finas e massas populares e planeja entrar no mercado de chocolates e barras de cereais.

Sem contar que ele ocupa 10 mil metros quadrados do porto natalense. É a M. Dias Branco que fabrica os macarrões Fortaleza, os biscoitos Trelloso da Vitarella e os famosos biscoito Piraquê. Ou seja, só coisa gostosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.