15 15America/Bahia junho 15America/Bahia 2021 – Brechando

Curta potiguar concorre à Palma de Ouro em Cannes

Curta potiguar Cannes

Numa parceria entre França e Brasil, mais precisamente no Rio Grande do Norte, resultou em indicado à Palma de Ouro de Cannes, considerado o Oscar do cinema francês. O curta potiguar “Sideral” é o trabalho mais novo do diretor Carlos Segundo, que também é professor universitário, mais precisamente do curso de audiovisual da UFRN.

O Festival de Cannes acontece entre os dias 6 e 17 de julho de 2021, no Palais des Festival, na cidade de Cannes, na França. Além de Sideral, mais dois curtas brasileiros estão na competição.

Sobre o curta potiguar em Cannes

Com imagens de Natal e Ceará-Mirim, o curta é uma ficção que se desenvolve no futuro. Trata-se do lançamento do primeiro foguete tripulado brasileiro na Base Aérea de Natal, onde hoje fica o Aeroporto Augusto Severo. Apesar da história ser positiva para ciência, isto afeta a vida de Marcela, Marcos e seus dois filhos.

Equipe natalense

Para que o filme saísse, Carlos Segundo teve, portanto, o apoio na produção de Mariana Hardi e Pedro Fiuza, que é um dos cabeças da Casa da Praia, que recentemente recebeu uma indicação com o curta “Vai Melhorar”.

Estrelado por Priscilla Vilela e Enio Cavalcante. Priscilla é bastante conceituada no audiovisual, uma vez que estrelou vários curtas natalenses e também da websérie Septo.

Diretor Carlos Segundo

“Sideral” é uma coprodução internacional entre as empresas brasileiras Casa da Praia Filmes, O Sopro do Tempo e a francesa Les Valseurs. Como resultado, eles repetiram a parceria do longa “Fendas”, também dirigido por Segundo e lançado em 2019.

O projeto veio, portanto, a partir de recursos da Lei Aldir Blanc Rio Grande do Norte, Fundação José Augusto, Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

Além disso, obteve ajuda do CNC – Centre National du Cinéma et de l’Image Animée.

Dê, portanto, o play abaixo. Confira o teaser do curta.

Qual o bairro mais populoso de Natal?

bairro mais populoso de Natal

Pesquisando no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que existe uma discrepância na quantidade de moradores nos bairros. Por quê? Existem bairros com 300 moradores e outros com mais de 20 mil moradores. Ou seja, Natal tem vários contrastes.

Afinal, qual o bairro mais populoso de Natal. Será que é da zona Sul? Da zona Norte?

Quem achava que era o bairro da zona Sul por conta de ficar os maiores ricos e abastados da capital potiguar, vocês estão enganados. A maior concentração da população está na zona Oeste, no entanto o bairro mais populoso é Nossa Senhora da Apresentação, que tem 22.723 habitantes.

O que tem no bairro mais populoso de Natal?

É no Nossa Senhora da Apresentação que está localizado o Distrito Industrial de Natal (DIN), no qual as fábricas saíram nos principais centros urbanos. Lá instalaram as mais diversas indústrias, sendo que a mais famosa é a Guararapes, mesma proprietária das lojas Riachuelo e Midway. Também tem a fábrica da Vicunha, a Três Corações, Nacional Gás e entre outras empresas.

É neste bairro que localiza-se o Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, referência na especialidade de Pediatria no RN e Maternidade Drª. Leide Morais, que visa na divulgação do parto humanizado, assim evitando uma cesariana desnecessária.

Além disso, as principais vias que cortam o bairro são: Avenida Maranguape, Avenida das Fronteiras, Avenida Thomaz Landim e a BR-101. Constituído de diversos loteamentos e conjuntos habitacionais, o bairro mais populoso de Natal homenageia a padroeira da cidade, Nossa Senhora da Apresentação.

O início da região como bairro remota à década de 80, quando houve a construção do conjunto Parque dos Coqueiros. Hoje, ele também recebe outros conjuntos, como Alvorada e Planície das Mangueiras. Ainda mais tem loteamentos bastante famosos na cidade, o Vale Dourado e Santarém.

Vocês sabiam? Deixa aqui, portanto, comentários e compartilha para o máximo de pessoas possíveis.