Cidade da Esperança nos anos 60
Cidades

Como era a Cidade da Esperança nos anos 60

Compartilhe:

A foto acima é histórica, uma vez que exibe o início da entrada dos conjuntos habitacionais em Natal. Primeiramente, mostra uma vista aérea das primeiras casas da Cidade da Esperança, que foi entregue nos anos 60. Além disso, mostra o início da expansão da cidade, além Tirol e Petrópolis.

A criação do conjunto surgiu no governo de Aluízio Alves, através da Fundação de Habitação Popular. Na época, este programa era pioneiro na América Latina. Ainda mais reza a lenda que o nome do conjunto se refere à Brasília, que era conhecida como a “Capital da Esperança”, sem contar com a superstição do então governador com a cor esverdeada.

Por que criar a Cidade da Esperança?

A necessidade de criar um conjunto habitacional se deu devido à forte emigração para Natal no início da década de 1960, causando uma forte pressão demográfica. O terreno ficava numa parte não aproveitada do antigo leprosário.

Sua construção durou de 1964 a 1966 e contou com recursos financeiros tanto do governo do estado do Rio Grande do Norte quanto com dinheiro dos Estados Unidos. Na época os EUA investiam no Brasil através da Aliança para o Progresso. Só transformou em bairro no ano de 1993.

Lara Paiva

Oi, eu sou o Goku. Mentira, meu nome é Lara. Sou jornalista formada pela UFRN, natural de Natal. Sempre fui de humanas. Tem um blog para expor as suas curiosidades e anseios desta vida e mostrar os diferentes lados da vida urbana.

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *