Cinema das Quintas

Aqui ficava o Cinema das Quintas

A imagem acima mostra o Cine São José, um cinema que ficava do lado do Mercado das Quintas. Hoje, o espaço, no entanto, se encontra totalmente descaracterizado e funciona um salão de beleza. Além disso, o espaço já funcionou um depósito de gás e água, no qual, aos poucos, descaracterizou a fachada original.

O cinema, no final da década de 60, apresentava esta fachada daqui:

Após o fechamento do cinema, na década de 70, o prédio se tornou um depósito de água e gás que, por muito tempo, manteve as características originais, no qual foram se modificando ao longo dos anos. Inicialmente, a distribuidora era assim:

Assim, nós podemos constatar que a imagem acima do título mostra que o prédio está totalmente descaracterizado. As três portas do cinema restaram apenas uma, além de ter construído uma janela.

Mas, o que tinha no Cine São José?

São poucas informações acerca do cinema no bairro, que era o único naquela redondeza, sabemos que sua inauguração foi na década de 40. Muitos lembram, por sua vez, que era comum a exibição de filmes infantis em suas matinês, como o Tarzan, além de filmes da época. Sem contar que na lanchonete tinha cachorro-quente, aqueles parecidos em festas infantis.

Programação de Cine São Luiz

Nos arquivos de jornais, o Cine também era o local de votação para decidir os deputados e vereadores do estado.  Além disso, o espaço também era palco para a apresentação de peças teatrais.

Cine São José é palco de uma peça com membros do Exército

Sem contar que por muito tempo o Cinema das Quintas era uma referência para a região.

Origem do Bairro

Na Avenida das Lavadeiras existe um pequeno riacho que corta o meio da avenida, próximo do conjunto Novo Horizonte, conhecido pela população como a Favela do Japão. Pouca gente sabe, que este pequeno rio faz parte da história do bairro das Quintas e como o blog Brechando adora desvendar as histórias de Natal, nós vamos contar sobre este espaço esquecido pelos natalenses a seguir.

O nome do bairro tem três séculos de vida e antes era cheio de sítios e granjas, recebendo o nome de Quinta Velha. Lá também tem o rio que ajudou a fomentar o bairro, uma vez que lavadeiras limpavam as roupas de membros da alta sociedade potiguar em um riacho que é um dos pontos mais famosos do bairro até hoje.

O Rio das Lavadeiras, como também se chama, conecta-se ao Rio Potengi através do manguezal. Além das Quintas, ele está conectado com os bairros de Bom Pastor e Bairro Nordeste.

Para saber mais sobre este riacho, portanto, clique no link aqui.