Vinícius e Toquinho em Natal

Uma registro de Vinícius e Toquinho em Natal

brechadas Cidades
Compartilhe:

A foto acima mostra um momento de descontração de Vinícius de Morais e Toquinho em Natal, mês de outubro, no ano de 1974, quando estiveram na cidade para o concerto, que aconteceu no Teatro Alberto Maranhão. Além disso, a apresentação também tinha a participação do Quarteto em Cy.

No dia da apresentação, o Vinícius passou mal e não pode se apresentar. Não houve outros registros de Vinícius e Toquinho em Natal posteriormente.  Achamos esta imagem no insta “Natal Nostálgica“.

A foto de Pedro Neto mostra que os artistas estiveram hospedados em uma casa no bairro de Ponta Negra, visto que, na época, era próximo da praia e era um local longe das badalações do centro. Além de Natal, eles também se apresentaram em Recife.

A imagem mostra um pouco da vida boêmia do poeta, com cigarro na mão e várias latas de cervejas postas na mesinha de centro. Sem contar que estavam com muitas pessoas em volta.

A turnê de Vinícius e Toquinho acontecia no Brasil inteiro

A parceria Vinícius/Toquinho excursionou por várias cidades brasileiras e também pelo exterior. Ainda em 1971, a dupla lançou seu primeiro LP de estúdio, com destaque para “Maria Vai com as Outras”, “Morena Flor”, “A Rosa Desfolhada” e “Testamento”. Além disso, no ano de 1972, eles lançaram o álbum “São Demais os Perigos Dessa Vida”, no qual conta com  “Cotidiano nº 2”, “Para Viver Um Grande Amor” e “Regra três”.

Com Toquinho, por conseguinte, também compôs a trilha sonora da telenovela “Nossa Filha Gabriela” (da extinta TV Tupi), registrada em disco naquele mesmo ano. No ano seguinte, 1973, a dupla se apresentou no show “O Poeta, a Moça e o Violão”. A apresentação foi com a cantora Clara Nunes no Teatro Castro Alves, em Salvador. Em 1974, lançou o álbum Toquinho, Vinicius e Amigos.

Ainda naquele ano, a dupla lançou “Vinicius e Toquinho”, quarto álbum de estúdio da parceria, uma vez que trazia composições de autoria deles, como “Samba do Jato”, “Sem Medo” e “Tudo Na Mais Santa Paz”, e ainda “Samba pra Vinicius”, homenagem ao poetinha de Toquinho e Chico Buarque, que fez uma participação especial no disco.

 

Sobre a dupla

Ainda nesse ano, Vinícius de Moraes o convidou para participar de espetáculos em Buenos Aires, na Argentina. A dupla durou em torno de 11 anos e resultou em 120 canções, 25 discos e mais de mil espetáculos. Entre as composições da parceria destacam-se: “O Bem-amado”, “Como dizia o poeta”, “Carta ao Tom 74”, entre outras.

Toquinho foi muito amigo de Vinícius de Moraes. Ele estava no momento da morte do eterno parceiro em 1980, quando o poeta faleceu após passar mal no banho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.