Ponte Newton Navarro

Quando a Ponte Newton Navarro estava em obra

Cidades
Compartilhe:
Semana passada colocamos a foto de quando a estrutura de ferro da Ponte de Igapó ainda estava inteira, antes de demolirem parcialmente. Mas, agora vamos mostrar a Ponte Newton Navarro, uma vez que surgiu uma tentativa de desafogar o trânsito da estrutura do bairro de Igapó para os bairros da zona Sul e Leste de Natal. A ponte começou a construção no final da década de 90 e só ficou pronta em 2006. A Ponte Newton Navarro liga os bairros da Zona Norte de Natal e os municípios do litoral norte do estado aos bairros da Zona Leste de Natal e do litoral sul, além de outras regiões da cidade passando pelo Rio Potengi. Devido a sua altura e imponência, logo virou atração turística. A principal finalidade é a desobstrução do tráfego da Ponte de Igapó, melhorar o acesso ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante e a novos empreendimentos que vem se instalando na região norte, além de facilitar e aumentar o fluxo de turistas. O seu nome homenageia Newton Navarro, visto que era um importante artista potiguar e já falamos no Brechando.

Veja a seguir a vista do rio Potengi sem a ponte nova

Hoje, a Ponte é cenário e cartão-turístico. Quando pensamos em Rio Potengi, rapidamente pensamos nela. Mas, como era a vista antes de instalar a ponte? Veja, portanto, esta foto construída na década de 1930:
Fotografia tirada em um casarão no bairro de Cidade Alta

História da Ponte Newton Navarro

O projeto da ponte, oficialmente, veio desde 1992 na então gestão do prefeito Aldo Tinoco. Porém, para algumas construtoras, a obra parecia impossível e não acreditavam que o estado teria capacidade para executar uma obra de tamanha magnitude. Até que em 1996, Wilma de Faria, então prefeita da capital potiguar, trouxe novamente o projeto a tona, mas só quando ela assumiu a governadoria do estado em 2002, conseguiu por a ideia em prática. E em 2003, o governo assumiu a responsabilidade da obra. Além disso, no ano de 2004, foi aberto um novo edital de licitação. As obras começaram oficialmente em 24 de outubro de 2004. Durante o ano 2005 a obra seguia em ritmo lentíssimo e cheia de empecilhos que atrasavam a obra, entre estes vários escandalos de super-faturamento envolvendo a governadora e várias datas de inauguração remarcadas. A ponte foi liberada para o tráfego de veículos, pedestres e ciclistas, as 8:00 da manhã do dia 21 de Novembro de 2007.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.