vacinas Covid-19 RN

Que vacinas contra Covid-19 o RN mais recebeu?

Cidades
Compartilhe:

Os últimos dados do RN+Vacina mostra que mais de 40% da população do Rio Grande do Norte já recebeu as doses para se proteger do novo coronavírus. No entanto, ainda há informações desencontradas sobre o assunto. Um desses desencontros está sobre como a distribuição da vacina e também quais marcas que estão mais presentes no estado. 

Saber o tipo de vacina mais frequente no estado é importante, uma vez que muitos ainda estão brincando de sommelier de vacina e dificultando a diminuição da idade para pessoas sem alguma cormorbidade

Primeiramente, o Ministério da Saúde recebe as doses das fabricantes, depois entrega para cada estado e, por conseguinte, aos municípios. E esse processo pode demorar bastante. 

O objetivo desta matéria, portanto, é saber quantas doses do RN recebeu até o momento que esta matéria foi feita. 

 

Quantas vacinas o RN já recebeu

0 K
Coronavac
0 M
Oxford (Astrazeneca)
0 K
Pfizer

Distribuição de cada município

Por que 15% das vacinas do RN não foram aproveitadas

De acordo com dados do RN + Vacinas, 5485 doses em Natal não foram aproveitadas totalmente. Ou seja, houve uma perda técnica, no qual significa que podem ocorrer pelo vencimento do prazo de validade da vacina ou pelo não alcance do número de doses previstas por frasco. No caso da vacinação da Covid-19 os frascos são multidoses, com 10 doses de 0,5 ml.

De acordo com o Município, 5477 dos frascos apresentavam o número de doses previstos. Para quem não sabe, um frasco de vacina não serve para uma quantidade de pessoas e sim para várias pessoas. Cada vidro é destinado para a quantidade x de pessoas e as vezes isto pode sair do planejamento inicial. Isto é, portanto, um evento comum em frascos multidose (5 ou 10) doses.

Já 54 frascos foram perdidos após terem perdido a validade, no qual a validade de Oxford tem seis horas e oito horas de Coronavac.  Além disso, 46 doses foram desperdiçadas porque os frascos foram quebrados por acidentes ou choque térmico.

Isto mostra que mais de 5 mil natalenses poderiam ter recebido dose a partir de uma xepa.

Existe um projeto para que as pessoas utilizem a "xepa"

No dia 22 de julho, a Câmara Municipal aprovou o projeto de lei que regulamenta as sobras de vacinas na capital potiguar. A ideia, elaborada por Divaneide Basílio (PT), o projeto aprovado por unanimidade estendeu à qualquer pessoa maior de 18 anos que esteja em torno do ponto de vacinação a possibilidade de ser imunizado com as outras doses do frasco aberto.

A realidade em outras capitais como Recife, São Paulo e Belo Horizonte. No entanto, a sanção deste projeto pela Prefeitura do Natal ainda não saiu. 

vacina1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.