Mesbla Natal

Tentativa de ter a Mesbla em Natal

A Mesbla era uma antiga loja de departamento que fechou as portas no final dos anos. No Rio de Janeiro, foi instalada em 1912 uma filial da firma Mestre & Blatgé, com sede em Paris e especializada no comércio de máquinas e equipamentos. Depois, sua administração foi entregue ao francês Louis La Saigne, até então subgerente da filial em Buenos Aires.

Em 1924 La Saigne transformou o estabelecimento carioca numa firma autônoma, com o nome de Sociedade Anônima Brasileira Estabelecimentos Mestre et Blatgé, que em 1939 passou a denominar-se Mesbla S.A.

La Saigne teve quatro filhas, e a mais velha casou-se com Henrique de Botton. Após um dia de intenso trabalho, Louis La Saigne, o fundador da Mesbla, morreu em sua residência na noite do dia 18 de janeiro de 1961. O Henrique de Botton assumiu a presidência.

Depois da morte de Henrique, seu filho André também assumiu a presidência. Ambos comandaram a expansão e o declínio da empresa até os anos 1980. Neste período, no entanto, várias tentativas da Mesbla de trazer a loja na capital potiguar.

Vou apresentar, portanto, os fatos a partir dos recortes de jornais sobre Natal.

1) Na década de 70, a Mesbla tinha lojas apenas em Pernambuco e Ceará no Nordeste. Mas, isso não queria dizer que não havia interesse por Natal.

2) Nesta época, no entanto, era muito comum os jornais divulgarem anúncios de produtos da magazine e a elite de Natal comprava os produtos em Recife. Sem contar que era normal funcionários virem à Natal para comprar lanchas no Iate Clube.

Mesbla Natal

Mesbla Natal

Mesbla Natal

3) Inicialmente, informaram em 1977 que a Mesbla ficaria no prédio onde funcionara Cine Rex. Porém, o cinema só fechou as portas sete anos depois.

4) Neste período, no entanto, alguns jornais anunciavam vagas para vendedores do estabelecimento. Além disso, anunciaram que eles compraram um terreno baldio ao lado do Colégio Winston Churchil.

5) Nos anos 80, o centro de Natal passava por um boom de lojas de departamento, como a Riachelo e Lojas Americanas, que colocou a loja próxima do terreno que seria o Mesbla, no qual também planejara construir uma loja no Alecrim.

6) A loja, porém, vendeu o terreno. Segundo os jornais, por medo do crescimento de “camelôs”.

7) No entanto, a esperança da chegada da Mesbla veio com a construção do Natal Shopping. Além disso, seria a principal loja âncora. Isso nunca aconteceu.